Esse é o ano de 2018 e, se você não faz o uso das redes sociais no marketing imobiliário para aumentar sua visibilidade, então você deve estar fazendo algo de errado. Sim, é uma afirmação forte, mas é a verdade e isso pode ser comprovado por fatos e números.

De acordo com o Statista, um dos maiores portais de dados estatísticos da internet, em 2017, 2,46 bilhões de pessoas utilizaram alguma rede social no mundo inteiro. Atualmente, existem 95 milhões de brasileiros conectados nas principais redes sociais e estima-se que esse número ultrapassará os 100 milhões em 2020.

Com essas informações em mãos, fica claro que utilizar as redes sociais no marketing imobiliário pode ser exatamente o que você precisa para alavancar de vez seus negócios.

Se a variedade de redes sociais disponíveis, os diferentes algoritmos de divulgação utilizados pelas mesmas, e o simples ato de crescer sua audiência tornam a utilização das redes muito complexas, não se preocupe, nesse artigo veremos um guia completo de como utilizar diversas redes sociais.

 

Qual Rede Social devo utilizar?

 

Essa é uma pergunta válida, sobretudo para quem está começando no marketing imobiliário nas redes sociais. E a resposta é simples: o máximo que você conseguir! Mas, talvez, a pergunta mais adequada seja: por onde começar?

Ou ainda, qual rede social trará maior impacto na visibilidade da minha empresa? Vamos responder a essa pergunta, mas primeiro vamos analisar o gráfico abaixo.

Esses dados também são cortesia da Statista e se referem ao mês de abril deste ano. Note que o Facebook lidera o ranking com 2,23 bilhões de usuários, o YouTube é o segundo da lista empatado com o Whatsapp. O Messenger do Facebook é o quarto e possui 1,3 bilhões de usuários. Depois temos Instagram, Twitter e Linkedin.

 

Redes Sociais no Marketing Imobiliário Grafico

 

Ora, é natural que o Facebook, devido ao seu grande número de usuários, é a primeira rede social a ser analisada pelo empresário de qualquer ramo. E, como dica geral, é uma boa ideia iniciar seu marketing virtual em uma das três principais redes sociais: Facebook, WhatsApp ou YouTube.

Entre as três o Facebook é o mais simples de utilizar, junto com o WhatsApp que é ligeiramente menos voltado ao marketing de massa e possui características mais similares ao email. O YouTube, por outro lado, exige uma certa dedicação e expertise na gravação e edição de vídeos, desse modo, começar por ele pode não ser tão indicado.

 

Redes Sociais no Marketing Imobiliário Youtube

 

Agora vamos ver tutoriais específicos e voltados para cada uma das principais redes sociais. Vale lembrar que é impossível citar todos os detalhes da utilização das redes sociais em um único artigo.

O leitor que quiser aprender mais sobre o marketing em redes sociais deverá ler alguns artigos que serão sugeridos ao longo do texto. Outra opção é analisar empresas especializadas no ramo como a Universidade Rock Content, que conta com uma série de cursos voltados para o marketing online.

 

Facebook e Messenger

 

O Facebook é de fato a rede social de maior alcance, mas apenas criar uma página e fazer postagens esporádicas sem um certo padrão de qualidade dificilmente trará resultados.

Neste artigo, vamos estudar o Facebook e o Messenger juntos pois são da mesma empresa e, portanto, possuem certas similaridades. Além disso, a principal maneira que um cliente dispões para entrar em contato com você, via Messenger, ainda é através de sua página no Facebook.

 

1. Crie uma página no Facebook

 

Esse é o primeiro passo, você deve entrar na sua conta do Facebook e então criar uma página para sua empresa. Recomenda-se a criação de uma página porque a mesma conta com ferramentas mais voltadas ao marketing que o perfil de usuário.

 

Redes Sociais no Marketing Imobiliário pagina do facebook

 

Durante a criação da sua página, coloque todos os dados importantes sobre você (caso seja um corretor independente) ou sua imobiliária. Coloque seu telefone, endereço, horário de funcionamento, website e uma boa foto de perfil com o sua logomarca.

Aliás, se você não possui uma logomarca, existem ótimas ferramentas online como a WeDoLogos onde você posta as características de sua empresa e o que você quer na sua logomarca que diversos designers podem postar suas criações e você pode escolher a que mais lhe agrada.

 

2. Divulgue sua página

 

Assim que sua página for criada, é importante que você faça uma divulgação da mesma. Não é necessário fazer nenhum investimento com anúncios nesse momento, você pode simplesmente convidar todos os seus amigos pessoais para curtirem a página da sua Imobiliária.

 

 

Felizmente o Facebook permite que isso seja feito com poucos cliques e, você pode pedir que seus sócios ou membros familiares façam o mesmo, convidando os amigos deles a curtirem sua página.

 

 

3. Realize posts frequentes

 

A utilização de redes sociais no marketing imobiliário tem como objetivo aumentar sua visibilidade, e para isso você precisa realizar postagens com frequência. Uma dica importante é não colocar apenas imóveis na sua linha do tempo, transformando ela em uma área de classificados.

Isso porque, no fim das contas o engajamento das pessoas em anúncios é pequeno, algumas podem curtir e perguntar sobre algo mas é só isso.

O ideal é intercalar anúncios com postagens mais interessantes, voltadas ao público geral. Você pode colocar notícias relacionadas ao setor imobiliário, citar sua opinião e pedir que seus seguidores deem as opiniões deles.

 

Redes Sociais no marketing digital

 

Vídeos e imagens engraçadas também valem, você pode, por exemplo, postar alguns dos memes clássicos relacionados à construção civil. Mas tome cuidado para não exagerar, você quer apenas descontrair as pessoas e aumentar seu alcance via compartilhamentos.

Uma dica é utilizar a ferramenta de Integração Social  do ville Imob, lá você pode postar em várias redes sociais de uma vez só, além de ter a possibilidade de agendar postagens.

Recurso útil para o corretor que quer marcar presença nas redes sociais em um determinado horário, mas não tem disponibilidade devido a algum compromisso.

 

4. Crie e/ou participe de Grupos sobre o mercado imobiliário

 

Grupos no Facebook representam uma ótima oportunidade de captação de leads e de ampliação de sua rede de contatos.

Além disso, nos grupos você consegue ficar ligado nas tendências do mercado além de descobrir o que o consumidor está buscando. Realize posts nos grupos e participe ativamente dos debates que ocorrerem, apenas lembre-se de ser profissional quanto às suas opiniões.

 

5. Procure por parcerias

 

Existem pessoas e empresas maiores que podem te dar uma força divulgando sua página ou seus produtos. Essas parcerias podem permitir que você aumente o alcance da sua própria página por valores relativamente baixos, tudo depende do seu poder de negociação.

 

Redes Sociais no Marketing Imobiliário Parcerias

 

Procure por empresas sérias, que tenham um público alvo semelhante ao seu e que compartilhem de valores similares aos seus.

 

6. Seja ágil nas respostas

 

As pessoas podem e vão te procurar através da plataforma de mensagens instantâneas do Facebook, o Messenger.

 

Redes Sociais no marketing digital

 

É essencial ser rápido nas respostas, o Messenger inclusive informa as pessoas quanto tempo em média você demora para responder uma mensagem, se seu tempo for de alguns segundos ou minutos, as pessoas estarão mais inclinadas a iniciar uma conversa.

 

7. Crie um chatbot para o Facebook Messenger

 

Um chatbot permitirá que você automatize a resposta de perguntas frequentes, como telefones de contato, endereços e horário de funcionamento.

Mas, caso queira, você pode até mesmo incorporar os imóveis do seu CRM imobiliário ao seu chatbot e configurar um menu para que os clientes possam procurar pelos imóveis através do Messenger.

São diversas as utilizações possíveis para um chatbot e nós, recentemente, publicamos um artigo dedicado à explicação completa do que é um chatbot e como adicionar um à sua página.

 

Chatbot Facebook para corretores

 

Com isso finalizamos as dicas de utilização do Facebook e do Messenger, para o leitor que quer ampliar seus conhecimentos, temos uma grande variedade de artigos sobre este assunto no blog. Fora os artigos já citados no texto, recomendamos também a leitura dos artigos abaixo.

Facebook Ads para corretores de imóveis: por que e como usar
– Corretor: aumente o engajamento da sua página imobiliária no Facebook

 

YouTube

 

O YouTube é a principal plataforma de vídeos do mundo, para se ter uma noção, as pessoas passam mais tempo assistindo a vídeos no YouTube do que na Netflix e no Facebook juntos. Obviamente essa é mais uma rede social que deve fazer parte de sua estratégia de marketing imobiliário. Vamos então ver algumas dicas.

 

Redes Sociais no Marketing Imobiliário

 

1. Estude um pouco sobre a gravação e edição de vídeos

 

Com a profissionalização do YouTube, os usuários estão cada vez mais acostumados com vídeos de alta qualidade técnica. Isso significa que, para que você não se destaque de maneira negativa, pode ser interessante pesquisar um pouco sobre como criar, gravar e editar vídeos.

A eduK é uma empresa com milhares de cursos disponíveis que ensinam como gravar vídeos e como editá-los também.

 

2. Divulgue vídeos frequentemente

 

Assim como no Facebook e em todas as outras redes sociais, é importante que você “marque presença”. Para o YouTube, isso significa divulgar vídeos frequentemente. Não precisa fazer a postagem diária de vídeos, um ou dois vídeos por semana são suficientes.

Divulgue esses vídeos em seu website/blog e outras redes sociais como Facebook e Twitter.

 

3. Não faça apenas vídeos dedicados a venda/aluguel dos imóveis

 

É importante diversificar o conteúdo dos vídeos, o ideal é criar vídeos sobre tópicos específicos relacionados ao mercado imobiliário. Você pode, por exemplo, falar do mercado imobiliário atual, outra opção é falar de como o cliente deve proceder durante a compra de um imóvel, você pode até mesmo falar dos direitos e deveres de um inquilino.

 

Redes Sociais no Marketing Digital videos

 

Enfim, a ideia é passar um conteúdo útil para qualquer um, e não apenas quem quer comprar/alugar um imóvel. Além disso, criando vídeos de conteúdo educativo, você também passará a imagem de um profissional que tem domínio do assunto.

 

4. Considere monetizar seus vídeos

 

Por mais que você não veja o YouTube como sua principal fonte de renda, a monetização dos vídeos pode ajudar a cobrir os gastos com equipamentos e mão-de-obra dedicada à gravação e edição dos vídeos.

É um trade off, sua audiência terá que ver anúncios o que nem sempre é bacana, mas pode ser necessário.

Agora você já tem o suficiente para começar no YouTube, mas existe um longo caminho a ser percorrido e muito mais conhecimento a ser adquirido, recomendo os seguintes artigos disponíveis no nosso blog:

Como aumentar as visualizações dos anúncios de imóveis no YouTube
YouTube: ferramenta de divulgação para corretor de imóveis
A importância do YouTube para as vendas de imóveis

 

WhatsApp

 

Todos sabemos como utilizar o WhatsApp para a comunicação com familiares, amigos e clientes. Mas, além desses usos básicos o aplicativo de troca de mensagens vem se tornando um grande aliado de corretores por vários motivos.

 

Redes Sociais no Marketing Imobiliário WhatsApp

 

1. Principal aplicativo de mensagens instantâneas do mundo

 

O WhatsApp é o aplicativo de mensagens mais utilizado no mundo, adicionalmente, no Brasil, o número de usuários do WhatsApp era de 120 milhões em maio de 2017.

Isso significa que ao utilizar essa ferramenta, você conseguirá entrar em contato com seu cliente de maneira rápida e prática. Recursos adicionais como envio de fotos, vídeos e documentos são um ótimo complemento.

 

2. Possibilidade da utilização do WhatsApp Business

 

O WhatsApp Business é uma ferramenta desenvolvida para profissionais e, portanto, possui uma série de recursos voltados para este fim. Podemos citar a possibilidade de criar um perfil profissional, onde você pode colocar sua logomarca, website, entre outras informações exclusivas do seu negócio.

Outras vantagens são o acompanhamento das estatísticas de mensagens enviadas, recebidas, entregues e lidas, que servirão para mensurar qualquer tipo de campanha publicitária que você resolva fazer pelo aplicativo.

Outro recurso útil é o envio de respostas automáticas, assim você garante que seu cliente terá um retorno mesmo que você esteja indisponível no momento.

 

3. Um dos modos Stories mais populares

 

O Modo Stories, para quem não conhece, são aquelas imagens e vídeos que ficam disponíveis por um tempo limitado para que seus contatos vejam. Originalmente criado pelo Snapchat, o modo Stories foi adaptado para o Facebook, Instagram e Whastapp.

E o que cresceu de maneira mais rápida foi o Stories do WhatsApp que atingiu a marca de 300 milhões de usuários apenas 8 meses após o lançamento, para se ter uma ideia, o Stories do Instagram precisou de 14 meses para atingir os mesmos números.

 

 

Como utilizar as outras redes sociais no marketing imobiliário?

 

Também é importante investir nas outras redes sociais para aumentar sua visibilidade. Isso porque, cada rede social apresenta suas particularidades, o Instagram, por exemplo, tem um engajamento muito maior, se comparado ao Facebook, além de ter sido a rede social que mais cresceu no Brasil em 2016.

 

Redes Sociais no marketing digital

 

O Linkedin, por sua vez, representa uma ótima plataforma para fazer um networking de qualidade. Ter um perfil completo e atualizado, no Linkedin é ideal para corretores independentes que poderão mostrá-lo ao buscar por novas parcerias profissionais.

Agora você já dispõe das principais informações necessárias para começar a utilizar as redes sociais no marketing imobiliário. O ville Imob pode ainda oferecer diversas ferramentas para facilitar as postagens nas redes e potencializar seus negócios.

 

 

Posts relacionados