Assim como em qualquer profissão, os primeiros passos no mercado imobiliário têm início no estágio profissional. Aqui, quem pensa em seguir essa carreira pode se perguntar: quanto ganha um corretor de imóveis estagiário?

Se você também tem essa dúvida, continue acompanhando este texto. Vamos tentar esclarecer esse ponto, além de explicar o que é preciso para concorrer a uma vaga nesse mercado. Confira.

Motivos que levam alguém a se tornar um corretor de imóveis

Em primeiro lugar, é preciso entender o que leva as pessoas a se tornarem corretores de imóveis. Entre as principais razões, podemos destacar a flexibilidade de trabalho, a facilidade de comunicação e o valor atraente da comissão de uma venda.

No entanto, essa realidade pode demorar um pouco para chegar. Vale a pena frisar, também, que a maioria dos corretores de imóveis não tem um vínculo empregatício nas imobiliárias onde prestam serviços. Os ganhos deles dependem exclusivamente do fechamento de alguma transação imobiliária.

corretor de imóveis estagiário motivos

Normalmente, a comissão de um imóvel urbano é de 6% sobre o valor da venda. Mas quando se trabalha em uma imobiliária, o corretor fica com 1% a 2% do valor. Afinal de contas, ele usa toda a estrutura da imobiliária para realizar a venda. Por isso, sempre reforçamos a importância de fazer um planejamento financeiro para corretor de imóveis.

Mesmo assim, o candidato não pode se desmotivar. Com esforço, dedicação e estudo, é possível se tornar um corretor de imóveis de sucesso.

Passo a passo de um corretor de imóveis estagiário

1. Cursos profissionalizantes

Para se tornar um corretor de imóveis, é preciso ter uma formação em algum curso. O mais comum é o de Técnico em Transações Imobiliárias (TTI), que costuma durar de quatro a 18 meses. Ao longo do curso, você passa a entender melhor as características, tendências e variações do mercado imobiliário.

corretor de imóveis estagiário cursos profissionalizantes

Além disso, ele deve abordar questões burocráticas que também fazem parte da rotina do corretor. Dessa forma, você tem uma boa base para saber, com certeza, se deseja atuar na área.

2. Registro no CRECI

Para sair da teoria e começar na prática, o corretor de imóveis estagiário precisa fazer seu registro no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI). Somente assim é possível exercer a profissão de corretor, inclusive como estagiário.

Aliás, é o CRECI que define a tabela de remuneração de cada estado, conforme o tipo de transação imobiliária. O conselho também assegura que você não deve receber menos que o estipulado.

3. Outros pré-requisitos

Cursos profissionalizantes específicos e segundo grau (ou ensino médio) completo. Esses são os pré-requisitos mais importantes para você começar a ser um corretor de imóveis estagiário. Mas só isso não é o suficiente.

Desde o começo, vale a pena correr atrás de mais qualificações e construir uma boa rede de contatos. Nesse sentido, procure participar de grandes eventos, como o Conecta Imobi, que vão te inserir melhor no universo do mercado imobiliário. Eles podem ser sua porta de entrada para conhecer melhor a realidade desse trabalho e até conversar com profissionais experientes que pode dar boas dicas pra você.

corretor de imóveis estagiário pré-requisitos

Entrar na área com diferencial vai te colocar na frente de outros profissionais e aumentar as chances de uma vaga com melhor remuneração.

4. Remuneração do corretor de imóveis estagiário

De acordo com as vagas oferecidas pelos principais site de empregos, a remuneração de um corretor de imóveis estagiário fica entre 800 reais e 1.200 reais. Raramente passa disso. Muitos fatores podem influenciar nesses número.

Imobiliárias que trabalham com imóveis de alto padrão, por exemplo, podem pagar um valor maior. Geralmente, o padrão de atendimento também é exigente, o que faz com que sua qualificação seja a melhor possível para lidar com o tipo de cliente.

5. Escolha da imobiliária para trabalhar

Quando você é um corretor de imóveis estagiário, deve pensar que, mais importante do que a remuneração, é a experiência que você vai adquirir nessa etapa profissional. Portanto, a escolha da imobiliária para trabalhar deve ser levada muito a sério.

Nesse processo, selecione imobiliárias reconhecidas no mercado, ou seja, aquelas que têm autoridade na região em que atuam. Certamente, você vai conhecer, nelas, profissionais capacitados que podem te ensinar bastante coisa na prática.

Não só isso. É interessante trabalhar em imobiliárias que motivam sua equipe de colaboradores, investindo, por exemplo, em treinamento de vendas no mercado imobiliário.

corretor de imóveis estagiário escolha da imobiliária

Por fim, procure saber se a imobiliária conta com um Software Imobiliário de Gestão. Além de ter recursos que facilitam a gestão administrativa da imobiliária, essa ferramenta acompanha o desempenho de todos os corretores. Se você realizar um ótimo trabalho, tem chances de receber algum tipo de bonificação.

Em resumo, o corretor de imóveis estagiário deve encarar essa etapa profissional como uma ótima oportunidade de aprendizado na prática. Nesse momento, essa deve ser uma preocupação maior do que a remuneração.

Se você aproveitar o estágio para aprender o máximo possível, a tendência é que consiga fechar mais negócios ao longo da carreira. Aí, o dinheiro é apenas uma consequência!

Posts relacionados