Você já parou para pensar quais são seus pontos fracos e fortes como profissional? E quais são os fatores que podem impulsionar ou prejudicar sua atuação? É exatamente isso que a análise SWOT no mercado imobiliário propõe.

Sigla para Strength, Weakness, Opportunity, Threat (ou, em bom português, Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças), a ferramenta SWOT propicia um conhecimento profundo de fatores internos e externos. A partir dessa análise, é possível ter uma visão completa ao atual momento do seu trabalho e, por consequência, traçar metas mais certeiras.

Portanto, a análise SWOT deve ser o pontapé inicial para um planejamento de carreira de qualquer profissional, principalmente para quem está dando os primeiros passos no mercado imobiliário

Colocando em prática a análise SWOT no mercado imobiliário

Mas vamos por partes. Primeiro, pegue uma folha e divida em quatro quadrantes, nos quais cada um represente os pontos da SWOT: Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças. Aí, destaque todos esses pontos. Abaixo, veja um exemplo de como é possível – e útil – aplicar a análise SWOT no mercado imobiliário:

Forças

Começando pelos pontos positivos. Aqui, você precisa elencar suas qualidades como profissional. Por exemplo:

análise SWOT no mercado imobiliário forças

Pronto, a partir desse levantamento, você sabe em quais aspectos você pode se sobressair e, por isso, deve explorá-los bastante.

Fraquezas

Nessa hora, é preciso ter um senso autocrítico bem apurado para não deixar passar nenhuma fraqueza. Por exemplo:

  • Não é um entusiasta da tecnologia e nem está por dentro das tendências do marketing imobiliário;
  • Tem pouca variedade de imóveis para apresentar aos clientes;
  • Problemas com a pontualidade nos compromissos;

Diante desses problemas, você precisa encontrar soluções para que essas fraquezas não prejudiquem nos resultados do seu trabalho.

Oportunidades

Referem-se aos fatores externos que podem impulsionar a sua carreira. Para descrever as oportunidades, é necessário estar muito atento às novidades do mercado. Por exemplo:

  • Conhecer e aproveitar para divulgar imóveis em portais imobiliários;
  • Ir a palestras de especialistas para enriquecer seus conhecimentos e fazer networking;
  • Trabalhar em parceria para aumentar o número de vendas;

Conhecendo as oportunidades que o setor proporciona, compete a você sair da zona de conforto e ir atrás dessas ocasiões. A bola está com você!

Um exemplo é contar com uma plataforma imobiliária para ajudar nos negócios. Nesse sentido, o ville Imob surge como uma ótima oportunidade. Nele, você consegue acompanhar o status de todas as suas negociações, divulgar seus imóveis em diversos canais online e ainda possui muitas opções de templates para criar seu próprio site imobiliário. Uma verdadeira mão na roda, né?

Ameaças

Assim como as oportunidades, as ameaças independem de nossas ações, ou seja, elas também estão relacionadas aos fatores externos. Por exemplo:

  • A crise econômica que o Brasil passou recentemente impactou diretamente no mercado imobiliário;
  • Grandes imobiliárias se instalando na região onde você atua, aumentando a concorrência;
  • Legislação mudando o zoneamento do bairro onde você trabalha, transformando-o em área comercial;

análise SWOT no mercado imobiliário ameaças

É fundamental que você conheça os fatores que colocam em risco seu negócio para não ser pego de surpreso. Vale a pena, também, sempre ter um plano B debaixo das mangas.

Em um mercado tão competitivo como o imobiliário, você deve ter um planejamento completo para se destacar e ele começa a partir de uma boa análise SWOT.

Depois de fazer a sua análise SWOT no mercado imobiliário, convidamos você para conhecer melhor a plataforma imobiliária ville Imob, são 7 recursos para auxiliá-lo em suas vendas e locações de imóveis! Aproveite e faça um teste grátis de 15 dias.

Boas vendas!

Posts relacionados