27 3262-0877 - WhatsApp Comercial: 27 99748-7465

Atualizado em 09 de julho de 2021 por Camila Bonatti.

Saber quais são as obrigações de um despachante imobiliário é de suma importância para ter mais informações sobre a compra e venda de um imóvel.

Afinal, esses processos não se resumem apenas à pesquisa de casas e o dinheiro pago pelo empreendimento/imóvel.

Muitos outros pontos devem ser considerados e levados em conta, inclusive questões judiciais e burocráticas que são de suma importância. Sem elas, muitas “dores de cabeça” podem surgir mais tarde.

Aqui, entram em cena o papel e as obrigações de um despachante imobiliário.

Como quase ninguém tem tempo e conhecimento (ou paciência) para entender todos detalhes nos documentos envolvidos em uma transação imobiliária, é fundamental contar com o auxílio de um despachante imobiliário, que passou a ser uma atividade profissional há mais de uma década.

Afinal de contas, qualquer errinho nos documentos necessários para a compra de imóveis pode colocar em risco toda a negociação. Em outras palavras, o seu cliente paga pela casa, mas não fica no nome dele.

Por isso, não dispense o serviço de um despachante imobiliário. Com ele, você economiza tempo e evita eventuais dores de cabeça no futuro. Entenda melhor o papel e as obrigações de um despachante imobiliário:

O que faz um despachante imobiliário? Por que ele é importante?

Enquanto o corretor de imóveis se preocupa com o relacionamento com o cliente e procura passar todos os detalhes do imóvel para ele, o despachante cuida da parte burocrática e agiliza o processo. Isso inclui levar e registrar toda papelada no cartório.

E como são diversos documentos que precisam ser levados em conta, o corretor pode acabar ficando “sobrecarregado”, até certo ponto, por conta da sua atuação requerer muitas obrigações. Por isso, contar com um profissional do despachante imobiliário é uma ótima pedida.

obrigações de um despachante imobiliário documentos

De maneira geral, as obrigações de um despachante imobiliário estão relacionadas às questões legais que envolvem o processo de negociação imobiliária, desde o contrato de compra e venda ou locação de imóveis até a escrituração.

No fim, agilizando o processo e não deixando lacunas na documentação, o trabalho do despachante beneficia tanto o comprador quanto o vendedor do imóvel.

Um ponto importante que devemos levar em conta é quanto custa um despachante imobiliário e quem paga o despachante imobiliário frente à venda de um imóvel. Contudo, a resposta é simples: quem contrata, paga. Se a imobiliária contratar o profissional, é ela quem irá arcar com as despesas.

Logo, se você não quer investir em um curso despachante imobiliário e quer que essas burocracias sejam resolvidas por quem já atua nesse mercado há anos, saiba que será o seu dever contratar e pagar o despachante.

Auxílio na hora de financiar é papel do despachante

Outro grande problema para quem quer comprar um imóvel é escolher a linha de crédito certa. Questão que pode ser resolvida por um despachante imobiliário.

Esse profissional ajuda na escolha do melhor financiamento para a necessidade do cliente, fazendo simulações de crédito para a casa própria e entregando as certidões exigidas pela instituição financeira.

Lembre-se: prestação de serviço tem um preço

Mesmo existindo vários sindicatos de despachantes, a maioria deles trabalha como autônomo. Portanto, antes de sair contratando qualquer profissional, procure indicações e boas referências.

obrigações de um despachante imobiliário custo

De modo geral, os serviços são tabelados. O valor de uma escritura, por exemplo, gira em torno do salário mínimo. Por sua vez, a assessoria para um financiamento sai um pouco mais caro.

Nesse sentido, desconfie do despachante imobiliário que cobrar valores bem inferiores. Existe uma tabela de despachante imobiliário, e você pode saber mais sobre ela comparando os preços em diversas empresas, ou então, pelo menos três.

Isso garantirá que você faça a escolha certa e consiga contratar um profissional qualificado, experiente e que sabe o que está fazendo. Lembre-se, é papel do despachante imobiliário promover facilidades e comodidade, e não contratempos e prejuízos legais, ok?

Desconfie do valor abaixo do mercado, pois é como diz o ditado “o barato pode sair caro”.

Cursos para entender as obrigações de um despachante imobiliário

Já existem cursos profissionalizantes para despachante documentalista imobiliário que podem durar até dois anos. Em muitos estados, são os próprios sindicatos que oferecem tais cursos.

Neles, você aprende todo conteúdo teórico e prático para agilizar os processos burocráticos. Inclusive, há cursos a distância para quem não tem tempo de se locomover do trabalho ao curso.

Portanto, não desperdice essa oportunidade de se qualificar! Se você mesmo, enquanto corretor de imóveis autônomo ou de imobiliária quiser se especializar e fazer um curso despachante imobiliário, invista em sua carreira e dê esse passo rumo ao desenvolvimento do seu negócio.

Agilize a parte burocrática de um transação imobiliária

Cada vez mais, o tempo é um recurso escasso. Então, não dá mais para perder tempo digitando novos contratos.

Por isso, a plataforma ville Imob oferece o recurso Gerador de Contratos. Com ele, é possível gerar contratos imobiliários em poucos segundos.

ville Imob

Como a plataforma já possui todos os dados dos clientes (nome completo, RG, CPF, etc) e dos imóveis (endereço completo, valor, etc), ela atualiza as informações do contrato em poucos cliques.

Isso sem falar que é possível acessar diversos modelos prontos dos mais variados tipos de contratos, desde venda até locação de imóveis comerciais.

Que tal fazer um teste grátis de 15 dias para experimentar todas essas vantagens?  Acesse nossa sessão de Materiais Gratuitos e baixe muita coisa importante para o segmento imobiliário.

Boas vendas e bons negócios.