27 3262-0877 - WhatsApp: 27 99748-7465 [email protected]

Atualizado em 13 de Julho de 2021 por Camila Bonatti.

Vender imóvel rápido nem sempre é uma tarefa simples. Afinal, o mercado imobiliário em si não é tão líquido quanto outros tipos de negócios ou investimentos.

Justamente por isso, a venda rápida pode não ser uma realidade para a grande maioria das imobiliárias ou corretores.

Mas, e quando há uma necessidade de vender o imóvel mais rápido, o que fazer? Como lidar e atender o cliente desta forma? É o que você vai aprender no artigo de hoje.

Afinal, o corretor com um pouco de experiência já conhece a situação: o proprietário está de mudança, ou viu uma grande oportunidade ou simplesmente precisa do dinheiro da venda do imóvel com urgência.

É uma situação relativamente comum. Logo, é preciso saber como vender um imóvel rápido, preservando o valor do imóvel e satisfazendo o proprietário e o comprador.

Portanto, continue lendo e saiba tudo sobre o assunto.

Como vender imóvel rápido

Para vender imóvel rápido, você precisa considerar uma série de fatores que, querendo ou não, vão fazer parte do processo.

Afinal, quando você opta pela pressa, está abrindo mão de uma série de outras estratégias e ideias que podem ser consideradas na hora de vender mais imóveis.

Cada escolha, obviamente, é uma renúncia.

Tendo isto em mente, saiba que vender o imóvel rápido não necessariamente está no seu controle. Por mais que você estimule seus melhores clientes a adquirirem uma propriedade, ainda assim, isto não está sob o seu poder de controle.

No entanto, há algumas estratégias que você pode colocar em prática para realizar uma transação segura e adequada para ambos os lados.

E antes de tudo, é preciso deixar claro para o cliente que, de alguma forma, o preço por vender rápido demais pode ser caro.

Por exemplo, se você tem um imóvel que vale R$ 200.000,00 e quer vender ele super rápido em um momento de crise ou em que o mercado imobiliário está em baixa, terá que reduzir o valor do produto.

Ao reduzir o valor, você ganha a venda. Mas perde dinheiro.

Por isso, é fundamental prestar muita atenção aos tipos de negócios que você vai fazer. Se você, corretor, julgar que o imóvel não vai ser vendido rapidamente, não abrace a ideia.

Afinal, prometer algo que você não pode cumprir, não é legal e pode manchar sua imagem. Então, antes de mais nada, pondere: vender rápido, nem sempre é a melhor solução.

Entenda mais sobre isso a seguir.

banner ville Imob

Principais problemas com negociações corridas

Ter a necessidade de vender um imóvel em um prazo muito curto pode ser um problema. O principal problema é a retenção do valor do imóvel. O pensamento inicial já é conhecido.

Se é preciso vender o imóvel rapidamente, então vamos reduzir o preço e torná-lo irresistível. A estratégia é válida e pode até ser sugerida pelo proprietário em alguns casos.

Mas este não é o único problema quando falamos em valor do imóvel.

Como já discutimos neste blog, existem várias maneiras de valorizar um imóvel. Seja através de pequenas reformas como pintura, trabalhos de jardinagem, pequenos consertos elétricos e hidráulicos, entre outros.

A decoração e o home staging também são grandes aliados no momento de dar um “up” no visual e, consequentemente, valorizar o imóvel. Mas, qual o fator chave para qualquer um destes processos?

Eles precisam de tempo.

Sim, pintar algumas paredes pode exigir apenas um ou dois dias. A limpeza do jardim (capinar, poda de árvores) também pode ser feita em um dia por um bom profissional.

Mas, definir a cor da tinta, fazer a compra, achar um bom profissional para realizar o trabalho, vai demandar tempo.

O mesmo vale para o processo de jardinagem: encontrar um bom profissional que possa fazer tudo à um preço bacana pode não ser tão simples.

vender imóvel rápido

O agravante é o seguinte: essas reformas deverão estar no anúncio do imóvel.

  • Logo, se faz necessário dois dias para encontrar um bom pintor e definir a cor da pintura.
  • Executar o serviço em apenas um dia (algo bem rápido). Fazer a limpeza no dia seguinte (quarto dia) e fotografar o imóvel no quinto dia.
  • No fim das contas, o anúncio só seria publicado no seria publicado 5 ou 6 dias após o primeiro contato com o cliente!

E ninguém que tem pressa quer perder tanto tempo assim.

Por isso, uma dica muito válida e que com certeza vai te ajudar a como vender um imóvel mais rápido, é: planeje com calma.

Captar um imóvel hoje para sair vendendo ele amanhã, pode não ser uma boa ideia. Portanto, tenha datas limites em qualquer projeto que você abraçar.

Tenha margem de segurança com relação as datas e, a partir deste momento, você poderá negociar com muito mais cautela.

Além disso, é importante deixar claro para o cliente tudo aquilo que mencionamos na introdução: como vender um imóvel mais rápido, sem abrir mão de outras coisas? Não tem como. Sempre haverá um preço a ser pago: Ou em tempo, ou em dinheiro.

Estratégias para vender um imóvel mais rápido

Como visto anteriormente, vender o imóvel rapidamente não é um desafio por si só. Manter o valor do imóvel será o maior problema.

Algumas das dicas que veremos abaixo, vão te ajudar a manter o valor do imóvel, para que vendê-lo mais rápido possa ser uma realidade viável.

Através de reformas que poderão ser executadas após as fotos sem descaracterizar o imóvel, você ganha alguns bons atributos.

Outras dicas que veremos terão como objetivo simplesmente responder a pergunta: “como vender seu imóvel mais rápido?”

Ou seja, são dicas que visam definir passos que devem ser tomados para agilizar o processo, sem ter um impacto direto no valor do imóvel.

Acompanhe.

1. Execute reformas de pequeno impacto visual

Se você quer conquistar o cliente e reter valor do imóvel, reformas sempre serão boas ideias. Já vimos que grandes reformas serão complexas em um tempo pequeno.

Mas existem algumas reformas que podem ser feitas. Vazamentos em torneiras e tubulações de acesso relativamente fácil são um ótimo exemplo.

Outro exemplo são móveis fixos e planejados (que ficarão no imóvel após a venda). Alguns clientes gostam de abrir estes móveis para verificar a situação dos mesmos.

Logo, portas, travas, algumas prateleiras e trilhos e guias de gaveta são de conserto rápido e relativamente barato. Pode valer a pena consertar, especialmente se o proprietário tiver tempo para o mesmo.

No mais, converse com o proprietário e indique reformas e consertos que são baratos e que agregam valor ou atraem o interesse de clientes.

Evite apenas reformas que podem tornar o imóvel muito diferente do que é visto nas fotos (que serão tiradas quase imediatamente).

E aqui, é importante considerar, inclusive, o valor destas pequenas reformas.

Lembra daquilo que mencionamos anteriormente, onde, de alguma forma, você terá que pagar o preço por vender rápido?

Pois bem, as reformas, são um tipo de preço a se pagar.

Muitas vezes, o imóvel poderia ser vendido ao preço dele, sem precisar das reformas. Basta que alguém se interesse e comece a negociar.

Agora, a pressa de vender, vai fazer com que o proprietário tenha que gastar dinheiro com outras coisas, como as reformas. E aí, tudo começa a impactar no valor final do projeto de venda.

Colocar todos estes pesos e medidas na balança é fundamental para saber se vale a pena vender imóvel rápido, ou não. Ajude o seu cliente a entender este lado da moeda.

Este tipo de abordagem faz parte do estilo inovador de ser um corretor de imóveis. Ou seja, alguém que não quer focar apenas na comissão da venda considerando vendas em escala industrial. Mas sim, quer ajudar o cliente de verdade.

A Ville Imob tem um ebook grátis que fala sobre isso, veja: Perfil e Técnicas do novo corretor de imóveis.

2. Se prepare para visitas: Foco na limpeza e organização

Oriente seu cliente a deixar o imóvel limpo e organizado ao longo das próximas semanas. Você e ele esperam que vários clientes interessados sejam levados ao imóvel.

E você deve avisar o proprietário com antecedência no caso de eventuais visitas. Mas, devido à pressa para a venda do imóvel, nem sempre será possível avisar com dias de antecedência.

Portanto é bom sempre ter em mente que pode aparecer um interessado a qualquer momento.

Logo, você e o cliente precisam criar algum tipo de acordo para que o imóvel esteja sempre disponível para visitações e, claro, ele deve estar agradável a isso.

Se o agendamento de visitas for um empecilho, o trabalho do corretor de imóveis pode ficar limitado e, portanto, a venda rápida terá mais desafios ainda.

Uma boa maneira de manter contato com o seu cliente, é através do sistema de gestão imobiliária da Ville Imob.

Você poderá mantê-lo sempre informado com relação a visitas e demais situações que vender imóvel rápido pode trazer.

Clique aqui para fazer um teste grátis agora mesmo.

3. Separe todos os documentos necessários para a negociação

Não é nenhum segredo que a parte burocrática da venda de imóveis exige tempo. Mas, existem maneiras óbvias de agilizar o processo.

Peça que o proprietário encontre comprovantes de quitação do IPTU, o registro do imóvel, certidões negativas e outros documentos essenciais para conclusão da venda do imóvel.

vender imóvel rápido

Tudo isso facilita o processo de venda por dois motivos:

  1. O cliente ficará mais interessado ao perceber que o imóvel está totalmente livre de impedimentos e pode ser negociado. Ou seja, ele não ficará tão desconfiado da necessidade de velocidade na negociação.
  2. Além disso, ter estes documentos em mão facilitará no processo de formalização da venda.

Inclusive, com o sistema de gestão da Ville Imob, você garante esta ótima gestão documental de maneira muito otimizada e focada na produtividade.

Ou seja, é uma maneira de agilizar ainda mais a forma de como fazer para vender um imóvel rápido.

Clique aqui para conhecer todos os recursos disponíveis e peça o seu teste grátis ainda hoje.

4. Antes das fotos, considere uma decoração

O processo padrão de captura de fotos de imóveis para a venda envolvem três passos básicos:

  1. Limpeza e organização do espaço;
  2. Despersonalização do local (deixando o mesmo o mais neutro possível);
  3. Nova decoração com elementos já disponíveis no local (ou peças novas de baixo custo).

vender imóvel rápido

Todos estes passos podem ser feitos antes da captura das fotos. Se o cliente te contatou em determinado dia, você já pode pedir que o mesmo agilize as duas primeiras etapas.

Ao visitar o cliente, possivelmente no dia seguinte, você deverá ajudar um pouco nesta decoração, utilizando plantas e peças que o cliente já possua. Tentando deixar o local mais atrativo para a venda.

E, em seguida as fotos podem ser tiradas.

O interessante é que estes passos não exigem tanto tempo e, portanto, ainda podem (e devem) ser executados.

Aqui no blog, a gente já fez uma série de artigos falando sobre fotografia imobiliária.

Além disso, temos também um ebook grátis sobre o assunto, para que você aperfeiçoe suas técnicas de fotografia e possa fazer as melhores fotos possíveis para vender imóvel rápido.

Clique aqui para baixar.

5. Capriche no anúncio e divulgue em todo lugar

Tirou ótimas fotos? Criou aquela descrição incrível? Perfeito! Agora não se esqueça de divulgar este anúncio em diversos portais imobiliários e em todas as redes sociais utilizadas pela sua imobiliária.

Além disso, não se esqueça de colocar o anúncio no seu próprio site.

Para agilizar este processo ainda mais, você pode utilizar o Ville Imob.

Com ele, publicar o anúncio em vários portais imobiliários será mais fácil, graças à ferramenta de integração de portais. Ela permite que você publique vários anúncios em vários portais populares no Brasil.

Na hora de publicar nas redes sociais, basta contar com a ferramenta de integração social. Assim, o processo de publicação em diversos locais pode ser concluído em pouquíssimos cliques.

Se quiser ver tudo isso, faça hoje mesmo um teste grátis e comece a vender imóveis com mais rapidez e eficiência.

Conte com a Ville Imob para te ajudar a alavancar sua imobiliária de maneira saudável e sustentável – mesmo quando você precisa vender imóvel rápido.