Como todo órgão que regulamenta uma classe o CRECI é sempre alvo de sentimentos mistos. Dizemos isso porque todos nós sabemos (ou deveríamos saber) que o órgão executa funções essenciais para a fiscalização e proteção da classe. Mas, todo início do ano existe uma anuidade relativamente alta. E quando somada com os outros impostos, aí vira a hora de se perguntar: qual é a importância do CRECI para o corretor de imóveis?

Qual a função do CRECI?

O CRECI é uma sigla para o termo Conselho Regional de Corretores de Imóveis. E é um órgão que funciona como um fiscalizador do exercício da profissão de corretor de imóveis. O CRECI é, portanto, similar ao CREA (engenheiros e arquitetos), OAB (advogados), CRM (médicos), entre outros.

Agora, falamos que a função do CRECI é fiscalizar, mas vamos entender melhor o modo de operação do órgão. O CRECI fiscaliza o corretor de imóveis e a profissão em si. Alguém que trabalha como corretor sem a devida certificação é considerado um corretor que está executando a sua profissão de maneira ilegal.

O corretor que está exercendo a função de maneira irregular pode ser multado pelo CRECI. E quem está registrado no órgão mas está envolvido em práticas irregulares pode até ter sua licença cassada.

Dessa forma o CRECI é o órgão que ajuda a garantir a segurança nas operações imobiliárias do país. Mais que isso, ao cassar a licença de corretores envolvidos em irregularidades ele aumenta a confiança das pessoas nos demais.

Logo dá para ver que a sua anuidade é bem investida. E pode-se até afirmar que ela permite que você tenha mais tranquilidade ao executar o seu serviço.

Adendo sobre a exigência do CRECI

Vale um adendo que essa exigência do registro no órgão já foi alvo de súmulas e decisões do STJ relativamente controversas. De uma forma geral, recomenda-se ter o CRECI porque ele aumenta a confiança que o cliente terá no corretor. E sabemos que no mercado imobiliário, confiança é tudo.

E, não se pode esquecer que, existe o Art.47 da Lei das Contravenções que prevê prisão simples ou multa para quem “Exercer profissão ou atividade econômica ou anunciar que a exerce, sem preencher as condições a que por lei está subordinado o seu exercício”.

RECI para o corretor de imóveis

Logo isso é um ramo jurídico mais complexo que a Lei do Inquilinato ou as regras que vimos sobre aluguel de imóveis comerciais recentemente. E definitivamente recomendamos que você pesquise mais sobre o assunto e as leis que o regem.

Sobre a estrutura organizacional do CRECI

O CRECI é uma autarquia estadual que tem autonomia para se autogerir mas é fiscalizado pelo Tribunal de Contas da União. Cada estado da nossa Unidade Federativa possui seu próprio CRECI, assim existe o CRECI-ES, CRECI-SP, CRECI-MG e outros. Temos 25 no total, sendo que o Amazonas e Roraima compartilham do mesmo Conselho, assim como Para e o Amapá.

 Curso para obter o CRECI

Muitas pessoas que não são do ramo consideram os cursos técnicos e superiores do ramo imobiliário como simplesmente “cursos para obter o CRECI”. Mas não veja estes cursos com esta ótica. Cursos de formação de corretores são muito importantes para que o corretor aprenda a parte teórica relacionada ao mercado imobiliário.

RECI para o corretor de imóveis

Mas, voltando às exigências do CRECI, é bom lembrar que nem todos os cursos são aprovados pelo CRECI. Ou seja, não adianta fazer qualquer curso técnico do ramo imobiliário e ir pedir o CRECI. Se você ainda não é um corretor de imóveis e está lendo este artigo, certifique-se que o curso que você deseja cursar é autorizado pelo CRECI do seu estado.

Aliás, se você quer saber mais sobre o CRECI da sua região, acesse este site. Nele você encontra o endereço, telefone, site, email e até mesmo o presidente atual do CRECI do seu estado. Com essas informações você pode tirar suas dúvidas quanto ao processo de aquisição do documento, cursos aprovados e mais.

Então só precisa do diploma do curso para obter o CRECI?

Sim e não. Sim porque basta este diploma de “algo novo” para obter o CRECI. Os outros documentos necessários são aqueles “comuns” de identificação, comprovação de endereço, entre outros. Como isso varia de estado para estado, recomendamos que você acesse o site do CRECI da sua região e se informe melhor sobre os documentos necessários.

Mas o “não” da nossa resposta se refere ao fato que, por mais simples que possa parecer, conseguir o diploma, seja do curso técnico ou do curso superior não será algo tão trivial. Claro, não que o curso em si seja difícil, isso dependerá muito da instituição, mas pessoas que realmente querem ser corretor não terão grandes dificuldades.

RECI para o corretor de imóveis

O fator importante é o tempo que deverá ser investido, que pode ser desde 1 ano e meio até 4 anos. Sendo que o tempo depende do curso (técnico ou superior) e a duração do estágio. Logo a caminhada pode parecer simples, mas certamente existirão momentos que vão tornar a aquisição do diploma muito mais que uma simples etapa para aquisição do CRECI.

Existe mais de um tipo de CRECI?

Sim, existe o CRECI para pessoas físicas e jurídicas. O primeiro serve para corretores que atuam como pessoa física. De maneira autônoma ou como um associado de uma imobiliária.

O CRECI Jurídico é utilizado para quem deseja abrir uma imobiliária. Nem todos os sócios da empresa precisam ter o registro no Conselho. Mas pelo menos um deles precisará e ele será o responsável social da mesma.

E com isso finalizamos o artigo de hoje. Esperamos que depois disso você tenha uma ideia melhor da importância do CRECI para corretores de imóveis. Além disso não se esqueça que o CRECI oferece diversos benefícios como cursos, palestras, revistas, entre outros. Sempre fique atento ao site do CRECI da sua região e até mesmo nas redes sociais. Assim você não perde nenhuma atividade que eles venham a promover.

E, falando em redes sociais, não se esqueça que para compartilhar seus imóveis nas redes sociais com rapidez e eficiência você pode sempre contar com o ville Imob. Na verdade o ville Imob é uma plataforma completa com vários outros recursos essenciais como site imobiliário, sistema de gestão, entre outros. Você pode ler mais sobre os recursos e fazer um teste grátis de quinze dias.