O que é melhor, um site imobiliário ou redes sociais para imobiliária? Esta é uma pergunta que talvez não tenha tanto sentido, uma vez que são elementos totalmente diferentes dentro de uma estratégia de marketing digital imobiliário.

Ambas ferramentas têm funções específicas e importantes. No entanto, um site imobiliário tem algo que as redes sociais não tem: independência.

A independência de um site imobiliário pode ser o que fará a sua empresa vender em escala e faturar alto, uma vez que há muita flexibilidade e você poderá, então, elaborar muitas estratégias a partir disso.

Mas não é só a questão da independência que você precisa levar em consideração. Há outros fatores técnicos que também são importantes e que poucas pessoas levam em consideração.

Para entender tudo sobre o tema, continue sua leitura. Vamos explorar o universo completo entre ter um site imobiliário ou redes sociais. Acompanhe.

site imobiliário ou redes sociais

Site imobiliário ou redes sociais – Entenda porque você deve ter um site imobiliário (e começar a fazê-lo ainda hoje)

Entre ter um site imobiliário ou redes sociais, é importante você ter os dois. No entanto, precisamos falar sobre a real importância de se ter um site e o quanto ele é fundamental em qualquer estratégia de marketing.

Há muitos anos, ter um site era um diferencial competitivo enorme. As empresas que tinham site eram consideradas muito mais interessantes e passavam muito mais credibilidade.

Depois de um tempo, ter um site passou a ser algo obrigatório. Ou seja, já não é mais um mero diferencial. Mas sim, uma ferramenta fantástica e que pode proporcionar muitos benefícios para quem sabe utilizar da maneira certa.

Mas o que seria “utilizar da forma certa”, sendo que um site já não traz tantos diferenciais para a empresa como trazia antes?

Este é o ponto que precisa ser entendido. O que antes era apenas uma estratégia de credibilidade, hoje pode ser uma máquina de vendas.

Afinal, quando um site é desenhado e pensado para o usuário final (seu prospecto imobiliário), as chances de bons resultados aparecerem são muito grandes. E a partir deste ponto de vista, você deveria começar a pensar em fazer um site para sua imobiliária ainda hoje.

Detalhe importante: mesmo que você trabalhe de forma autônoma, saiba que ter um site é uma das formas mais fantásticas de entregar valor e construir uma base de ativos que podem gerar faturamento no médio e longo prazo.

E vamos entender o porque disso tudo a partir de agora. Continue sua leitura.

A principal diferença entre um site imobiliário e as redes sociais para imobiliária – Público, conteúdo, engajamento e vendas

Hoje em dia, ter um site imobiliário passou a ser obrigação de quem quer aumentar as vendas da imobiliária.

No entanto, somente a criação do site em si não significa que você terá algum sucesso e que as vendas começarão acontecer da noite para o dia.

Muito pelo contrário. Se o site não for bom, ele virará paisagem e as pessoas que chegarem nele dificilmente tomarão algum tipo de ação.

E para entender isso da melhor forma possível, não podemos simplesmente comparar um site com uma rede social. São diferentes. Têm objetivos diferentes. Têm funcionalidades diferentes. Têm públicos diferentes.

Hoje em dia, um bom perfil imobiliário no Instagram tem a capacidade de reunir muitas pessoas que tenham interesse por um determinado assunto e, por lá, a empresa ou corretor poderá publicar conteúdo de valor, de forma a sempre ajudar alguém.

No entanto, por mais que você tenha mil, dois mil ou um milhão de seguidores na sua rede social, é importante entender que estes seguidores não pertencem a você. Ou seja, eles não fazem parte do seu grupo de ativos perenes.

Quem é dono da audiência é a rede social em si. Você apenas segmentou, de forma que conseguiu reunir um grupo de pessoas em ao redor de um tipo de conteúdo imobiliário.

Esta talvez seja uma das diferenças mais importantes que precisam ser consideradas por pessoas que estão entendendo o que é melhor: site imobiliário ou redes sociais.

Mas não se preocupe: vamos aprofundar o entendimento disso tudo com exemplos de como um site pode ter mais valor no longo prazo do que uma rede social. Acompanhe!

site imobiliário ou redes sociais

Vantagens de ter um site imobiliário de maneira independente

Conforme entendemos até aqui, ter um site imobiliário ou redes sociais é algo fundamental para quem quer crescer no ambiente digital.

Hoje, isto não é mais diferencial. Mas sim, necessidade. As redes sociais têm, sim, seu valor. No entanto, elas precisam ser colocadas na estratégia como um meio de comunicação, e não como a base sólida da audiência que a sua imobiliária almeja ter.

Um site imobiliário entra nesta história como um forte gerador de prospectos, além de servir de base para excelentes estratégias de marketing digital que você poderá implementar no médio e longo prazo.

Ou seja, o site imobiliário deve ser a base das estratégias da sua imobiliária, de forma que as redes sociais sejam usadas como complemento para atração de público-alvo segmentado.

Não podemos esquecer do princípio básico de uma rede social: reunir pessoas e fazê-las interagir. Uma rede social é, na verdade, uma rede de pessoas que querem compartilhar histórias e momentos em fotos e vídeos através da mídia social, que são as empresas que conhecemos por Facebook ou Instagram.

Partindo deste princípio básico, veja o que um site imobiliário oferecerá para a implementação das suas estratégias:

  • Você tem controle total do seu público e pode engajá-lo de diversas maneiras diferentes;
  • Um site imobiliário permite a segmentação de públicos através da produção de conteúdo orgânico – Você aparecerá no Google;
  • Você não está em terra alugada – E se a rede social resolver acabar do dia para a noite ou perder usuários?;
  • Um site imobiliário pode ajudar a sua imobiliária a vender muito mais devido as funcionalidades técnicas;

Vamos abordar cada um destes tópicos a partir de agora, de forma que você consiga se aprofundar mais no tema e, quem sabe, começar a construir seu site imobiliário ainda hoje. Vamos lá?

Leia depois: Como Criar um Site Imobiliário Fácil e Rápido – Entenda tudo aqui

Você tem controle total do seu público e pode engajá-lo de diversas maneiras diferentes

Uma das primeiras características a se considerar a partir de um site imobiliário, é fato de que você tem muito controle sobre o seu público-alvo. Ou seja, você poderá manuseá-lo como achar melhor.

Esta possibilidade abre um leque de oportunidades e possibilidades, uma vez que na rede social você não tem muito controle do que pode ou não fazer com o seu público.

Quer um exemplo prático? Veja só: Nas redes sociais, independente de quais forem, você terá uma entrega de conteúdo baixíssima. Ou seja, as chances de as pessoas não verem o seu conteúdo são realmente grandes.

Apenas 2 ou 3 por cento das pessoas que seguem a sua conta em uma rede social recebem, de fato, algum conteúdo que você publica.

Ou seja, por mais que você tenha uma base gigantesca de seguidores, as chances de estes seguidores não verem o conteúdo é muito maior do que, de fato, verem.

E isto faz com que sua estratégia de marketing fique para trás em absolutamente todos os quesitos, caso você não faça aquilo que os grandes players fazem: anúncios.

É neste momento que você começar a investir ainda mais dinheiro para conseguir a atenção que tanto quer nas redes sociais, pois os anúncios pagos conseguem, então, entregar seu conteúdo para as pessoas certas.

Não tem nada de errado com os anúncios pagos, ok? Eles são excelentes, na verdade. Mas se compararmos ao poder de um site, as chances de atrair uma audiência grande são muito maiores, pois você terá o poder do ranking do Google.

Vamos entender mais sobre isso a partir de agora. Continue sua leitura.

site imobiliário ou redes sociais

Um site imobiliário permite a segmentação de públicos através da produção de conteúdo orgânico – Você aparecerá no Google

Se a rede social não entrega o seu conteúdo e você fica amarrado a fazer anúncios para que a entrega aconteça, saiba que um site imobiliário não necessariamente passa por isso.

Afinal, com um bom site, você poderá ter aquilo que todo mundo sonha: ser bem ranqueado pelo Google. Ou seja, estar nas primeiras páginas do Google quando alguém busca por um assunto que tenha a ver com sua imobiliária.

O conteúdo orgânico é uma fonte de tráfego de altíssima qualidade por um simples motivo: as pessoas que chegam no seu conteúdo já estão procurando por aquilo.

Diferente do comportamento das pessoas que estão nas redes sociais, que querem descer a linha do tempo e ver fotos de amigos, e não comprar um apartamento naquele exato momento.

Então, recomendamos que você comece a construir um site com um bom blog imobiliário ainda hoje, para que você possa aparecer no Google no momento certo e para as pessoas certas.

E, assim, construir uma base de leads imobiliários que sejam verdadeiramente relevantes para o seu negócio, e não formem apenas um grande número de pessoas, que é o que as redes sociais gostam de fazer.

Não é de hoje que o número da rede social é critério de status e de credibilidade. Ter muitos seguidores é bonito. Mas será que isto se resume em dinheiro no caixa da imobiliária?

Caso sua empresa não esteja ganhando dinheiro ou gerando valor com as redes sociais, é preciso rever as estratégias o quanto antes.

Caso contrário, você estará jogando dinheiro fora, quando poderia investir em tráfego de qualidade e ativos relevantes, como a prospecção de clientes através de conteúdos segmentados.

Veja aqui como conquistar leads com um blog imobiliário.

site imobiliário ou redes sociais

Você não está em terra alugada – E se a rede social resolver acabar do dia para a noite ou perder usuários?

Colocar a sua imobiliária nas redes sociais é, sim, importante para uma estratégia de marketing. As redes sociais são fantásticas e podem ajudar a empresa a vender mais. Isto é um fato indiscutível.

No entanto, é preciso agir da maneira certa, de forma que a sua imobiliária não fique amarrada na rede social. 

Este é o conceito de terreno alugado. Cultivar em terreno alugado pode dar certo no curto prazo. Mas no longo prazo, a tendência é de que haja um desconforto por diversos motivos.

Um deles é muito simples: e se a rede social simplesmente acabar? Lembre-se que as redes sociais são empresas. E, assim como um ser humano, uma empresa também tem uma vida útil.

Construir uma base de fãs nas redes sociais e depender somente disso para vender, pode ser uma falha grava no seu plano de negócios e no seu plano de marketing.

Por isso, ao escolher entre site imobiliário ou redes sociais, escolha os dois, mas com um foco maior no seu site, do ponto de vista de atração de prospectos e construção de ativos.

Ter uma lista de contatos por e-mail, telefone ou WhatsApp é muito melhor do que ter centenas de usuários seguindo uma conta no Instagram ou no Facebook.

Você precisa vender para pessoas. E ter uma base de ativos (pessoas) tem muito valor no longo prazo. Portanto, não deixe de montar sua base de ativos reais, ok?

site imobiliário ou redes sociais

Um site imobiliário pode ajudar a sua imobiliária a vender muito mais devido as funcionalidades técnicas

E por fim, não podemos deixar de mencionar a capacidade técnica de um site imobiliário. Ou seja, você terá muito mais possibilidades de geração de caixa através do seu site, pois com ele você poderá montar páginas de diversos formatos, com o foco na conversão de algum produto ou serviço.

Para isso, conte com os sites pré-prontos da Ville Imob. Você poderá modificar o template para deixá-lo com a cara da sua imobiliária e ainda aproveitar todos os recursos técnicos que ele oferece, sem precisar se preocupar com programadores caríssimos.

Um site imobiliário pré-pronto pode oferecer sistema de chat, filtro de produtos, captação de ativos e muitas outras funcionalidades para não ficar dependente de uma rede social.

Portanto, conte com a Ville Imob para ajudar a melhorar as suas vendas imobiliárias na internet e vamos juntos fazer bons negócios.