Ninguém falou que administrar uma imobiliária seria tarefa fácil. É verdade que, quando uma venda é concretizada, os ganhos podem ser bem expressivos. Por outro lado, é preciso saber lidar com a concorrência acirrada e, principalmente, com o período de vacas magras.

Além disso, manter as contas em dia, captar novos imóveis para seu catálogo, deixar seus corretores de imóveis e colaboradores motivados também fazem parte da rotina de quem pretende administrar uma imobiliária. Haja trabalho!

Para tanto, organização é a palavra de ordem para quem está nessa posição. A seguir, confira 5 dicas para administrar uma imobiliária com eficiência:

Mapeamento de oportunidades

O princípio é simples: não há imobiliária, se não há imóveis para vender. A diferença que pode contar pontos a seu favor é ter um catálogo de casas e apartamentos bem diversificado. Assim, você consegue atender desde o solteiro que mora sozinho até a família com três filhos e um cachorro.

Para garantir isso, fique atento às regiões com boas tendências de investimento. Onde há planos de construção para um shopping center ou uma estação de metrô, há também uma grande chance de valorização dos arredores. Fique ligado e saia na frente da concorrência.

Você também precisa estar atento às tendências que vem de fora, como da Europa e dos Estados Unidos. Algumas características em propriedades não tardam a chegar no Brasil e você precisa ter unidades com essas características para agradar os clientes mais antenados.

Gestão do portfólio

Contudo, um leque de ofertas grande exige também uma grande dedicação para sua gestão. O que significa que todos os seus imóveis precisam estar devidamente catalogados, assim como toda documentação. Os processos burocráticos também precisam estar claros.

Esse trabalho não é fácil de ser feito sozinho. Aqui, o ideal é que você conte com um CRM imobiliário para facilitar o acesso às informações por toda sua equipe de corretores. Isso sem falar que é possível fazer um cruzamento entre os dados do imóvel e as informações dos clientes.

Enfim, é importante utilizar um sistema que dê conta dessa função também, uma vez que é possível de uma casa ser negociada por um corretor diferente do responsável por trazê-la para seu portfólio.

Caso isso aconteça, a organização dos dados faz com que todos os responsáveis pelo sucesso do negócio sejam devidamente recompensados, tanto quem vendeu como quem captou e incluiu o imóvel no sistema.

Cuidado especial com as finanças

Não há como discordar, a questão das finanças é o ponto mais delicado na hora de administrar uma imobiliária. O erro de misturar as finanças da imobiliária com as pessoais, por exemplo, é bastante tentador para qualquer empreendedor.

Para se prevenir dessa cilada, a primeira regra é definir um salário específico para o seu cargo e nunca tirar nem um real além disso. Se seu caixa permitir, conte com a ajuda profissional de um contador. Afinal, sempre vai aparecer um cálculo ou encargo que só ele domina.

Plataforma ERP ville Imob

Atenção e capacitação da equipe

“Mas será que os corretores estão mesmo trabalhando?”. Esse tipo de dúvida não pode existir se você quer administrar uma imobiliária. Para solucioná-la, reserve parte dos esforços para dar atenção e capacitação a sua equipe, pois, como diz o ditado, “o olho do dono é que engorda o gado”.

Procure marcar uma reunião semanal para manter proximidade, compartilhar novidades do mercado e estabelecer novos objetivos, planos de metas e recompensas. Outra saída é fazer conversas individuais frequentes para conhecer as abordagens que são feitas com os clientes, uma vez que corretores trabalham muito nas ruas.

Mais uma vez, para facilitar e otimizar seu trabalho, não abra mão de ferramentas tecnológicas. Com o software imobiliário de gestão do ville imob, por exemplo, você tem acesso ao desempenho de todos os colaboradores, Nele, é possível acompanhar cada passo dos corretores, desde a captação de imóveis até o atendimento do dia a dia.

Investimento em marketing

Por fim, não dá para esquecer do marketing. Parte da receita precisa estar reservada para essa estratégia, responsável, em grande parte, por fazer o dinheiro entrar.

Posicionar-se na internet é básico para imobiliárias de qualquer tamanho. Ter uma site bem feito, um blog com conteúdo relevante, fazer campanhas por e-mail marketing, boas newsletters e uma fanpage nas redes sociais são algumas estratégias acessíveis.

E se você for bem organizado, inclusive com seu tempo, todos esses esforços devem render os melhores resultados. Sem contar que organização deixa as melhores impressões aos olhos dos clientes e até do mercado.

Boas vendas!

 

Posts relacionados