27 3262-0877 - WhatsApp: 27 99748-7465 [email protected]

Você é cringe no mercado imobiliário? Este termo surgiu recentemente na linguagem jovem do dia-a-dia e pode ser encarado como algo “cafona” ou “vergonhoso” em vários contextos diferentes.

Por isso, neste artigo, vamos entender um pouco mais sobre o que é ser cringe no mercado imobiliário e o que você pode fazer para não “participar” deste mundo.

Acompanhe!

O que é ser cringe no mercado imobiliário?

cringe no mercado imobiliário

A gente sabe que as modas vem e vão. Elas são criadas, usadas a exaustão e, depois de um tempo, simplesmente são esquecidas na “gaveta”.

Só que neste caso, talvez, tudo isso não se aplique. Afinal, ser cringe no mercado imobiliário não é só mais uma moda.

O termo, sim, pode estar na moda. Mas o que ele significa, pode caber um boa reflexão sobre como você se comporta no mercado imobiliário de uma maneira geral.

Ser cringe no mercado imobiliário é, basicamente, fazer aquelas coisas que já não estão mais trazendo resultados para a sua imobiliária ou para o seu negócio imobiliário.

Veja alguns exemplos práticos do que é ser cringe no mercado imobiliário:

  • Criar anúncios imobiliários sem fotos (ou com fotos ruins);
  • Cadastrar vários imóveis repetidos em portais imobiliários;
  • Divulgar somente em veículos analógicos (como jornais impressos, outdoors ou revistas);
  • Fazer divulgação por telefone de modo frio e avulso;
  • Comprar lista de e-mails para disparar anúncios imobiliários em massa;
  • Manter-se de fora das redes sociais;
  • Controlar sua imobiliária ou imóveis através de planilhas excel;
  • Não usar sistemas de CRM imobiliário;

Se identificou com alguma situação? Se sim, continue lendo.

A partir de agora, vamos nos aprofundar um pouco mais sobre cada uma destas atitudes e, melhor ainda: entender como não ser mais cringe nelas!

Vamos lá?

banner ville Imob

Criar anúncios imobiliários sem fotos (ou com fotos ruins)

Se tem uma coisa que faz toda a diferença na hora de vender um imóvel, é tirar boas fotos dele.

Afinal, a foto é uma das maneiras mais simples e práticas de fazer com que um cliente ou potencial cliente esteja, de fato, “dentro” do imóvel, mesmo de longe.

Fotos vendem muito.

Por isso, se você não tiver fotos boas em seus imóveis, pode ser que esteja perdendo boas oportunidades no mercado, uma vez que as pessoas sempre vão preferir visitar aqueles imóveis que chamam mais atenção.

E se você sequer coloca fotos em seus imóveis, esperando que alguém entre em contato para “saber mais”, o problema é ainda maior.

Neste caso, estará perdendo oportunidades muito grandes frente a concorrência, uma vez que um imóvel sem foto no portal ou site imobiliário é, na verdade, apenas um link com um título. Ou seja: é cringe.

Tá, e como não ser cringe nestes casos? Veja algumas dicas abaixo.

Como não ser cringe

A gente já entendeu que as fotos vendem e são importantes. No entanto, simplesmente colocar qualquer foto do imóvel, também não é a melhor alternativa de todas.

Afinal, fotos ruins também são cringe.

Então, recomendamos que você estude sobre como tirar boas fotos de imóveis. Aprenda técnicas de iluminação e ângulos.

Invista tempo e recursos nisso, porque na internet, quanto mais fotos bonitas você tiver, mais irá vender.

Inclusive, aqui no blog da Ville Imob, temos um artigo para te ajudar: Fotografia Imobiliária – Veja técnicas que podem lhe ajudar.

Ou, se preferir, baixe o nosso ebook sobre fotografia imobiliária, veja: Tudo sobre fotografia imobiliária.

Cadastrar vários imóveis repetidos em portais imobiliários

cringe no mercado imobiliário

Algumas atividades do dia-a-dia podem ser cansativas e repetitivas, como é o caso do cadastro de imóveis.

Muito embora seja uma tarefa mecânica, é algo fundamental para que tudo funcione e dê certo na sua imobiliária e, portanto, cadastrar imóveis repetidos não é uma boa ideia.

Muito embora isto pareça algo banal, saiba que é fundamental manter um tipo de organização padronizada na hora de cadastrar imóveis no seu site imobiliário ou portais.

Além de ajudar na organização interna da imobiliária, ajuda demais na hora de construir credibilidade e confiança com seus potenciais clientes.

Afinal, um potencial cliente que enxerga desorganização no site ou nos imóveis, certamente ficará com “um pé atrás” com a sua imobiliária. E isto é bem ruim para o sucesso no longo prazo.

Como não ser cringe no mercado imobiliário neste aspecto? Veja abaixo.

Como não ser cringe

Para não ser cringe na hora de cadastrar imóveis no site ou portal imobiliário, você deve ter um processo interno bem definido. Ou seja, quem faz cada atividade, como faz e quando faz.

Isto garante uma organização promissora.

No entanto, ter um sistema que possa exportar os imóveis automaticamente e sem repeti-los, é também importante.

Por isso, vale a pena experimentar o sistema de integração com portais imobiliários da Ville Imob, de forma que você possa otimizar este trabalho e garantir uma margem de acerto altíssima – e não ser cringe.

Clique aqui para conhecer o nosso sistema e faça um teste grátis agora mesmo.

Divulgar somente em veículos analógicos (como jornais impressos, outdoors ou revistas)

cringe no mercado imobiliário

Muito embora estes veículos tenham a sua importância dentro de uma estratégia de marketing bem elaborada, é importante que você expanda os horizontes e entenda a realidade do mundo atual.

Ou seja, é cringe se manter em estratégias antigas e que antes já deram certo. Mas que agora, devem ser apenas um complemento de uma estratégia maior.

Como é o caso dos anúncios em outdoors, jornais e revistas impressas.

Com o surgimento da internet e mídias sociais, hoje em dia, anunciar imóveis se tornou algo muito mais barato, otimizado e simples.

E você, claro, não pode ficar de fora.

Sim, os veículos tradicionais ainda são importantes. Mas você não pode focar somente neles. É preciso ir além. Expandir e entender como o consumidor imobiliário se comporta hoje em dia.

Então, como não ser cringe perante a este assunto? Veja abaixo.

Como não ser cringe

Para não ser cringe no mercado imobiliário do ponto de vista de divulgação, você vai precisar estar nas mídias sociais.

E não só para fazer postagens ou publicar seus imóveis. Mas também, para fazer anúncios online.

Sim, os anúncios online, tanto em Facebook quanto Google, tendem a ser muito assertivos em uma estratégia de marketing.

Afinal, você consegue criar segmentações fantásticas e, assim, atingir praticamente qualquer pessoa da sua cidade ou estado.

Por exemplo, se você vende imóveis de luxo e busca somente pessoas interessadas nele, poderá encontrá-las através das segmentações das redes sociais, estipulando faixa de idade, interesses e demais comportamentos.

A partir disso, poderá criar novas segmentações baseadas em interesses semelhantes e, assim, construir uma audiência extremamente qualificada no assunto.

É realmente incrível!

Leia este artigo aqui para se aprofundar no assunto: Estratégia de Facebook Ads para Imobiliária – Aprenda um modelo incrível.

Fazer divulgação por telefone de modo frio e avulso

cringe no mercado imobiliário

Ligar para os prospectos ou clientes não necessariamente é uma prática cringe no mercado imobiliário. O grande problema nesta ação, está na forma como as ligações são feitas e especialmente para quem elas são feitas.

Por exemplo, ligar para pessoas que não tenham nada a ver com o seu público-alvo, pode ser uma grande desvantagem frente a concorrência. Afinal, você estará perdendo tempo e dinheiro fazendo isso.

Ligar para uma lista “fria” de pessoas, de modo a tentar a sorte, não é uma boa estratégia e passa longe das boas práticas de marketing imobiliário. Hoje, já existem técnicas muito mais assertivas e viáveis.

Então, veja como não ser cringe para este tipo de ação.

Como não ser cringe

Se você quer fazer ligações e acha que está é uma estratégia que faz sentido para o seu plano de marketing imobiliário, vá em frente.

No entanto, é preciso considerar alguns pontos importantes.

O primeiro deles, é que as ligações não podem ser aleatórias. Ou seja, você não pode, em uma lista telefônica, buscar números de pessoas e sair ligando para tentar a sorte.

Esta prática faz com que você tenha que gastar muitos recursos e, portanto, seu crescimento vai ser bem lento.

Para ligar para as pessoas certas, considere construir alguma base de contatos que tenham o mínimo interesse na sua imobiliária ou produtos imobiliários.

Por exemplo, você pode criar um blog para sua imobiliária, publicar artigos (como este que você está lendo) e pedir para as pessoas deixarem o telefone ao fim do texto.

Este contato será qualificado e a sua ligação será muito mais promissora – mesmo que para apenas entender o comportamento do consumidor.

Faça o teste!

Controlar sua imobiliária ou imóveis através de planilhas excel

Outra atitude ou ação que é muito cringe no mercado imobiliário – mas que ainda é muito praticada – é o controle das ações através de uma planilha de excel.

Muito embora haja, sim, boas planilhas de excel para controle imobiliário, esta é uma prática antiga e que deve ser ultrapassada por um bom sistema imobiliário.

A boa e velha planilha do excel serve, sim, para muitos outros tipos de atividades do dia-a-dia.

Elas são ótimas, desde que bem organizadas.

No entanto, elas também abrem margem para erros graves de gestão, fazendo com que muita informação seja perdida ou sequer gerenciada.

Isto é bastante negativo para o crescimento sustentável da sua imobiliária.

E o que fazer de diferente, então? Veja abaixo.

Como não ser cringe

Por exemplo, com o sistema de gestão imobiliária da Ville Imob, você poderá otimizar uma série de atividades do seu dia-a-dia, pelo simples fato de delegar atividades mecânicas para o sistema.

Além disso, o sistema garante que você não perca dados e, assim, possa acessá-los de qualquer lugar, pois todas as informações estarão seguras na nuvem.

Isto não só garante a alta produtividade da equipe imobiliária, como deixa a sua imobiliária muito mais profissional e organizada.

Inclusive, o sistema pode ser usado por corretores autônomos que querem manter uma otimização no dia-a-dia.

Clique aqui para fazer um teste grátis em nosso sistema agora mesmo.

Comprar lista de e-mails para disparar anúncios imobiliários em massa

cringe no mercado imobiliário

Quer uma atitude muito cringe no mercado imobiliário? Aqui está: comprar listas de e-mails ou contatos para fazer anúncios em massa.

Este tipo de decisão é bastante prejudicial, inclusive, para a imagem da sua imobiliária ou para a sua imagem pessoal, caso seja um corretor autônomo.

Afinal, imagine você, verificando a sua caixa de entrada no e-mail e, de repente, recebe um e-mail totalmente invasivo, sobre algum lançamento imobiliário.

Além de ser desagradável, acaba sendo invasão de privacidade, pois você nunca deu autorização para o emissor enviar este e-mail.

E se houver uma assinatura ou logotipo ao fim da mensagem, haverá um desgaste de marca muito grande – o que é péssimo para o branding da sua marca.

Não envie e-mails para listas frias e compradas. Isto não trará bons resultados.

Mas, o que fazer, então? Veja abaixo.

Como não ser cringe

Ao invés de enviar e-mails para pessoas que nunca ouviram falar da sua imobiliária, mande e-mails para pessoas que sabem que sua imobiliária existe.

Por exemplo, em seu site imobiliário ou redes sociais, coloque links para captura de contatos, em troca de algum brinde ou presente digital. Assim, a pessoa deixa o e-mail dela e recebe um brinde por isso.

A partir deste momento, você tem um prospecto qualificado para trabalhar mensagens e relacionamento.

No longo prazo, este prospecto poderá se transformar em um cliente e, desta forma, você faz melhores negócios!

Não usar sistemas de CRM imobiliário

E por falar em relacionamento e proximidade com seus prospectos, algo que é muito cringe no mercado imobiliário é o fato de você não usar um sistema de CRM imobiliário.

Como resolver? Veja abaixo.

Como não ser cringe

O sistema de CRM imobiliário ajuda você a manejar seus contatos de uma maneira extremamente prática.

Você pode criar segmentações, saberá em primeira mão quem são os prospectos ou clientes mais assíduos e isso, claro, te ajudará a tomar melhores decisões no futuro.

Com o sistema de CRM da Ville Imob, por exemplo, você poderá fazer o seguinte:

  • Cruzamento de perfis de imóveis e clientes, sabendo quais são os melhores imóveis para cada tipo de cliente;
  • Sistema inteligente de relatórios e integrações;
  • Praticidade para enviar prestação de contas aos proprietários;
  • Registre atendimentos e vendas;
  • E muito mais.

Clique aqui agora mesmo para fazer um teste no sistema de CRM imobiliário da Ville Imob e bora não ser cringe no mercado imobiliário!