De tanto que acessamos e assistimos a vídeos no YouTube, nem parece que o site foi criado há apenas dez anos, em fevereiro de 2005. Agora, você deve estar se perguntando o que uma plataforma de vídeos online pode ter a ver com o mercado imobiliário. Por incrível que pareça, muita coisa. De acordo com Real Estate Connect 2014 e Google Think Real Estate, eventos do ramo imobiliário, 65% dos compradores utilizam vídeos online como fonte de consulta na hora de procurar por imóveis.

Nesse sentido, que tal usar o YouTube para as vendas de imóveis, apresentar os que estão a venda ou para locação e, ainda, mostrar o quanto você entende do seu ramo? Para saber como fazer isso, acompanhe esse post até o final e entenda melhor a importância que o YouTube pode ter para impulsionar os seus negócios.

Por que você deve usar o YouTube?

Logo em seu primeiro ano, em 2006, o YouTube já dominava 50% do mercado de sites de vídeos do mundo e era a décima página mais visitada da web no mundo inteiro. Só por conta dessas informações, você já tem uma bela dimensão de quantas pessoas um vídeo no YouTube pode alcançar.

Mas se você ainda não está convencido que usar o YouTube pode te ajudar a aumentar as suas vendas, veja outros números apresentados nos eventos imobiliários. As buscas sobre imóveis cresceram 133% na plataforma de vídeos em 2013. Dentro desse ramo imobiliário, os temas mais pesquisados no YouTube são sobre a região, dicas de especialistas e sobre as empresas que atuam no setor.

O que fazer nos vídeos?

Diante das informações apresentadas acima, você precisa criar uma série de vídeos com temas diversificados. Uma série apenas para apresentar os imóveis que você está negociando, seja para venda ou locação. Nesses vídeos, cite também características da região onde os imóveis se localizam. Faça outros explicando a situação geral do mercado imobiliário. Assim, você se apresenta ao público como um especialista.

Aqui, é fundamental que você apareça no vídeo para criar uma relação mais próxima com o seu público. Lembre-se, o relacionamento com o cliente é tudo na vida de um corretor de imóveis.

Outra exigência para criar um bom vídeo no YouTube é ser muito objetivo. Isso porque ninguém gosta de assistir a um vídeo muito longo na internet. Portanto, passe as informações sem enrolar tanto e, quando for apresentar os seus imóveis, selecione poucas – mas boas – fotos dos seus empreendimentos. Confira em um outro post, sobre como criar vídeo utilizando fotos dos imóveis.

Aumente as visualizações dos seus vídeos

Agora, convenhamos, não adianta nada fazer uma superprodução nos seus vídeos se ninguém encontrá-los pela web. Nesse sentido, não deixe de compartilhar os seus vídeos em todas as suas redes sociais logo que ele for para o ar. No Twitter, como a audiência é rotativa, poste o link dos seus vídeos e do seu canal no YouTube mais de uma vez por dia. Também coloque as palavras-chave do seu vídeo no título e na descrição do mesmo, no momento do cadastro. Se você utiliza algum software imobiliário que aceite a incorporação do vídeo criado, utilize esse recurso e coloque o vídeo na página de detalhes do imóvel. O sistema ville Imob que é uma plataforma com um mix de soluções para imobiliárias e corretores, oferece tal recurso de incorporação de vídeo do YouTube para seus clientes.

E, claro, sempre ao final do vídeo peça para as pessoas que estão assistindo assinar o seu canal. Dessa forma, assim que você subir um novo vídeo, o YouTube as avisa na mesma hora. Por isso, é importante deixar o perfil do seu canal com uma aparência bem profissional, para gerar credibilidade entre os usuários. E então, o que acha do YouTube como canal de divulgação de seus imóveis, participe deixando seu comentário. Desejamos Sucesso e Boas Vendas.

Posts relacionados

Compartilhe: