Entrar em um setor competitivo como o de imobiliárias é uma atitude que requer força de vontade e cautela. Quando o planejamento é bem feito, o gestor e dono da imobiliária só tem a ganhar. Por isso é importante aprender o básico do que é e como criar um plano de negócios para imobiliárias. Com este conhecimento, corretores e outras pessoas pensando em abrir sua própria imobiliária terão mais controle e entenderão melhor como lidar com possíveis adversidades na gestão.

O objetivo do plano de negócios para imobiliárias

O plano de negócios é um documento muito útil no momento de criar uma nova empresa. Sendo que, o principal objetivo deste documento é entender a situação atual do mercado, bem como mapear todos os fatores que tem influência direta no negócio.

Por exemplo, no caso de imobiliárias, políticas de habitação são pontos importantes de serem mapeados e identificados. Assim como é essencial ficar de olho em indicadores da construção civil. Visto que, em geral, um crescimento da atividade no setor de construção e infraestrutura representa um aumento direto nas atividades de corretores e imobiliárias.

plano de negócios para imobiliárias

Mas isso é só a ponta do iceberg quando o assunto é o planejamento estratégico de um negócio. E, na verdade, este artigo servirá como um ótimo direcionamento. Mas na hora de criar o seu plano de negócios, conte com um livro também. Afinal de contas é impossível resumir em um único artigo livros especializados no assunto que tem centenas de páginas.

A importância da missão, visão e valores

Um plano de negócios é feito em várias etapas. De uma maneira geral, é preciso, inicialmente, definir a missão, visão e os valores de uma empresa. Este é o primeiro passo e a primeira coisa que você deverá fazer no plano de negócio para imobiliárias.

Pode parecer perda de tempo, mas ter isto em mãos facilitará muito para que você e outras pessoas se orientem no momento de tomar decisões. Por exemplo, se a sua visão é: “ser a maior imobiliária da minha região”. Então todos os passos e decisões tem que ser tomadas tendo isto em mente.

Parece simples mas não é. Uma missão de uma imobiliária pode ser: “prezar pela comunicação clara e objetiva com os clientes, permitindo que eles entendam de fato todo o processo de compra de imóveis”. É uma missão nobre, isso porque sabemos que o mercado imobiliário é um bicho de sete cabeças para quem não entende do assunto. Logo, uma imobiliária que preza por propagar este conhecimento está em um caminho muito bacana.

plano de negócios para imobiliárias

Porém, é importante lembrar que todas as decisões deverão levar isto em consideração. Mas enfim, este são só exemplos. Além disso, a missão, visão e valores não são frases que buscam engessar a sua imobiliária. Elas buscam ser uma espécie de guia para a empresa e os funcionários.

O desenvolvimento de “subplanos”

Durante o plano de negócios, são definidos alguns planos menores. O termo “subplanos” não existe de fato, mas ele é ótimo para entendermos que estes planos são secundários. De qualquer forma, os planos que você precisará se atentar são: o plano de recursos humanos, operacional, de marketing e financeiro.

O plano de recursos humanos define coisas como:

  • Qual o perfil de um trabalhador para a sua imobiliária?
  • Quais serão os cargos necessários?
  • Qual será a remuneração, benefícios e serviços?
  • Como será o processo de treinamento e desenvolvimento de pessoal?
  • Como os funcionários serão supervisionados e monitorados?

Considerando que você é um corretor interessado em abrir sua própria imobiliária, responder estas perguntas pode ser uma boa maneira de guiar a você mesmo ou para auxiliar empresas de RH responsáveis pela contratação de pessoal.

O plano de marketing é feito com base em resultados de pesquisas de mercado que também são feitas no momento que se começa o plano de negócios. Leva-se em consideração o produto, preço, o local e o público-alvo.

plano de negócios para imobiliárias

No caso de imobiliárias o diferencial está na maneira que o serviço é oferecido ao cliente. Uma imobiliária não consegue ofertar preços baixos. Isso porque, na maioria dos casos, o valor do imóvel não é uma variável que está nas mãos do corretor. Alterar o preço da comissão também não é uma opção muito interessante, logo é importante se destacar no quesito qualidade do serviço prestado.

O plano de marketing, deve então, ter foco no serviço. Mas, se você consegue captar diversos imóveis, sendo vários com exclusividade. Então é uma boa ideia destacar a sua vasta carteira de imóveis.

Avaliação do setor (macroambiente)

Durante o desenvolvimento, pesquisas são feitas e elas buscam identificar vários detalhes. Desde ameaças de novas imobiliárias até potenciais serviços que substituem a função de um corretor. Busca-se também entender se existe rivalidade entre algumas das imobiliárias locais.

Isso pode ser importante pois, suponha que exista uma grande rivalidade entre as imobiliárias A e B. Sem saber da situação você busca a imobiliária A e faz uma parceria e, logo em seguida, segue para fazer uma parceria similar com a imobiliária B. Mas, no momento em que eles descobrem da sua parceria com a imobiliária rival, eles decidem não trabalhar com você.

plano de negócios para imobiliárias

O problema: você pode ter criado uma rivalidade sem perceber. E esta situação não é interessante para um negócio novo, que está buscando se estabelecer no mercado. Logo, entender o mercado é essencial para evitar problemas deste tipo.

Análise financeira

Uma das etapas mais importantes de um plano de negócios é a análise financeira. Nesta análise você lista todo o investimento necessário e realiza estimativas, baseadas nas metas, do prazo para ter de volta o valor investido.

Uma análise financeira feita sem o devido cuidado pode significar que os recursos listados não são, de fato, suficientes para abrir uma imobiliária. Ou ainda, é possível subestimar custos futuros e definir datas incorretas para recebimento dos recursos financeiros.

E é válido lembrar, alguns custos serão altos, como será o de aluguel ou aquisição da sala comercial e toda a mobília necessária. Mas outros custos terão um valor bem mais interessante, como é o caso de um software para imobiliárias, como o ville Imob.

Aliás, se você planeja abrir uma imobiliária, não deixe de considerar a aquisição de um bom sistema para a mesma. Este será um dos seus principais trunfos quando o assunto é produtividade. Um sistema para imobiliárias permite um aumento significativo da eficiência. O que, por sua vez, permite que você tenha um retorno do investimento em menos tempo.

Se quiser ver como funciona na prática, faça hoje mesmo um teste grátis do ville Imob. Assim você poderá ter uma noção de como o software será útil na sua nova imobiliária. Por hoje é só, boa sorte e bons negócios!