Fazer um planejamento financeiro para corretor de imóveis é indispensável para evitar endividamento no futuro. Isso porque os ganhos de um corretor de imóveis variam muito de mês a mês. Eles dependem da comissão de cada negócio fechado, seja locação ou venda.

Portanto, o planejamento financeiro para corretor de imóveis está longe de ser uma bobagem. Sabendo que o processo de venda imobiliária demora muito tempo na maioria dos casos, o profissional pode ficar alguns meses sem ver a cor do dinheiro. Mas as contas sempre chegam sem atraso, ou seja, você precisa pagá-las para não ficar endividado.

Falando em dívidas, segundo levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), quase 60 milhões de brasileiros estão negativados. Isso representa quase 39,3% da população brasileira acima de 18 anos.

Nesse sentido, não dá para ficar sem fazer um planejamento financeiro para corretor de imóveis, né? Veja como:

Faça uma planilha de gastos

Aluguel. Conta de luz. Assinatura da Netflix. Investimento em marketing imobiliário. O primeiro passo para fazer um planejamento para corretor de imóveis está em anotar todos os seus gastos, inclusive os mais pequenos, como o cafezinho que você toma depois de uma visita.

Ao final do mês, você soma todas essas despesas para visualizar qual é, mais ou menos, a quantidade de dinheiro que você precisa ter para pagar tudo. Você pode fazer isso em uma planilha ou recorrer a aplicativos gratuitos de gastos. Eles facilitam sua análise e até geram relatórios da sua situação financeira.

Trace objetivos futuros

Depois de avaliar seus gastos, é preciso enxergar onde você pode enxugá-los. Uma maneira de fazer isso com facilidade é traçando objetivos pela frente. Assim, você faz um compromisso consigo mesmo.

Aqui, é importante você separar seus ganhos em dois e, claro, respeitar essa divisão: 30% para gastos profissionais e 70% para gastos e reserva pessoais. Com essa separação, você deixa de gastar com coisas supérfluas e investe naquilo que realmente faz diferença na sua vida profissional e pessoal.

Prefira comprar à vista

O planejamento financeiro para corretor de imóveis também deve incluir a contenção de gastos mensais. Uma forma de fazer está em comprar à vista. Assim, o seu dinheiro não desvaloriza ao longo do tempo e você não fica com prestações a pagar pendentes. Até mesmo porque, você não sabe como estará sua situação financeira nos próximos meses.

Portanto, nada de parcelar em 10 vezes, hein! Outro ponto positivo em pagar à vista é que você tem mais chances de conseguir um descontinho.

Plataforma ERP ville Imob

Construa uma reserva para o futuro

Dentro do planejamento financeiro para corretor de imóveis, você não pode ter uma visão míope. Em outras palavras, é fundamental que você pense a longo prazo e pense em todos os cenários possíveis. Isso inclui período de vacas magras e aposentadoria.

Então, não é porque você vendeu dois imóveis em um mês e ganhou comissões gordas que você vai torrar seu dinheiro. Muito pelo contrário. Procure aplicar o dinheiro que sobrar em fundos que rendam acima da inflação para que seus recursos não percam poder de compra ao longo do tempo. É interessante também investir em produtos que tenham liquidez, ou seja, que você consiga vender e fazer dinheiro rápido.

Quanto à reserva financeira profissional, procure investir em ferramentas e ações de marketing que tragam um bom retorno a médio prazo.

Investir em softwares pode ajudar em seus negócios

Quando falamos em planejamento financeiro para corretor de imóveis, não significa ficar apenas enxugando gastos. Ele também implica saber investir parte de seus recursos. Ao contratar a plataforma ville Imob, por exemplo, você consegue potencializar as vendas de seus imóveis e, por consequência, ganhar mais dinheiro.

Você já deve estar careca de saber que o corretor que não possui um site imobiliário tem poucas chances de sobreviver no mercado, uma vez que a maioria das buscas por imóveis começa na internet. Com o ville Imob, você constrói o seu próprio site e ainda possui uma versão mobile dele, o que proporciona uma boa experiência aos usuários que acessam a internet a partir de smartphones e tablets.

Mas não é só isso. Para vender imóveis, é preciso que seus anúncios tenham bastante visibilidade. Entram em cena as ferramentas de integração social e de integração de portais do ville Imob. Com elas, você divulga seus imóveis nas principais redes sociais e nos maiores portais imobiliários do país.

Automatizar tarefas é sinônimo de economia

Numa tentativa de otimizar o tempo de tarefas e enxugar custos operacionais, você pode recorrer ao ville Target, uma ferramenta de automação de marketing. Assim, você segmenta sua base de contatos e programa o disparo de email marketing para seus clientes. Tudo isso de forma muito intuitiva.

Por fim, embora sejam mais caros, vale a pena investir em equipamentos mais modernos em seu escritório, uma vez que eles economizam mais energia. Ou seja, trata-se de um investimento que compensa a médio e longo prazo.

Ao potencializar suas vendas e ter mais consciência de seus gastos, você fica mais perto de conquistar sua independência financeiras.

 

Posts relacionados