Como criar anúncios imobiliários que vendem? Se você está com esta dúvida, faz parte de um grupo seleto de profissionais que buscam melhorar as vendas de forma estratégica. Por isso, criamos este artigo para ajudar o desenvolvimento de suas estratégias de forma objetiva e prática.

Acompanhe o texto e saiba tudo sobre o assunto para poder colocar as suas ideias em prática ainda hoje e, consequentemente, aumentar o seu faturamento.

 

Como criar anúncios imobiliários que vendem

 

Para aprender como criar anúncios imobiliários que vendem, acima de tudo, você precisa ter em mente que a ação de investir em publicidade não necessariamente é a receita de todos os males. É claro que ela é fundamental e ajuda muito.

Entretanto, o erro da grande maioria das pessoas é depositar todas as fichas em uma campanha que, se não der resultado no primeiro dia, já é descartada. Isto é equívoco e no longo prazo pode fazer você perder muito dinheiro.

Não existe prazo mínimo para uma campanha dar retorno. Ou seja, este é um dado que não está a seu alcance controlar.

É um critério fora do seu controle e que não deve ser integrado ao plano estratégico. Entretanto, o que você pode (e deve) fazer, é pensar e otimizar as campanhas de acordo com uma série de itens que vamos abordar neste texto. Esta é sua única chance de trabalhar com o foco em um objetivo e fazer de tudo para alcança-lo. No entanto, o longo prazo é fundamental.

 

Como criar anúncios imobiliários

 
 

O que é um bom anúncio

 

Agora que já entendemos que uma boa campanha publicitária pode levar algum prazo para dar retorno e que o longo prazo é seu melhor amigo, é hora de entender o que de fato é um bom anúncio. Será que uma campanha no Facebook que atinja 10 milhões de pessoas é a melhor estratégia?

Ou então, será que o melhor ponto de outdoor de uma rodovia movimentada é uma boa opção? Não existe receita. O que existe é a adequação de alguns critérios a sua realidade.

Um bom anúncio é aquele que atinge as pessoas certas e informa o que precisa ser informado para talvez, a pessoa tomar a decisão de comprar. Entretanto, esta equação não pode ser resolvida de forma matemática, como se um mais um fosse igual a dois.

As variáveis humanas e comportamentais que envolvem a percepção de um possível cliente são inúmeras. E o que você pode fazer para estar na frente da sua concorrência é justamente isso: estudar seu público, entender o seu comportamento e alinhar as estratégias em cima disso.

Se alguém lhe disser que determinada mídia ou determinada ação está dando resultado, de nada adiantará você copiar os mesmos passos. Pode ser que suas ações não tenham a mesma força. E isso resume-se a um ponto chave de qualquer planejamento: realidades. Existem centenas de realidades diferentes e você precisará encontrar a sua e da sua imobiliária. Acompanhe o texto para entender.

 

O que levar em consideração antes de criar um anúncio

 

Como criar anúncios imobiliários que vendem, se você não tem nem ideia do que criar? Pois bem, algumas perguntas precisam ser respondidas antes mesmo de rodar uma campanha digital ou offline. O que levar em consideração antes de criar um anúncio? Esta é uma pergunta ampla. Servirá de base para guiar todo o seu método e também poderá servir de checklist para estruturar a sua campanha ou o seu plano de marketing imobiliário.

Conforme mencionamos anteriormente, o ponto principal não é nem encontrar o melhor canal ou a melhor “receita”. O ponto principal é você entender quem é você perante ao seu potencial cliente o que você pode oferecer para resolver o problema dele.

Se possível, ser melhor que a concorrência é um passo enorme. E em um bom anúncio você pode ter espaço para se diferenciar, desde que feito da forma correta e saudável. Veja o que levar em consideração antes de iniciar sua campanha.

 

Como criar anúncios imobiliários

 
 

1- Estratégia

 

Para criar um anúncio efetivo, antes de mais nada, você precisa ter motivação. De onde surgiu a sua motivação? Qual o real objetivo do anúncio? Para descobrir isso, você precisará traçar uma estratégia que envolve não só a área do marketing da sua imobiliária, mas sim, integrando todas as áreas da empresa.

Tudo precisa estar trabalhando em conjunto e remando em prol da mesma direção. Desta forma, elaborar uma estratégia de vendas que seja viável para você, para sua empresa e para seu potencial cliente é indispensável.

Ter uma boa estratégia é uma das formas mais contundentes, práticas e viáveis de montar uma campanha de anúncios. Afinal, você precisa saber para onde ir. Caso contrário, qualquer lugar será o suficiente, não é mesmo? Assim sendo, pense no seu negócio ou produto como algo que precisa ir a algum lugar.

Como você fará ele chegar até este lugar? Pode ser através de uma série de recursos. E os anúncios é um destes recursos.

Até quando você precisa vender este imóvel? O que representará para sua imobiliária os lucros desta venda? Qual porcentagem deste lucro você está disposto a abrir mão para investir em novas oportunidades e campanhas?

Esta são algumas das perguntas que precisam ser respondidas antes de sair comprando outdoors ou montando campanhas no Facebook. Você precisa estar ciente de suas necessidades e trabalhar em cima delas.

 

2- Tipo do imóvel

 

Depois de elaborar toda a sua estratégia de vendas e alinhar com todos os departamentos da imobiliária, é hora de entender um pouco sobre o seu produto final. Antes mesmo de colocar anúncios no ar, você precisa ter em mente que cada tipo de produto terá uma forma de divulgação.

Será que vale a pena anunciar o aluguel de uma quitinete na Rede Globo, por exemplo? Talvez não. Ou seja, é preciso muito cuidado ao escolher as formas de criar o anúncio. Ele precisa estar em um lugar que seu público esteja.

Assim sendo, o primeiro passo para estar onde seu público está, é entendendo o seu produto final. Faça uma lista de todos os benefícios, vantagens e desvantagens (sim, pontos negativos também) do imóvel. Estas respostas te darão um norte excelente para a tomada de decisões.

 

Como criar anúncios imobiliários

 
 

3- Público-alvo

 

Este critério para entender como criar anúncios imobiliários que vendem é um dos mais importantes. Ele está diretamente ligado ao tópico anterior, onde você definiu e entende qual o tipo de imóvel que você está comercializando.

Assim sendo, o público-alvo do produto é fundamental para direcionar de forma extremamente focada os seus recursos para uma boa campanha de anúncios. É a partir do público-alvo que você terá uma série de definições importantes para escolher entre opções A ou B.

Por exemplo, o público-alvo é responsável por lhe informar itens como a idade do potencial cliente, a classe social, a escolaridade, gostos pessoais e hobbies, além de uma série de outras questões. Todos estes dados serão e deverão ser usados para potencializar os recursos de qualquer anúncio.

Um bom exemplo que podemos dar a respeito deste critério é o seguinte: vale a pena anunciar uma casa de luxo para estudantes do primeiro semestre da faculdade com idades entre 18 e 20 anos? Talvez não faça sentido por uma série de razões.

Assim sendo, é de fundamental importância que você adote este quesito como um norte real para qualquer tipo de ação com anúncios. Irá poupar muito trabalho, tempo, recursos e, acima de tudo, terá muito mais potencial de retorno, pois você estará falando com as pessoas certas, no momento certo e com o produto certo (que você estudou no primeiro tópico).

 

4- Praça de veiculação

 

Você sabe o que é a praça de veiculação? Não é a praça da esquina! Mas sim, o local onde os seus anúncios serão veiculados. Assim como definir o público-alvo e entender o seu produto como um todo, é fundamental que você entenda onde é mais viável fazer seus anúncios.

Podemos citar o mesmo exemplo usado anteriormente. Se você tiver uma casa de luxo a venda em São Paulo, será que é viável anunciar para cidades que não tenham uma boa renda per-capta? Talvez não.

 

Como criar anúncios imobiliários

 

Este é um ponto muito importante para começar a segmentar e afunilar cada vez mais a sua campanha.

Está percebendo como, de passo em passo, nós estamos cercando todos os quesitos para alcançar as pessoas certas? E é justamente este exercício que você precisa fazer para aprender como criar anúncios imobiliários que vendem. E escolher a praça correta faz parte do processo, sempre visando todos os critérios juntos para, ao final, ter um resultado consistente.

 

5- Mídia para veiculação

 

Depois de definir seu produto, entender seu público-alvo e definir a praça de veiculação, é hora de dar um passo adiante e entender qual a melhor mídia para veicular seu anúncio. O exemplo que demos anteriormente também pode ser encaixado neste contexto.

Será que vale a pena anunciar o aluguel de uma quitinete na programação da Rede Globo? Talvez não faça sentido. Agora, será que não valeria a pena criar um anúncio no Facebook, extremamente segmentado para o público-alvo? Talvez faça mais sentido.

Este é o pensamento lógico que você precisa ter. Escolher a mídia certa para veicular o anúncio também faz parte do processo. Afinal, nem todo mundo está no mesmo lugar. E quanto mais você entender o seu público com relação ao comportamento dele, melhor. Certamente você estará na frente da concorrência.

 

Ferramentas para criar um anúncio

 

Agora que você já entendeu quais passos precisa dar e como estruturar uma campanha de anúncios, é hora de conhecer um pouco das ferramentas para criar anúncios relevantes. É claro que esta é uma questão um pouco mais técnica. No entanto, como mencionamos no início do texto, a ideia é fornecer todas informações para que você possa colocar a mão na massa ainda hoje. Se for o caso de você mesmo ter que criar seus anúncios, acompanhe.

 

Como criar anúncios imobiliários

 
 

Canva

 

O Canva é uma ferramenta excelente para criação de artes. Você poderá desenvolver tudo no ambiente online no formato “arraste e solte”. Ou seja, com poucos cliques você terá um layout bonito e consistente, pois poderá utilizar padrões e diagramações já pré-definidas pela própria plataforma. Depois é só salvar no formato que desejar e utilizar.

 

Adobe Photoshop e Adobe Illustrator

 

Se você optar pelo desenvolvimento mais técnico e com mais liberdade criativa, a dica é utilizar os programas da Adobe: Photoshop e Illustrator. Você será capaz de criar a arte que desejar, no formato que desejar e com a criatividade que desejar. Lembrando que, neste caso, você precisará ter mais conhecimentos acerca dos softwares para, então, ter sucesso no seu trabalho.

 

Serviços de agências ou designer

 

Caso complique para fazer os anúncios, você ainda poderá optar por contratar um designer ou até mesmo uma agência de publicidade para auxiliar no processo criativo. Não deixe de considerar esta opção para ter um material profissional e de qualidade, afim de estar sempre a frente da concorrência.

 

Como criar anúncios imobiliários

 
 

Fatores importantes para criar um anúncio que vende

 

Para criar um anúncio imobiliário que vende, você precisará não só de conhecimento técnico dos itens listados acima, mas também precisará entender como persuadir e fazer a mensagem chegar de forma clara para o seu público-alvo. Desta forma, separamos uma lista de obrigações que um bom anúncio precisa ter. Adeque para a sua realidade e tenha mais resultados.

  • Objetividade: a sua mensagem precisa ser curta, com começo meio e fim em poucas palavras.
  • Clareza: assemelha-se a objetividade. Construa frases que façam sentido e tenham concordância.
  • Chamada para ação (call to action): Sempre peça para o leitor do anúncio tomar uma atitude. Ou ligar, ou entrar no site, ou clicar no link, etc.
  • Direção de arte: a estética do seu material é importante. Uma direção de arte que crie sensações positivas no potencial cliente é fundamental.
  • Fotos profissionais: destaque-se e impressione os potenciais clientes com fotos que vendam por si só.
  • Criatividade pode ser um diferencial: as vezes, sair do óbvio é fundamental. Para isso, conte com a criatividade para anúncios diferentes e que chamem a atenção.
 

Clareza e otimização de tempo é fundamental

 

Depois de todas estas informações, colocar em prática é algo necessário. Como mencionamos, utilize este passo a passo como um checklist. Vá aos poucos, mas busque sempre avançar. E uma das dicas finais é encontrar uma forma de otimizar toda a gestão de tempo e administração destas tarefas.

Contar com um sistema de gestão imobiliária é uma excelente forma de manter um cronograma positivo e sempre focado nos seus objetivos. Conte com a ville Imob para ajudar neste sentido e boa sorte!