Se você é daqueles profissionais que saem na frente da concorrência, é bom já ficar de olho nas tendência de marketing imobiliário para 2018. Afinal de contas, divulgar seus anúncios em panfletos e jornais já não faz muito sentido, né?

Isso significa, na prática, que o corretor de imóveis precisa marcar presença nos canais online. Ter um site imobiliário, por exemplo, deixou de ser um diferencial para ser algo imprescindível para o sucesso. Isso porque a maioria das compras imobiliárias inicia na internet.

Mas isso é só o começo. Existem muitas estratégias que você pode (e deve) adotar para alavancar suas vendas. Selecionamos sete tendências de marketing imobiliário para 2018. Confira:

1) Produza vídeos para seus imóveis

Sabemos que as imagens já chamam bastante atenção em anúncios imobiliários. Agora, imagine se elas estiverem em movimento e com depoimento de pessoas?

tendências de marketing imobiliário vídeos

Os vídeos são a bola da vez do marketing de conteúdo. Não é por menos. De acordo com dados da eMarketer, 86% dos usuários brasileiros já consomem vídeos na web.

Então, comece a gravar vídeos dos cômodos dos imóveis para inserir em seus anúncios. Assim, os usuários conseguem ter uma noção melhor de como é o imóvel em questão.

2) Realidade virtual 

O que parecia fazer parte de um futuro muito distante, está cada vez mais acessível. Mais uma das tendências de marketing imobiliário, a realidade virtual já começa a impactar positivamente nas vendas.

Isso porque é possível levar uma série de interessados para visitar o mesmo imóvel sem sair do lugar. E o melhor, dá para decorar os imóveis graças à tecnologia de realidade virtual.

Aliás, ela surge como uma ótima opção para substituir as visitas imobiliárias presenciais. Como o cliente pode ter uma experiência imersiva e interativa no imóvel, você poupa tempo.

3) Produção de conteúdo relevante

Quando tem dúvida ou quer ter mais informações sobre determinado assunto, você, provavelmente, vai até o Google, né? Quase toda internet faz o mesmo.

tendências de marketing imobiliário produzir conteúdo

Para que seu site imobiliário apareça nos primeiros resultados do Google, é preciso produzir conteúdo de qualidade e relevante ao seu público-alvo. Então, não deixe de criar ebooks e nem de atualizar seu blog imobiliário, hein! Assim, você ganha autoridade no seu setor.

4) Adote Automação de Marketing 

Para dar conta de tantas tarefas, é fundamental que você adote a automação de marketing. Dessa forma, você torna as ações operacionais e repetitivas automáticas, sobrando mais tempo para você se concentrar em atividades mais estratégicas.

Dentro desse cenário, surge o ville Target como alternativa. A plataforma de automação de marketing permite, por exemplo, criar um fluxo de disparo de email marketing para a sua base de clientes.

Isso sem mencionar que a ferramenta faz o agendamento de posts nas redes sociais e possibilita a criação de landing pages de forma intuitiva.

Plataforma ERP ville Imob

5) Faça uso do mobile e aplicativos 

Você sabia que o celular é o principal meio de acesso à internet no Brasil hoje em dia? Dados do IBGE indicam que 92% dos usuários navegam pela rede a partir de um aparelho móvel.

tendências de marketing imobiliário mobile

Portanto, para proporcionar uma ótima experiência a esses usuários, você deve ter uma versão mobile de seu site. Assim, é possível visualizar sua carteira de imóveis tranquilamente pelo celular.

E você também pode se aproveitar das inúmeras ferramentas mobile. Existem uma série de aplicativos que ajudam o corretor a organizar sua rotina.

6) Não se esqueça das integrações 

Bom, ter um site imobiliário ajuda a atrair interessados. No entanto, é possível potencializar o número de interessados por meio da divulgação de sua carteira de imóveis em portais especializados e pelas redes sociais.

tendências de marketing imobiliário integrações

Aqui, a plataforma ville Imob tem uma solução (ou melhor, duas!): as ferramentas de integração de portais e de integração social permitem que você, em poucos cliques, publique seus anúncios no Facebook, LinkedIn, Twitter, Zap Imóveis, Portal VivaReal, entre outras plataformas.

7) Implemente campanhas no Facebook Ads

Você não deve considerar os anúncios no Facebook Ads como um custo adicional. Pelo contrário. Trata-se de um investimento. Além de fazer com que seus posts impactem muito mais pessoas, ele impacta as pessoas certas.

Isso porque é possível direcionar o anúncio de modo que ele atinja as pessoas certas. Por exemplo: mães solteiras que moram em São Paulo.


Sabendo (e adotando) as tendências de marketing imobiliário, você tem tudo para começar o ano bem! Boas vendas!

Posts relacionados