Você sabe o que é uma incorporação imobiliária? Não? Então não deixe de acompanhar o nosso conteúdo de hoje. Pois nele lhe explicaremos tudo o que você precisa saber sobre as incorporadoras, e assim, poderá compreender qual a importância da mesma no mercado imobiliário.

Afinal de contas, conhecer todos que estão envolvidos neste ramo é crucial para trabalhar de modo multidisciplinar, com o intuito de gerar mais vendas e resultados para todos.

Portanto, vamos a nossa caracterização do que é uma incorporação imobiliária.

Saiba o que é uma incorporação imobiliária e como ela funciona

O que é uma incorporação imobiliária?

Em suma, a incorporação imobiliária caracteriza-se como o processo que uma empresa incorporadora possui responsabilidades específicas de pesquisar, encontrar oportunidades, adquirir terrenos e realizar estudos que comprovem a viabilidade para a execução de novos projetos imobiliários.

Ou seja, a incorporadora deverá trabalhar com a articulação do projeto em si, formalizando o registro do condomínio imobiliário na conhecida “matrícula mãe”. Este registro será feito no cartório Oficial de Registro de Imóveis. Sendo que este fará uma análise aprofundada sobre os documentos apresentados, a fim de viabilizar ou não a construção.

Dessa maneira, a empresa conta com uma equipe qualificada que visa promover o reconhecimento das chances de haver – ou não – a construção de um novo empreendimento no terreno requerido pela incorporadora.

Além disso, vale salientarmos que a responsabilidade diante da data de entrega da construção também é da empresa que faz esta incorporação. Uma vez que é ela quem encontrará o terreno, estudará a viabilidade, fará o projeto arquitetônico e contratará a construtora que desejar.

Como funciona a incorporação imobiliária?

Para que você possa compreender de uma maneira mais clara como funciona uma incorporação imobiliária, vamos pensar na seguinte situação:

  • Vamos supor que a incorporadora Ville Imob (fictícia) queira iniciar a construção de um grande empreendimento no centro da cidade de São Paulo.
  • A partir disso, a Ville Imob precisará checar o local requerido, a fim de analisar a viabilidade para uma construção deste porte. Dessa forma, profissionais qualificados precisarão ir até o terreno para verificarem as características do mesmo: a) estudo da viabilidade; b) análise do terreno; c) estudos sobre o projeto; d) aquisição do terreno e solicitação da certidão de matrícula;
  • Com tudo dentro dos conformes, a incorporadora Ville Imob deverá dar um novo passo nessa construção: a procura pelo arquiteto qualificado para o planejamento desta obra. Aqui ocorrerá: d) a busca pela aprovação do projeto de construção; e) elaboração do memorial de incorporação.
  • Encontrado o arquiteto, o mesmo fará o projeto de acordo com o que fora combinado com a Ville Imob.
  • A partir disso, a Ville deverá contatar uma imobiliária que esteja disposta a lançar a campanha de comercialização do imóvel em questão. Para isso: f) junte os documentos para a incorporação; g) promove-se o lançamento.
  • Por fim, a construtora será escolhida e a data de entrega será estipulada para todos aqueles que fecharem negócio com a imobiliária acima citada. Por fim: h) realiza-se a averbação de construção e registra-se a Instituição de Condomínio.

Contudo, a incorporadora deverá, de fato, incorporar todos os pontos que envolvem a construção de um imóvel em um “único centro”. E assim, todo o planejamento fica organizado, e a entrega e possíveis impasses que possam surgir ficam sob responsabilidade da incorporação imobiliária.

Vale lembrar ainda que, embora tenhamos dado um exemplo de uma incorporadora sem construtora, é possível sim que a incorporação seja também a própria empresa que irá construir o empreendimento. Desde que, obviamente, tenha a qualificação, os profissionais e os subsídios para tal.

Por que ela é importante?

Até aqui você já pôde aprender o que é uma incorporação imobiliária e como ela funciona na prática. Porém, pode ainda estar em dúvida com relação à real importância deste tipo de empresa.

Afinal de contas, a cada dia que passa nos deparamos com novas funções e novos profissionais na área, o que pode tornar tudo mais confuso.

No entanto, quanto à incorporadora, a mesma destaca-se por que:

  • Sem ela, não teríamos análises conclusivas sobre a viabilidade de um empreendimento. E se tivéssemos, ainda teríamos muito trabalho pela frente para ser cumprido.
  • Sem ela, não teríamos garantias de segurança, entrega e resultados nos empreendimentos.
  • A incorporadora é responsável por acompanhar todo o processo de execução de um empreendimento. Ou seja, se a mesma não existisse, o profissional que analisa a viabilidade do imóvel faria apenas isso. Em seguida, o arquiteto criaria um projeto sem necessariamente se basear nas considerações do analista anterior. Mais tarde, a construtora poderia negligenciar algumas características trazidas pelo arquiteto. E, por fim, os consumidores não teriam de quem cobrar concisamente, caso alguma coisa “saísse da linha”.
  • Basicamente, a incorporadora rege as regras para a construção consciente, estruturada e planejada de um imóvel.

Logo, é notável o quanto todo o mercado imobiliário precisa ser regido por este apoio conciso, profissional e qualificado. Pois assim garantimos o sucesso de todos: corretores, imobiliárias, construtoras, arquitetos e até mesmo os clientes finais que comprarão ou alugarão um imóvel. Imóvel este que será seguro e super bem planejado.

Saiba o que é uma incorporação imobiliária e como ela funciona

Qual a função da imobiliária diante disso?

Que a incorporação desempenha um importante papel no mercado imobiliário, isso ficou bastante claro. Porém, a pergunta que não quer calar é: onde entra o papel do corretor autônomo ou da imobiliária em si?

Bem, é simples: como mencionamos, é essencial que a incorporadora entre em contato com corretor/ imobiliária a fim de criar uma campanha de lançamento dos empreendimentos em questão.

Logo, o nosso papel está envolvido diretamente com isso: prospectar clientes para a nova construção.

Não obstante, o lado “difícil” deste tipo de trabalho é justamente entrar em contato com incorporadoras, a fim de captar novos imóveis para a nossa empresa.

Portanto, é essencial sempre manter o marketing digital do seu negócio, para que corporações como estas sempre enxerguem o potencial da sua imobiliária. E assim, todos aumentem as vendas de uma forma mútua e gratificante.

Dessa maneira, saber como gerir o negócio é imprescindível para atingir estes objetivos. E para te ajudar, disponibilizamos um teste gratuito em nossa plataforma para imobiliárias. Nela você encontrará tudo o que precisa: desde a construção de um site imobiliário, até a ferramenta de CRM.

Assim você poderá manter o crescimento constante do seu negócio, além de “chamar mais a atenção” de incorporadoras que queiram fechar uma parceria com você.

Contudo, clique aqui e conheça todas as nossas possibilidades disponíveis. E assim, atinja novos patamares e resultados diários nas suas vendas.

Conte com a gente! E boa sorte com os seus novos empreendimentos captados.