Tornar-se um corretor de sucesso não é tarefa fácil e demanda muito tempo e paciência. Um dos grandes segredos está em aprender com os próprios erros, que são inevitáveis ao longo trajetória profissional. Mas quanto mais cedo você aprender quais são os pecados do corretor de imóveis (e evitá-los), melhor!

A falta de experiência até pode justificar alguma atitude errada do corretor de imóveis durante um atendimento ao cliente. Agora, o que não cabe mais é a prepotência.

Abaixo, conheça os 7 pecados do corretor de imóveis que podem prejudicar a sua carreira:

1. Prejulgamento

Além de falta de educação, julgar um cliente pela roupa que ele veste ou a forma com que ele se comunica é um erro grotesco. Não dá para determinar o quanto de dinheiro ou o tipo de cliente com base em características físicas ou comportamentais.

Um prejulgamento pode fazer com que você comece um atendimento com má vontade. Isso desanima o cliente. Isso sem falar que ele também está te julgando e pode falar mal do seu serviço para conhecidos.

Tenha como lição que cada cliente é único. Desperdiçar uma chance por conta de um achismo é burrice.

2. Sabe tudo

Por todo lado, encontramos aquelas pessoas exuberantes, que sabem tudo e adoram chamar a atenção. São os famosos pavões. Antes que o cliente possa dizer o que precisa, ele já sabe. Antes do cliente se manifestar sobre um problema, ele já tem a solução.

pecados do corretor de imóveis sabe tudo

Ele sabe também qual o imóvel ideal para qualquer um, mesmo sem uma única pergunta sobre o caso. Um bom corretor de imóveis deve fazer o contrário: ouvir muito e falar pouco.

3. Preguiça

O primeiro passo para aumentar as vendas está em fazer uma captação de imóveis variados: de apartamentos compactos a casas de luxo. Você precisa, também, fazer anúncios, divulgá-los em diversos canais e estar disponível em todas as ferramentas de atendimento no mercado imobiliário.

pecados do corretor de imóveis preguiça

Enfim, a rotina do corretor de imóveis é muito puxada. Ou seja, não há espaço para a preguiça. É preciso sair da imobiliária para captar imóveis e participar de eventos da categoria. Somente assim você consegue colher bons frutos no futuro.

4. Despreparo

Chegar despreparado para uma visita pode causar uma péssima impressão no seu cliente. E já falamos que cada cliente é único. Isso significa que uma abordagem que funcionou com uma pessoa pode não dar certo com outra. Por isso, é preciso se preparar muito bem antes de realizar um atendimento.

Comece por obter muitas informações sobre o seu cliente. Logo no primeiro contato, procure saber qual é o tipo de imóvel que ele procura, quais são as suas condições financeiras e por aí vai. Reúna todas essas informações em seu CRM Imobiliário.

Nesta ferramenta, insira todos os dados da sua carteira de imóveis. Aí, antes de se encontrar com seu cliente, você deve consultar todas essas informações. Fazendo isso, você tem tudo para realizar uma visita imobiliária eficiente.

5. Subestimar o cliente

Mais um dos pecados do corretor de imóveis está em subestimar o cliente. Alguns profissionais não colhem as informações necessárias, dificultam os processos e enrolam o cliente sobre uma demanda.

Ao fazer isso, você só está se enganando e perdendo a oportunidade de fechar um negócio. Os clientes sabem quando estão sendo feitos de bobo e não costumam esperar um pedido de desculpas. Eles simplesmente procuram quem faz um atendimento melhor.

E nada de desaparecer da vida do cliente, hein! Durante o processo de venda de um imóvel, o cliente pode mudar de ideias várias vezes. Por isso, procure responder emails, atender o telefone e tirar as dúvidas enviadas pelo chat online o quanto antes!

6. Desatualizado

O mercado imobiliário brasileiro é muito dinâmico. Confiar apenas na sua experiência profissional pode fazer com que você perca muitas oportunidades de negócios.

A cada momento, uma tendência diferente surge. Se você enxergá-la antes com antecedência, pode sair na frente de seus concorrentes. Por isso, é fundamental consumir notícias para corretores de imóveis diariamente. Dessa forma, você sabe qual é o melhor momento para focar em locação ou em vendas, por exemplo.

Mais: continuar fazendo as mesmas práticas de 20 anos atrás, como o telemarketing e panfletagem para venda de imóveis, não funciona mais. O perfil dos consumidores mudou radicalmente. Um exemplo claro está na forma como eles procuram imóveis. Eles não começam visitando uma imobiliária, vão atrás de informações na internet.

pecados do corretor de imóveis desatualizado

Por isso, não dá mais para um corretor abrir mão de contar com uma plataforma imobiliária. Entre tantos recursos que ela disponibiliza, podemos destacar o CRM Imobiliário, ferramentas de divulgação de anúncios, o construtor de sites imobiliário e por aí vai.

7. Acomodado

Depois de vender o maior imóvel da sua vida e conseguir abocanhar uma comissão de corretagem altíssima, você acha que pode se sentar sobre os louros? Não. Ficar acomodado é mais um dos pecados do corretor de imóveis.

Em primeiro lugar, você deve fazer o trabalho de pós-venda de imóveis. Sempre! Dessa forma, você garante a satisfação total de seus clientes e, quem sabe, não consegue indicações do seu trabalho?

Bons negócios!

Posts relacionados