Você sabe criar um bom anúncio no Google Ads para sua imobiliária? Saiba que esta é uma das melhores ferramentas no mercado para que você consiga atrair potenciais clientes. No entanto, é preciso entender e dominar a ferramenta para que ela realmente seja efetiva para o seu projeto. Caso contrário, será apenas uma consumidora de recursos mau distribuídos.

E justamente por isso, vamos te ajudar a entender um pouco mais sobre o assunto. Afinal, conquistar o seu público-alvo de formas que não sejam invasivas é uma forma inteligente de, com o futuro, gerar mais vendas. E, como você sabe, o Google em si é uma plataforma em que as pessoas buscam a resolução de problemas. E neste momento, aparecer para o usuário pode significar uma ótima conversão.

Mas não é somente abrir uma conta, colocar um dinheiro da ferramenta e comprar algumas palavras-chave que o seu projeto dará certo. O trabalho é muito mais profundo. Porém, não é difícil. Tudo que você precisa fazer é estabelecer uma estratégia, em cima de um bom objetivo (alcançável) e fazer um monitoramento. Assim sendo, acompanhe o texto!

anúncio no google ads

Anúncio no Google Ads – Como fazer do jeito certo?

Para começar a explorar este tópico, podemos afirmar: não há um “jeito certo” de fazer um bom anúncio no Google Ads. O que há, é o melhor jeito de acordo com o seu objetivo e estratégia! É importante que isto fique claro para que você não busque uma “receita milagrosa” para que seus anúncios bombem da noite para o dia. É preciso muita otimização e pesquisa para, desta forma, ter sucesso.

No entanto, por mais que não haja um “jeito certo”, há sim algumas regras e formas de construir um bom anúncio. Ou seja, um anúncio que tenha relevância para o próprio programa Google Ads, que tenha relevância para o usuário e, claro, que converta em vendas ou leads em um futuro próximo.

Gerar leads no mercado imobiliário ou mesmo gerar vendas pode ser a vontade de todos que iniciam uma campanha no Google Ads. Porém, é importante tomar cuidado para não confundir o tempo de resposta da plataforma com uma conclusão equivocada. Ou seja, é preciso um trabalho de curadoria para que os anúncios fiquem cada vez melhores e, desta forma, você tenha êxito.

Mas não se preocupe! Vamos explicar tudo detalhadamente abaixo. Continue lendo.

O princípio básico do Google Ads

Antes mesmo de criarmos um anúncio no Google Ads para sua imobiliária, precisamos entender o princípio básico da plataforma. Esta contextualização é importante para guiar as suas tomadas de decisão. Afinal, de nada adianta você ter um objetivo, quando a plataforma não consegue supri-lo, não é mesmo?

Desta forma, o Google Ads trabalha com uma filosofia única: ajudar o usuário e oferecer a melhor experiência para ele. Ou seja, o Google sempre estará interessado em agradar o usuário que vai até a plataforma buscar alguma informação. Afinal, o usuário é a base para que o negócio funcione, não é mesmo?

Desta maneira, você precisa alinhar o sue pensamento da mesma forma: ajudar o usuário e oferecer uma ótima experiência com os resultados que ele encontrar. Fazendo isso, você estará unindo o útil ao agradável. E, desta forma, atraindo a atenção do próprio Google para dar cada vez mais relevância para seus anúncios.

Ou seja: se o usuário buscar no Google “apartamentos em SP”, os resultados da busca não podem ser “casas no RJ”. Precisa ser “apartamentos em SP”. Ou seja, quando você construir seus anúncios (e vamos dar alguns exemplos de formatos depois), eles precisam absolutamente coerentes com a página, produto ou serviço que o usuário quer.

Caso contrário, poderá gerar desconforto para quem pesquisa e automaticamente o Google exercerá uma espécie de “punição” para o anunciante, pois ele entende que o anúncio não é relevante. Entendido isso, vamos avançar e conhecer um pouco mais sobre a criação de anúncios no Google Ads para imobiliárias.

anúncio no google ads

Quais os principais formatos do Google Ads?

Os formatos que o Google oferece são inúmeros para que o anunciante desenvolva estratégias e campanhas. E todos estes formatos são resultados de anos de estudos do comportamento do consumidor para que os melhores produtos pudessem ser entregues aos anunciantes.

Por isso, tudo que você encontrar na plataforma terá uma utilidade específica. No entanto, isto não significa dizer que você deve optar por todos os formatos! Pelo contrário, você precisará fazer testes e entender o que seu público de fato está buscando. Para que, desta forma, você consiga se posicionar de maneira inteligente. Veja abaixo alguns formatos.

Rede de pesquisa

A rede de pesquisa é a mais clássica e talvez o primeiro formato que o Google Ads disponibilizou para comercialização. Trata-se da compra de palavras-chaves dentro da plataforma para que, quando o usuário buscá-la, seu anúncio seja exibido.

É muito provável que você já tenha visto os primeiros links dos resultados do Google marcados como “Ads”. Pois bem, é neste local que os seus anúncios também aparecerão.

E dentro da rede de pesquisa, existem diversos sub-formatos que você poderá implementar o anúncio de um imóvel na internet, ou mesmo de um serviço da sua imobiliária. Por exemplo, você poderá colocar telefone, endereço, sugestões diferentes de links, etc. Mas, vamos falar disso mais adiante!

Rede de display

A rede de display é o formato alternativo a rede de pesquisa. Ela também é muito clássica e trata-se dos anúncios gráficos exibidos em sites e aplicativos. Se no caso dos anúncios da rede de pesquisa o usuário busca um termo e encontra o seu anúncio, na rede de display o usuário será impactado com anúncios em arte.

E estes anúncios também podem ter um reflexo vindo da rede de pesquisa. Por exemplo, se o usuário buscou hoje “apartamentos em SP”, o Google entende que ele está interessado no assunto. Logo, mostrará anúncios relacionados a este assunto dentro de sites e blogs. Interessante, não é mesmo?

Vídeo

Já o formato de vídeo também pode ser amplamente utilizado pela sua imobiliária, desde que a estratégia esteja de acordo. Este formato aparece geralmente no início dos vídeos do YouTube. E este formato requer uma atenção um tanto quanto especial. Ele é útil? Sim. Porém, você precisa fazê-lo corretamente.

Se você já pulou o anúncio no YouTube, saiba que esta ação nada mais foi do que uma “falha” na distribuição e no formato do anúncio. Há quem acredite que as pessoas irão assistir ao anúncio. Mas é muito difícil de isto acontecer. Não é uma regra, mas é importante você colocar a sua mensagem total dentro dos primeiros 5 segundos. Assim, você consegue aproveitar o espaço e fazer uma mensagem com começo, meio e fim.

E para isso, é importante contar com profissionais especializados e que consigam desenvolver uma ideia dentro deste padrão. O formato vídeo é mais uma das possibilidades do Google Ads.

Crie anúncios verdadeiros e que sejam clicáveis

Agora que já entendemos um pouco sobre a filosofia da plataforma e quais os principais formatos, é hora de pensar em como fazer anúncios verdadeiramente úteis. Para isso, vamos pegar como exemplo a rede de pesquisa para exemplificar. No caso, você precisará criar anúncios que sejam clicáveis.

Ou seja, quando alguém pesquisar um termo, os resultados precisam ser exatamente o que a pessoa buscou. Ou uma aproximação muito fiel daquilo. Por isso, o Google Ads oferece a possibilidade de você escrever 100% do anúncio. Desde o título, até a descrição do resultado na busca.

Por isso, trabalhe sempre com expressões e palavras que o usuário possa estar querendo buscar. As chances dos cliques acontecerem são muito maiores e você certamente terá um resultado melhor.

anúncio no google ads

Utilize palavras que gerem engajamento

Ter um bom engajamento no Instagram, no Facebook ou qualquer outra rede social, é semelhante a ter um bom engajamento no Google Ads. Afinal, é sinônimo de engajamento aquilo que as pessoas interagem, consideram importante e, de alguma forma, levam para frente. No caso da internet, o compartilhamento é uma excelente forma de mensurar o engajamento.

E você só terá um resultado positivo neste sentido, se o anúncio no Google Ads fizer sentido para quem está buscando determinado assunto no buscador. Trabalhe bem as palavras, use empatia e “toque na feria”, expondo o problema de alguma forma.

Por exemplo, se alguém estiver buscando um financiamento mais barato, você pode usar termos que despertem a curiosidade. Por exemplo: “cansado de taxas altas? Esta vai te surpreender!”

Utilize extensões de anúncios para oferecer ainda mais informações

As extensões dos anúncios no Google Ads são excelentes formas de estender o anúncio de fato. Lembre-se que as primeiras posições do buscador sempre serão as preferidas de quem busca por algum termo. E nestas posições, geralmente aparecerão os anúncios pagos. Por isso, aproveite o espaço e coloque informações que possam ser relevantes.

O Google possibilita que você utilize o endereço, um número de telefone, outros links interessantes para páginas semelhantes, etc. Tudo isto pode ser usado como um complemento e, por sua vez, uma melhoria considerável na chance de alguém clicar.

Afinal, o trabalho de fazer o seu link patrocinado aparecer, o Google já faz. Agora, o trabalho de levar pessoas ao seu site dependerá muito da qualidade dos anúncios em si. E usar extensões pode ajudar!

anúncio no google ads

A descrição precisa ser completa e objetiva

Além da utilização de boas palavras no título e a criação de boas extensões de anúncio, você poderá (e deverá) fazer uma boa descrição. Ela precisa ser completa. Mas, ao mesmo tempo, precisa ser objetiva. Ou seja, em poucas palavras, você precisará dizer tudo que o usuário quer ler para clicar e entrar no seu site imobiliário.

Por exemplo, se o anúncio for para apartamentos no centro de SP, a descrição pode ser com palavras relacionadas a busca: “Veja uma série de apartamentos no centro de SP com excelentes preços para seu bolso”. Ou seja, você deu certeza para o usuário de que seu anúncio é o melhor para ele clicar.

Personalize a URL do link

O anúncio no Google Ads oferece ainda a possibilidade de você personalizar a URL do link. Ou seja, absolutamente todo o anúncio pode ser personalizado. E isto é ótimo, pois trará ainda mais confiança para o usuário. Para entender melhor, vamos continuar no exemplo do “apartamento no centro de SP”. O link deste anúncio poderia ser “apto-centro-sp”. Isto trará a sensação de que definitivamente este é o resultado que o usuário precisa.

Faça muitos testes para entender qual anúncio converte melhor

Para criar anúncios imobiliários que vendem no Google Ads, não há segredo. Há sim, muito trabalho e testes. E é isto que recomendamos que você faça para descobrir qual o melhor formato, as melhores palavras, a melhor descrição e o melhor URL. Tudo precisa ser testado, colocado no ar e mensurado.

No caso, você poderá criar vários anúncios ao mesmo tempo. E, com o passar do tempo, monitorar para ver qual está indo bem e qual não está.

anúncio no google ads

Utilize palavras-chaves relevantes e avalie-as sempre

A escolha das palavras-chaves são de suma importância. Você precisará fazer um estudo de quais são as melhores expressões buscadas no Google com relação ao seu negócio, e criar anúncios em cima disso. O próprio Google oferece a ferramenta de pesquisa de palavras para que você possa medir a relevância deles.

Opte pelas melhores e crie os anúncios com todos os critérios que mencionamos acima. Lembre-se também que é importante dar tempo para que a campanha rode e obtenha resultados.

Tenha um objetivo claro com a campanha

Fazer um anúncio no Google Ads é relativamente simples. No entanto, exige trabalho. E este trabalho não é somente o de cria-lo na prática. É também de estudar e encontrar um objetivo claro para a campanha. Você precisa saber o que quer colher de resultados com as suas ações. Caso contrário, tudo não passará de números e cliques. E isto por si só, como você sabe, não gera resultado.

Se a sua campanha for para a captação de leads, conte com a Ville Imob para ter acesso a diversas ferramentas interessantes para otimizar e ajudar no trabalho. Boa sorte!

estrategias digitais para venda de imoveis