Entender o que é uma persona e o que é público-alvo é algo essencial para sua estratégia de vendas e de marketing. Isso porque cada ação de marketing será determinada e planejada de acordo com essas definições. No artigo de hoje veremos um pouco mais sobre persona e público-alvo com foco no mercado imobiliário.

O que é público-alvo

Este é o mais antigo de ambos que comentamos. Público-alvo é uma maneira de definir o perfil das pessoas que estão interessadas em comprar seu produto. O público-alvo não é uma pessoa, na verdade é um pequeno grupo da população que possui as características que são compatíveis com determinado produto.

Por exemplo, se você possui uma casa de 3 quartos, uma suíte, garagem para três carros. Enfim, um imóvel amplo e de luxo, em uma região nobre da cidade. E seu objetivo é vender este imóvel, quem seria seu público-alvo? Vamos dar um exemplo de pessoas que tenham interesse neste tipo de imóvel.

  • Homens e mulheres casados, com cerca de 40 a 50 anos, com filhos jovens e/ou adolescentes. Possuem nível superior e tem renda mensal superior a R$ 20 mil mensais. Moram em apartamento e estão buscando um local mais amplo agora que os filhos estão maiores.

Podemos ver neste exemplo que o público-alvo é, de fato um recorte da população. E esta é a dica para definir o público-alvo do seu produto. Você tem que pensar: quais pessoas tem interesse em comprá-lo?

Mas vamos ver com mais calma o que você pode colocar na sua definição de público-alvo.

Como definir o público-alvo dos meus imóveis

Para saber qual o público-alvo dos imóveis da sua carteira você terá que fazer uma série de perguntas. Essas perguntas visam definir e reduzir cada vez mais o número de pessoas. Dentre as perguntas que deverão ser feitas, sempre pense nas seguintes:

  • Qual o gênero do cliente ideal?
  • É alguém solteiro, um casal, uma família ou um grupo de estudantes (formando uma república)?
  • Qual a idade?
  • Qual a formação e qual é a renda mensal?
  • Quais são os hábitos de compra? Ou qual o fator motivador para que meu cliente compre este imóvel?

Com base nestas informações você encontrará o recorte da população que você estava buscando. E agora a pergunta que fica é: mas porque?

Porque você precisa definir seu público-alvo

A definição do público-alvo para seus produtos é importante por um motivo: ela é essencial na hora de fazer campanhas de marketing. No mercado imobiliário é comum que você tenha imóveis que atendam um grupo muito semelhante.

Por exemplo, se você captou vários apartamentos para venda em uma região com vários prédios da cidade. Sendo esta região próxima das principais vias de trânsito rápido. Além disso, os apartamentos estão todos no mesmo patamar de valores.

Então fica claro que eles atendem  grupos de pessoas muito semelhantes. Em outras palavras, é possível criar um “grupão” e fazer ações de marketing para divulgar todos estes imóveis.

Apenas citamos esta estratégia porque é mais comum divulgar vários imóveis do que fazer campanhas divulgando um imóvel de cada vez. Se fosse o caso de um produto único, então o processo seria similar, mas este seria o único produto da campanha.

No mercado imobiliário, casos de “produtos únicos” ocorrem quando existe a venda de imóveis em prédios em construção. Ou seja, aqueles apartamentos novos que costumam ter padrões bem similares.

Ter seu público-alvo pré-estabelecido também ajuda na segmentação de campanhas de email marketing. Pois assim você só envia sugestões de imóveis que se encaixam no perfil do seu lead.

Mas e a persona?

A persona também é essencial para ações de marketing e ela existe para que a empresa trate seu potencial comprador como uma pessoa e não como uma estatística. Ficou meio difícil de entender? É o seguinte, se coloque na situação de uma pessoa que precisa fazer uma campanha de marketing para vender um apartamento.

E para esta campanha de marketing esta pessoa sabe que ela terá que convencer: “homens solteiros, com 25-35 anos, formação superior e renda mensal de R$ 4mil – R$ 8 mil”. Parece ser uma missão bem fria certo?

Agora veja a opção que é convencer o “Júlio, que é solteiro, se formou há cerca de 5 anos e está no começo de sua carreira, onde recebe atualmente cerca de R$ 5.500 reais. Júlio está em busca de um novo imóvel na região para sair do aluguel e ficar mais perto do serviço e dos amigos”. Viu como ficou uma tarefa um pouco mais simples?

Pois é, o primeiro é o público-alvo, o segundo é a persona. E com isso fica claro que uma persona é um perfil fictício do cliente ideal para um produto. Tornando mais fácil a criação de conteúdo que convença o Júlio à comprar determinado imóvel.

Como e porque criar uma persona?

O processo de criação de uma persona é bem similar ao de definição do público-alvo. A diferença é que você precisará pensar em um nome fictício e uma pequena história de vida da pessoa. Existe um foco maior em hábitos, estilo de vida, hobbies, entre outros.

Assim, se o imóvel é próximo de uma praça onde as pessoas frequentemente vão para praticar exercícios físicos. Pode ser importante adicionar algo como “João gosta de correr em volta da lagoa com frequência”.

De uma maneira geral, a persona dá mais ênfase à individualidade da pessoa. E não se preocupe se isso torna ela muito específica. O objetivo da persona não é definir quem receberá a campanha.

O objetivo da persona é facilitar a criação da campanha em si. Assim, a persona ajuda a definir a linguagem a ser utilizada, quais redes sociais devem ser o foco. Quais são as palavras-chave do negócio. Enfim, ela permite que a equipe de marketing, ou o próprio corretor, faça artigos, emails e materiais de divulgação pensando em alguém e não em um indicador.

Por hoje é isso, esperamos que você tenha entendido a principal diferença. Público-alvo é essencial para que você defina quem deve receber algo. Já a persona é o que auxilia no momento de tornar suas campanhas mais pessoais.

E não se esqueça que você sempre pode contar com o ville Imob se precisar de um local para divulgar os imóveis. Isso porque a plataforma conta com um site imobiliário completo. E, é claro, se precisar de ajuda para postar nas redes sociais você também conta com uma ferramenta de integração social.

Existem vários outros recursos e você pode fazer um teste grátis hoje mesmo para ver como tudo isso funciona. Boa sorte e bons negócios!