O remarketing imobiliário é, talvez, uma das ferramentas ou estratégias mais rentáveis de uma boa campanha de marketing digital. Afinal, o marketing em si já é muito poderoso.

Agora, quando conseguimos reaplicar estratégias para um público ainda mais segmentado e nichado, tudo pode ficar melhor.

Hoje vamos entender um pouco mais sobre esta excelente alternativa de continuidade de campanhas para que você possa extrair bons resultados para sua imobiliária no ambiente digital.

Seja com campanhas de vendas, promoções, lançamentos ou construção de marca (branding). Desde que você tenha um plano sólido de onde quer chegar, certamente terá uma ótima alternativa em mãos.

Vamos lá?

Remarketing Imobiliário

O que é Remarketing Imobiliário?

Para entender o que é remarketing imobiliário é muito simples. Basicamente, é uma forma de refazer uma campanha de marketing já feita, em cima de um público específico.

O remarketing funciona apenas para campanhas digitais. Ou seja, sempre que você pensar em fazer uma campanha de anúncios no Facebook ou Google, poderá estruturá-la de forma que atinja um certo número de pessoas de acordo com uma segmentação específica.

Ou seja, se você quer atingir somente pessoas com mais de 40 anos, que estejam em busca de investimentos em imóveis e residam em determinada cidade, você pode.

Com a ajuda do remarketing, além de atingir estas pessoas, posteriormente você poderá fazer anúncios para algum nicho dentro do nicho, de acordo com ações, comportamentos, cliques ou visualizações.

Assim você consegue ir afunilando e, aos poucos, construir uma audiência extremamente qualificada para receber suas mensagens. O remarketing imobiliário é também uma alternativa para quem precisa desenvolver um funil de vendas eficiente no curto e médio prazo.

Vejamos a seguir a importância deste processo e como você poderá aplicar ainda hoje o remarketing na sua imobiliária.

Qual a importância de usar remarketing em suas campanhas digitais?

O remarketing é peça fundamental para estruturar uma campanha inteligente e focada em conversões online. Porém, sabemos que nem sempre é fácil compreender todas estas expressões técnicas e complicadas para geração de resultados.

Principalmente se o seu objetivo for ter resultados consistentes. Pois, neste caso, é preciso ter paciência e resiliência. Tais possibilidades somente serão possíveis, caso haja entendimento amplo do assunto.

Entre outras situações, o remarketing é importantíssimo para os seguintes pontos:

  • Reconhecimento de marca e produto;
  • Aproximação e mais interesse;
  • Maior poder de retorno sobre o investimento;

Falaremos de forma detalhada sobre cada um deles a partir de agora, de forma que você possa compreender e, ao mesmo tempo, aplicar nas suas campanhas imobiliárias. Acompanhe.

Remarketing Imobiliário

Reconhecimento de marca e produto

O primeiro excelente critério para fazer remarketing imobiliário, é o fato de ele proporcionar um ótimo reconhecimento de marca e produto.

Afinal, sua campanha estará sendo vista por pessoas que já possuem um potencial muito grande de engajamento, pois são pessoas de um nicho dentro de um nicho.

Por exemplo, se você determinar que o público-alvo que clicar no seu anúncio entra para a lista de remarketing, os anúncios de remarketing, então, serão mostrados somente para estas pessoas.

O que proporciona um poder de conversação muito grande em diversos sentidos. Somente será impactado com sua marca, produto, promoção ou serviço, quem já demonstrou algum interesse maior no passado sobre o assunto.

Ou seja, mais uma vez o longo prazo mostra-se excelente do ponto de vista de construção de marca e produto.

Aproximação e mais interesse

A aproximação e a demonstração de um interesse maior, faz com que um bom anúncio de remarketing seja devidamente bem aceito pelo seu público.

Por exemplo, se a sua campanha começa com o anúncio 1 que desperta qualquer tipo de interesse nas pessoas, somente receberá o anúncio 2 quem demonstrar este interesse – Falaremos mais sobre como fazer isso no decorrer do texto.

O fato é que o remarketing imobiliário é como se fosse uma escadinha: somente subirá para os próximos degraus aquelas pessoas que ativarem qualquer tipo de dispositivo que faz com que elas estejam aptas a receber o próximo anúncio.

Pense que de nada adianta querer vender algo para alguém que ainda nem sabe que precisa daquilo. É preciso ter uma preparação.

Maior poder de retorno sobre o investimento

O retorno sobre o investimento de anúncios de remarketing são relativamente maiores por uma série de motivos. Sendo o principal fator, o alto poder de conversão pelo simples fato de quem recebe um anúncio de remarketing, teoricamente, está qualificado para comprar ou mesmo dar um passo maior rumo a fechar algum negócio com sua imobiliária.

Como já entendemos até aqui, o remarketing é como se fosse uma escadinha: começa com um anúncio simples, para muitas pessoas dentro do seu público-alvo.

Depois, novos anúncios são feitos somente para pessoas que tiveram algum tipo de interação (clique, cadastro, visualização, etc). É como se você quisesse impactar somente pessoas já preparadas para a compra.

E isto faz aumentar seu retorno de uma forma muito boa, pois ali já há um processo de vendas embutido.

Este é um bom insight online que você pode ter com base no que o remarketing pode proporcionar e de como ele é importante. Afinal, o remarketing imobiliário é um passo “além” que você pode dar não só para ficar a frente da sua concorrência.

Mas também, para ter uma comunicação mais assertiva com os seus prospectos e não uma comunicação somente baseada em “compre, compre, compre”.

Remarketing Imobiliário

Como usar o remarketing imobiliário de forma prática?

Pois bem, até aqui entendemos a real importância do remarketing dentro de uma campanha inteligente de marketing digital para sua imobiliária. Mas, como de fato podemos colocar em prática todos estes entendimentos?

Vamos explicar o passo a passo para que você possa aplicar o remaketing dentro de suas campanhas e planejá-las de forma que tenham muito mais potencial de conversões.

Tudo que você precisa fazer é planejar, organizar e executar. Obviamente, esta é uma visão simplória do processo. De forma detalhada, falaremos sobre os seguintes tópicos:

  • Tudo começa pelo planejamento – Onde você quer chegar?;
  • Estruture uma campanha de anúncios de acordo com seu público-alvo;
  • Comece de forma abrangente e ampla – Mas com foco;
  • Estipule formas de considerar um usuário para atingi-lo com remarketing;
  • Os anúncios precisam ter algum tipo de ligação e conexão para gerarem mais resultados;
  • Utilize o pixel do Facebook para construir um público personalizado;
  • Remarketing imobiliário no Google vale à pena?;

Vamos entender cada uma destas etapas detalhadamente a partir de agora. Vamos lá?

Tudo começa pelo planejamento – Onde você quer chegar?

Não há segredo: tudo começa por um bom planejamento. E não estamos falando somente de campanhas de anúncios para sua imobiliária. Mas sim, todas as coisas de nossa vida.

É preciso planejar e entender o caminho que temos para percorrer até que cheguemos em determinado objetivo primário, secundário ou o que for.

No caso de uma campanha de anúncios, isto é ainda mais importante. Afinal, o remarketing somente será possível ser feito, caso você saiba onde quer chegar com alguma campanha ou ação de marketing.

Pense o seguinte: se você não tiver uma bússola ou um GPS ligado e sair dirigindo por um lugar que você não conhece, onde você vai chegar? Em qualquer lugar. Você estará digirindo no modo aleatório. E o destino também será aleatório.

Pois bem, aqui não é diferente. É preciso definir previamente quais serão os objetivos de uma campanha. E estes objetivos, claro, precisam ser atingíveis. Ou seja, com os pés no chão. De nada adianta estipular coisas grandiosas se não houver base para isso.

Então, planeje. Somente desta forma o remarketing terá alguma efetividade, pois ele estará agindo de forma pensada. Saiba o que você busca com um simples anúncio. Veja aqui como criar anúncios imobiliários que vendem.

Remarketing Imobiliário

Estruture uma campanha de anúncios de acordo com seu público-alvo

Você conhece seu público-alvo? Ou melhor, sabe onde ele está? Começar a mapeá-lo é o primeiro passo que você precisa dar para começar a construir suas campanhas.

Depois do passo anterior, que é estruturar e planejar uma campanha de forma não só criativa, mas também, objetiva, é preciso saber como conversar com este público.

Aqui você precisará usar gírias, expressões, jargões e uma linguagem que as pessoas entendam o que você quer comunicar. E este é somente um dos benefícios que você pode colher, caso saiba conversar com seu público.

Haverá conexão, empatia e muito engajamento.

Então, não queira atingir todo mundo. Atinja as pessoas certas! Isto é muito mais vantajoso do que simplesmente fazer um anúncio amplo, achando que todas as pessoas devem vê-lo. Pelo contrário!

Na internet, é preciso nichar. O que você prefere: anunciar para 1 milhão de pessoas e ter 10 vendas, ou anunciar para 100 pessoas e ter as mesmas 10 vendas? Certamente anunciar para 100 pessoas será muito mais barato e você lucrará muito mais.

Então, pense nisso: quantidade não é qualidade!

Comece de forma abrangente e ampla – Mas com foco

O terceiro passo pode ser contraditório. Mas acredite, não é. O remarketing imobiliário é uma estratégia extremamente focada em resultados e impacto de pessoas qualificadas.

Mas no início, você não conseguirá fazer remarketing pelo simples fato de que não há critérios para saber quem está qualificado ou não para isso.

Então, o primeiro passo é definir seu público-alvo e anunciar para ele de forma integral. E depois sim, ir aplicando os conceitos de funil de vendas e ir afunilando o público com a ajuda do remarketing.

Por exemplo, se o seu público amplo tiver 100 pessoas, o remarketing certamente terá menos. E assim por diante.

Veja bem: anunciar de forma ampla e abrangente não quer dizer que você deve anunciar para qualquer pessoa, ok? Abrangência, neste caso, é ainda dentro de um público específico!

Estipule formas de considerar um usuário para atingi-lo com remarketing

Agora sim, começamos a entrar na seara de remarketing na prática! Para isso, é preciso considerar alguns critérios para que uma pessoa possa estar qualificada para ser um público de remarkeitng.

Por exemplo, você pode considerar um cadastro, um clique, uma visita no seu site imobiliário, uma visualização do anúncio, um comentário, uma curtida ou qualquer coisa que seja possível de mensurar.

Isto é importante pois depois você precisará utilizar estas informações e dizer para o sistema o seguinte: “eu quero que este anúncio apareça apenas para pessoas que clicaram no meu anúncio anterior e se cadastraram no formulário”.

Pronto! Isso é tudo que você precisará fazer e sua campanha de remarketing já estará pronta para rodar!

Os anúncios precisam ter algum tipo de ligação e conexão para gerarem mais resultados

É fundamental que haja conexão entre um anúncio básico, do início da campanha, com o anúncio de remarketing. Isto faz ativar muitos dispositivos mentais em quem consome a mensagem, pois há ali um reconhecimento visual.

Então, você pode começar seus anúncios de remarketing da seguinte forma: “eu vi que você entrou no meu site”, “eu vi que você se cadastrou na minha página”, “eu vi que você curtiu minha postagem”, e por aí vai.

O ponto aqui é começar a estreitar os laços, e não ser apenas mais um anúncio aleatório na linha do tempo do seu público. Veja aqui como fazer uma campanha imobiliária no Facebook de forma estratégica e eficiente.

Remarketing Imobiliário

Utilize o pixel do Facebook para construir um público personalizado

Você já ouviu falar do pixel do Facebook? Pois bem, ele nada mais é do que um código de programação que o Facebook oferece para você colocar no seu site.

Através deste código, é possível rastrear os visitantes e, em cima disso, criar um público personalizado para remarketing. Ou seja, você estaria anunciando no Facebook, somente para as pessoas que visitaram seu site!

Remarketing imobiliário no Google vale à pena?

Por fim, há ainda o remarketing no Google! Ou seja, a partir de anúncios de palavras-chave e também anúncios de display, você pode construir relacionamento através do remarketing.

Tudo que você precisa fazer é estipular critérios para considerar um usuário qualificado ou não para a “próxima rodada” de anúncios! Aqui na Ville Imob já escrevemos sobre como criar boas campanhas no Google Ads. Veja os links que certamente vão te ajudar.

Boas vendas!