Não é nenhum crime aprender com a concorrência. Muito pelo contrário. Nesse sentido, deve fazer parte da rotina do corretor fazer o benchmarking no mercado imobiliário.

Essa tarefa faz ainda mais sentido dentro de um mercado competitivo. Para se ter ideia, são mais de 20 mil imobiliárias e em funcionamento e mais 350 mil corretores de imóveis registrados no Brasil.

De modo geral, o benchmarking no mercado imobiliário permite que você compare suas ações, carteira de imóveis, resultados e processos com os de outras pessoas que trabalham no mesmo ramo que você. Dentro desse trabalho, você encontra diversos exemplos de mídia alternativa aplicada no marketing imobiliário.

Quer mais? Pois essa ferramenta possibilita que você identifique gaps dos concorrente. Dessa forma, você pode oferecer uma nova solução ao seu público-alvo. Determina-se mais um diferencial à sua empresa.

Em resumo, o objetivo do benchmarking no mercado imobiliário é identificar boas práticas do mercado para melhorar o seu atendimento ao cliente e, consequentemente, aumentar as suas vendas.

Passo a passo para fazer benchmarking no mercado imobiliário

Embora não dê resultados imediatos, realizar um benchmarking no mercado imobiliário é de extrema importância a longo prazo. Para fazê-lo de maneira eficiente, confira o passo a passo a seguir:

1. Autoanálise crítica

Antes de acompanhar as ações de seus concorrentes, é muito importante fazer uma autoanálise. Aqui, vale a pena até realizar a análise SWOT imobiliária, na qual você deve listar suas maiores forças e fraquezas, bem como as ameaças e oportunidades.

benchmarking no mercado imobiliário autoanálise

Por exemplo, imagine que você consiga realizar locações imobiliárias e vender imóveis usados com muita rapidez. Isso é um ponto positivo que precisa ser mantido. Por outro lado, você nem consegue negociar unidades em lançamento. Talvez, é preciso intensificar o seu relacionamento com construtoras e incorporadoras.

Enfim, fazer a autoanálise é o ponto de partida para um benchmarking imobiliário eficiente. Agora, é hora de dar o próximo passo.

2. Comparações com a concorrência

É claro que você não tem acesso a informações sensíveis de cada organização. Nem precisa ter para fazer um bom benchmarking. Aqui, você pode comparar a forma como as imobiliárias se apresentam ao mercado.

Então, um caminho é verificar os sites imobiliários de seus concorrentes e comparar com a sua página na web. Há algo que você pode replicar e melhorar?

Nesse trabalho, pode perceber que, ao contrário da concorrência, o seu site não tem uma versão mobile imobiliária. Isso é algo que precisa ser arrumado, uma vez que a maioria dos usuários acessam a internet por um dispositivo móvel.

benchmarking no mercado imobiliário comparação

Estenda essa observação. Analise tudo que for possível de seus concorrentes, como o formato dos anúncios imobiliários, a qualidade das fotos, o perfil nas redes sociais e por aí vai. Certamente vai encontrar pontos que podem ser melhorados.

3. Trabalho contínuo

Encarar o benchmarking como uma tarefa pontual é um erro. Em uma mercado tão dinâmico – cheio de tendências de marketing imobiliário –, não dá para abrir mão dessa ferramenta. Num piscar de olhos a concorrência começa a utilizar uma nova estratégia online e se dá bem.

Se demorar para perceber esse movimento, você perde muitas oportunidades. Portanto, o benchmarking no mercado imobiliário deve ser um trabalho contínuo, hein! Aqui, vale a pena dedicar alguns minutos por dia para acessar alguns sites de notícias para corretores de imóveis.

4. Investimento de tempo

Para realizar o benchmarking, você precisa investir em tempo. Sabendo que o tempo é um recurso cada vez mais escasso, recomenda-se que você conte com o auxílio de uma plataforma imobiliária que automatiza diversas tarefas do seu dia a dia.

benchmarking no mercado imobiliário investimento de tempo

Quer uma sugestão? Além de diversos templates de sites imobiliários, o ville Imob possui diversos recursos que facilitam a gestão dos negócios. Aqui, podemos destacar o CRM Imobiliário, as ferramentas de integração social e de portais e o software de gestão. Você também consegue gerar contratos imobiliários em poucos segundos.

Enfim, sobra mais tempo para você se dedicar ao benchmarking imobiliário. Se ficou interessado, você pode solicitar um teste grátis de 15 dias do ville Imob. Aproveite essa oportunidade!

estrategias digitais para venda de imoveis

Posts relacionados