27 3262-0877 - WhatsApp: 27 99748-7465 [email protected]

O storytelling para imobiliárias é uma das ferramentas mais poderosas para atuar na persuasão e construção de empatia. No entanto, você exatamente do que se trata ou mesmo já ouviu falar? Hoje vamos te explicar mais sobre este assunto e você vai aprender como poderá utilizar o recurso de uma forma prática e útil. Acompanhe o texto.

Storytelling para imobiliárias – O que é?

Antes de mais nada, precisamos entender o que de fato é o storytelling para imobiliárias. Na tradução livre e mesmo na prática, trata-se de contar histórias para envolver pessoas. E é justamente este um dos recursos mais utilizados por grandes marcas e agências de publicidade para fazer as campanhas venderem mais.

Entretanto, não é assim tão simples. Por mais que o conceito seja básico, o processo de construção de uma estratégia de marketing que envolva o storytelling nem sempre será fácil. Afinal, contar uma história com enredo e que faça sentido para sua imobiliária e, acima de tudo, que venda alguma coisa, é mais do que importante.

Assim sendo, vamos te ajudar a entender um pouco mais como você pode utilizar este recurso de uma forma útil e constante. Continue lendo para entender.

storytelling para imobiliárias

Contar histórias é uma das melhores ferramentas de retenção de atenção

Quando estamos desenvolvendo uma campanha ou mesmo um conteúdo em nosso blog imobiliário ou em nossas redes sociais, precisamos ter em mente que do outro lado tem um receptor.

Ou seja, este receptor irá receber a mensagem que iremos transmitir mas nem sempre ele vai entender. E isto é muito comum, principalmente em um país tão grande e com tanta diversidade, em que uma expressão pode ter diversos significados em lugares diferentes.

Assim sendo, precisamos conseguir comunicar e isto é um ponto básico. No entanto, há diversas formas de ter sucesso neste ponto. E uma delas, é justamente usar uma boa história para envolver as pessoas e construir um relacionamento de empatia.

Quantas vezes você já viu algum comercial na TV, por exemplo, em que a marca dizia ser a melhor de todas por motivo A ou motivo B e você sequer prestou atenção ou mesmo nem lembra do comercial? Pois bem, isto acontece. Pois muitas marcas preferem falar bem de si mesmas ao invés de tentar conversar com o público certo, da forma certa.

Evitar este problema já é um grande passo para a sua comunicação. E usar o storytelling para imobiliárias seria, então, a ferramenta ideal para virar a chave e ter muito mais atenção das pessoas que você quer.

Mas, você sabe exatamente como construir esta história? Onde utilizá-la? Quais fatores levar em consideração? Pois é justamente isto que você irá aprender logo abaixo. Continue lendo!

Como criar uma boa história?

Conforme mencionamos anteriormente, entender o que é storytelling para imobiliárias é o ponto mais simples do processo. No entanto, a parte prática é tão importante quanto. Afinal, contar uma boa história poderá fazer com que as pessoas se inspirem na sua marca, se relacionem muito mais, criem empatia e despertem o desejo de fechar negócio.

O processo de vendas é praticamente uma arte. Precisa-se de muitos requisitos juntos e atuando de uma forma equilibrada para que tudo de certo. Principalmente no ramo imobiliário. Por exemplo, uma palavra que não for bem interpretada no seu pitch de vendas poderá fazer tudo ir por água abaixo.

Por isso, aprender estratégias de vendas é entender o comportamento do consumidor com relação aos produtos que você comercializa é de suma importância. E vamos te ajudar com isso! Acompanhe abaixo alguns requisitos mínimos e básicos para começar a planejar a sua primeira campanha de storytelling!

storytelling para imobiliárias

1- O título é peça fundamental

Para construir um bom storytelling para imobiliárias, o primeiro passo, é ter um título que seja adequado. Este será o ponto chave e porta de entrada para uma boa história. Ou seja, precisa chamar atenção! E não confunda o “chamar atenção” com letras garrafais, exclamações ou palavras de impacto. Não é isso.

O título precisa chamar atenção no sentido de despertar vontade do leitor ou espectador de consumir aquele conteúdo. Seja em vídeo, áudio ou texto. Ou seja, aqui já começamos a ligar diversos pontos de nosso plano de negócios e público-alvo definidos previamente, pois precisaremos usar estas informações para construir um título que faça sentido para o espectador.

Por exemplo, se o seu público-alvo for para imóveis de luxo, e você utilizar um título que remeta ou utilize expressões de pessoas que não comprariam um imóvel de luxo, dificilmente vai haver empatia. E o mesmo acontece ao contrário.

Ou seja, o seu título precisa estar diretamente ligado a expressões, dialeto e linguagem utilizada pelo seu público-alvo. Além do mais, o conteúdo do título precisa fazer sentido para este determinado consumidor. Por exemplo, você poderá utilizar algum assunto do momento que seu público tenha interesse e criar algo em cima disso. Gerará empatia e a história envolverá!

Por isso, sempre pense no título como porta de entrada. No entanto, há outros fatores muito importantes que também precisam ser considerados. Acompanhe.

2- A introdução é o que irá direcionar e encaminhar o assunto

O storytelling para imobiliárias deve ser dividido em partes. Afinal, o seu público-alvo não saberá interpretar o que você quer dizer, se não tiver uma clara divisão entre começo, meio e fim, não é mesmo? Assim sendo, agora que você aprendeu que o título é o que vai guiar o viés de quem consumir seu conteúdo, saiba que a introdução da história é o que fará a pessoa continuar consumindo.

Quando uma pessoa guiada pelo título abre um livro ou clica em um link na internet, o que ela espera? Ela espera que os primeiros parágrafos ou os primeiros segundos (de um vídeo, se for o caso), entreguem justamente aquilo que ela estava esperando. E se isto não acontecer, o processo acaba.

storytelling para imobiliárias

Por isso, construa uma introdução que seja adequada e que consiga levar o espectador pelo restante da história. Neste ponto, é muito importante que você diga sobre o que a história vai falar, apresente algum problema que será resolvido ou mesmo algum mistério com os personagens que vai ser desvendado.

Mas tudo isso, claro, com base nos objetivos da sua imobiliária com relação ao público. O foco sempre precisa estar voltado para as vendas e a conversão. Contar uma história por contar só vai entreter, mas não vai vender. Por isso, continue lendo e aprenda como fazer isso.

3- O meio é onde serão inseridos os detalhes e demais elementos

Chegamos na parte central do seu storytelling para imobiliárias. Aqui, é onde você irá colocar todos os detalhes e demais elementos que enriqueçam a sua ideia e construa o relacionamento. Aqui será o ponto alto! E por isso, o roteiro precisa ser bem escrito para que não chegue neste ponto sem ter criado expectativa nas pessoas.

Assim sendo, é de suma importância que nos dois tópicos anteriores você consiga, além de um espectador, alguém que tenha expectativa para saber o que vai acontecer. Quando há expectativa, há presença. Quando há presença, há foco e atenção. E quando tudo isso acontece, a mensagem é muito mais bem receptiva. E se no meio disso tudo houver uma boa proposta de vendas, tudo ficará mais fácil.

4- Persuadir com empatia é mais fácil

Este é o ponto principal de um bom storrytelling para imobiliárias: persuadir com empatia é muito mais fácil! E é justamente por isso que você poderá usar uma boa história para ajudar no processo.

A empatia nada mais é do que alguém que consiga se colocar no lugar do outro. Neste caso, se colocar no lugar do personagem da história.

E quando isto acontece, a fluidez é garantida, pois há uma conexão que nenhuma outra ferramenta de persuasão poderá criar. Por isso, use a empatia para vender mais! Não só na sua história, mas em diversos outros aspectos da sua imobiliária, como campanhas para redes sociais ou mesmo uma reunião interna!

storytelling para imobiliárias

5- Ao fim, sempre faça uma chamada para ação

E por último, você precisa que a partir da sua história, o seu potencial cliente e público-alvo faça alguma coisa. Por isso, sempre faça uma chamada para ação ao fim da história, que tenha relação com o que foi apresentado. É sempre importante que tudo tenha relação com a sua imobiliária e, além disso, tenha como objetivo algum tipo de conversão.

Assim sendo, prepare o roteiro da história de modo que você consiga inserir seu produto ou seus serviços. E, ao fim, use a criatividade para convidar o espectador para fazer alguma coisa que seja importante para você. Seja um simples cadastro de e-mail ou mesmo uma inscrição para uma pré-venda de algum imóvel.

Lembre-se que neste momento o espectador estará muito mais persuadível devido ao que ele acabou de consumir. O roteiro, a emoção, a empatia e diversos outros aspectos farão com que ele dê muito mais atenção ao que você está pedindo.

Onde você pode usar o storytelling?

O storytelling para imobiliárias pode ser usado em diversos locais e canais, conforme já mencionamos anteriormente. No entanto, vamos te ajudar com algumas dicas do que você pode fazer.

Vale sempre lembrar que este é um trabalho importante e divisor de águas em qualquer estratégia de marketing. E por isso, por mais que você aprenda, nunca descarte a ajuda de um profissional. Seja um publicitário ou mesmo uma agência de publicidade. Eles poderão construir, ainda melhor, aquilo que você precisa.

Assim sendo, veja três possibilidades de explorar todo o poder de uma boa história contada. Acompanhe abaixo.

storytelling para imobiliárias

Em campanhas publicitárias

O primeiro lugar que você pode (e deve) utilizar um bom storytelling para imobiliárias, é em campanhas publicitárias criadas para promover ou elevar as vendas da sua empresa. Esta é uma ótima oportunidade de unir o útil ao agradável, pois você poderá conciliar uma ferramenta fantástica com outra ainda melhor.

Por exemplo, você poderá desenvolver um projeto de marketing que possibilite a criação de peças de diversos formatos com uma abordagem criativa e envolvente. E esta abordagem pode, acima de tudo, conter elementos de história para que seu público se engaje ainda mais.

Uma campanha publicitária muitas vezes pode facilmente cair na zona de conforto de quem faz e de quem consome. E isto acontece por diversos motivos. Seja pela falta de criatividade. Seja pela falta falha de público-alvo. Seja por falha na estratégia de comunicação. E quando tudo isto acontece, significa que a verba utilizada para esta ação foi descartada a toa.

E uma das formas de evitar isto do ponto de vista da criação de alguma campanha, é justamente utilizar o storytelling. Pois assim, acertando o público, acertando a mensagem e o tom, as chances de sucesso são maiores.

Em vídeos nas suas redes sociais

O storytelling para imobiliárias pode ser usado também em suas redes sociais. Mais precisamente, em vídeos projetados para engajar o seu público. Em um vídeo, uma história pode ser muito mais trabalhada. Afinal, você conta com fatores audiovisuais que podem ajudar a contá-la.

A nas redes sociais o vídeo está cada vez mais bem aceito, uma vez que é uma versátil proposta de conteúdo. Além do mais, as redes são recheadas de pessoas. E pessoas gostam de se conectar com pessoas. Ou seja, quanto mais ações humanas você fizer e mais empatia gerar, melhor será o seu engajamento e, consequentemente, melhores serão as conversões.

storytelling para imobiliárias

Em conteúdos no seu blog imobiliário

O seu blog imobiliário também pode ser a porta de entrada para boas produções de conteúdo em formato de storytelling para imobiliárias. Por lá, você poderá construir conteúdos em texto utilizando a mesma sequência prática que estudamos anteriormente, com título, começo, meio e fim.

Escrever textos que conduzam a pessoa por uma trilha de empatia e engajamento é uma receita de sucesso. Assim você garante que o conteúdo será todo consumido e, ao chegar ao final, você poderá fazer a chamada para ação e buscar assim a conversão.

E ter um site imobiliário de qualidade para que tudo isso seja feito é de suma importância. Não deixe de conhecer a ferramenta da Ville Imob que permite a criação de sites imobiliários de forma rápida e prática. Boa sorte!

estrategias digitais para venda de imoveis