Hoje em dia, é difícil encontrar alguém que não possui um e-mail. Para se ter uma ideia, há no mundo mais de 4,6 bilhões de endereços cadastrados, sendo que 59% estão ativos. Ao todo, são enviados um total impressionante de 205 bilhões de mensagens por dia por e-mails. Esses dados fazem parte de um estudo periódico do The Radicati Group, que prevê um aumento de 6% ao ano no número de usuários da ferramenta. A partir desse cálculo, é possível que tenhamos 5,6 bilhões de endereços de e-mail em 2019.

Trazendo esses números para a prática, isso quer dizer que, por mais que as redes sociais se popularizem, o e-mail marketing continua sendo uma ferramenta poderosa. Aliás, o e-mail marketing chega a representar até 20% do faturamento para empresas, segundo estudo recente da FBITS. Nesse sentido, por que não adotar essa estratégia no mercado imobiliário se comunicar com seus clientes?

Como sempre falamos aqui no blog, é fundamental o corretor de imóveis fazer uso das ferramentas que a tecnologia nos proporciona. Aproveite e veja, abaixo, algumas vantagens em utilizar o e-mail marketing para divulgar seu negócio

Segmentação: sua lista de contatos pode ser uma mina de oportunidades. Saiba filtrar os contatos e envie e-mail diversificados por localidade, idade, grupos de interesse, os que já compraram com você, entre outros critérios de classificação.

Interatividade: mantenha suas ferramentas de contato atualizadas. Através do e-mail, você pode divulgar não só suas propostas de vendas e lançamentos, mas também pesquisas de mercado e dicas de reformas.

Custo quase zero: o valor que você vai pagar para enviar e receber e-mails é quase zero. E essa não é a única boa notícia, o retorno de uma campanha séria pode ser valioso, uma vez que esse relacionamento personalizado com o cliente gera credibilidade ao corretor.

SPAM x E-mail Marketing

Antes de mais nada é importante diferenciar SPAM de e-mail marketing. No primeiro caso, os e-mails são enviados sem a permissão dos usuários. Por sua vez, o e-mail marketing só encaminha mensagens para pessoas que deram permissão.

Sendo assim, ao enviar um e-mail marketing você já tem a garantia que o possível cliente está interessado na sua proposta. Caso contrário, o receptor da mensagem pode, facilmente solicitar o cancelamento de futuros contatos.

imob-v30-728x90-post

Informação de qualidade

As pessoas se interessam por informações relevantes. Por isso, não encha a caixa de entrada dos seus possíveis clientes apenas com propagandas. Ofereça a eles informações úteis para agradá-los e, quando enviar alguma proposta de venda, você já terá maior receptividade dos destinatários. Nesse sentido, gráficos, e-books e artigos com dicas genéricas sobre o mercado imobiliário dão ainda mais autoridade à sua mensagem.

Maior visibilidade

O uso consciente do e-mail marketing atinge um número enorme de consumidores e dá visibilidade para o imóvel que você pretende vender. Uma pesquisa da internacional MarketingSherpa aponta que sete em cada 10 consumidores compraram algo por influência de campanhas de e-mail. Homens de 35 a 44 anos, geralmente o público que compra imóveis, são mais atraídos por essa estratégia de venda. Ainda de acordo com a empresa de pesquisa mercadológica, 82% desses homens compraram algo motivados pelo e-mail marketing.

Otimização do meio de comunicação

Faça uma pesquisa sobre o seu público-alvo. Com isso você terá informações sobre o melhor dia e horário para enviar os e-mails. Para isso, aproveite os relatórios gerados pelas ferramentas de disparos de e-mail marketing e identifique quais os links mais clicados, por exemplo, e passe a promover ainda mais esses tipos de vendas.

Para lhe ajudar ainda mais, utilize uma plataforma imobiliária que permite você disparar esses emails para os seus clientes, como a plataforma ville Imob. O essencial é não perder suas vendas e locações por falta de recurso.

Por fim, lembre-se que essa estratégia dá resultados a médio e longo prazo. Portanto, não desista logo nas primeiras tentativas!

Sucesso e Boas Vendas!

Posts relacionados

Compartilhe: