Você sabe o que levar em consideração na hora de escolher um corretor de imóveis? Se não souber, não se preocupe. Vamos lhe ajudar a entender um pouco os pontos mais importantes na hora de escolher este profissional tão importante e decisivo em nossas vidas. Acompanhe e saiba mais.

Escolher um corretor de imóveis – O que considerar?

Nós sabemos que escolher um corretor de imóveis nem sempre é a tarefa mais fácil de todas. Este é um momento muito especial e decisivo na vida de diversas pessoas. Envolve a conquista de sonhos e realização de objetivos. Por isso, o auxilio de uma pessoa certa para tornar todos os processos o mais simples possível é fundamental.

Entretanto, esta pessoa precisa estar de acordo com uma série de requisitos que você poderá adotar na hora de contratar. Antes de fechar qualquer negócio, sempre tenha em mente que o profissional que está lhe atendendo precisa ser de alto nível. E, muitas vezes, o cliente acaba percebendo somente depois da contratação que o trabalho poderia ser melhor.

Desta forma, para lhe auxiliar, recomendamos que você siga nossas dicas na hora de escolher um corretor de imóveis que seja compatível com as suas necessidades, seja de pessoa física ou jurídica. Acompanhe.

escolher um corretor de imóveis

Registro no CRECI

O CRECI – Conselho Regional de Corretores de Imóveis, é um órgão extremamente importante para a profissão. Ou seja, para que você tenha a certeza de estar contratando um profissional honesto, idôneo e competente, um dos primeiros requisitos é verificar o cadastro dele junto ao CRECI.

Este departamento é responsável por gerir e administrar a profissão de forma que assegure qualidade e competência pelos profissionais. Desta forma, o cliente também ficará assegurado de que estará trabalhando com uma pessoa extremamente competente e talentosa. Ou seja, é de extrema importância que antes de mais nada, você verifique o cadastro do seu corretor junto ao órgão regulador.

Este é apenas um dos requisitos para contratar um bom corretor de imóveis. Entretanto, é importante também prestar atenção para uma série de outras situações. Pois somente o cadastro não garantirá outros critérios que vamos explicar nos próximos tópicos. Acompanhe.

A experiência pode ser importante

Como já falamos, contar com a ajuda profissional registrada no órgão oficial da profissão – CRECI – é de extrema importância. Entretanto, outro fator muito importante para contar com um profissional capacitado a realizar um grande trabalho, é a experiência na área. Assim sendo, um profissional que tenha experiência no assunto certamente poderá lhe auxiliar de forma muito mais prática e estratégica.

Entretanto, isso não significa dizer que profissionais que estão começando agora não devem ser contratados. Na verdade, um profissional que esteja no início da carreira pode ser tão bom quanto um experiente, visto que quem está começando está se esforçando ao máximo para atingir os objetivos próprios e do cliente. O que é ótimo para quem está contratando-o.

No entanto, uma luz de experiência pode ser exatamente o que você precisa, visto que o processo para aquisição ou aluguel de um imóvel, muitas vezes pode ser extremamente desgastante e dificultoso. E tudo que você quer, é alguém que faça o trabalho pesado por você. Por isso, neste caso, a experiência poderá falar mais alto e, consequentemente, acaba sendo a melhor opção para você.

Um profissional com experiência e vasto conhecimento no assunto, poderá poupar horas de negociações e desgaste com estudos de contratos e processos burocráticos. Muitas vezes tudo acaba se tornando mais barato por conta destes macetes e atalhos adquiridos ao longo da carreira de um corretor de imóveis. E, se você entender que isto é fundamental para a compra do seu imóvel, procure por este perfil.

escolher um corretor de imóveis

O atendimento precisa ser bom

Agora chegamos em um dos pontos mais cruciais de um bom corretor de imóveis: o atendimento. Vamos combinar? De nada adianta o profissional ser credenciando no CRECI, ter experiência e não lhe atender bem, não é mesmo? Pois bem, é fato que tudo o que precisamos quando não entendemos muito bem de um assunto, é alguém que nos atenda cordialmente e de forma empática.

Desta forma, um dos mais promissores critérios para escolher um corretor de imóveis é simplesmente o atendimento. O atendimento precisa ser bom e ponto final. Afinal, estamos falando da realização de um sonho ou de um grande investimento que você está fazendo para o futuro. E isto significa dizer que a pessoa que está ao seu lado, auxiliando este processo, precisa entender isso.

Assim sendo, a melhor forma de contar com uma ajuda profissional é quando, acima de tudo, esta ajuda se torna humana e empática. Humana, pois um atendimento robotizado não ajuda ninguém, só deixa tudo mais confuso. E empática, pois é extremamente importante que o corretor de imóveis coloque-se no lugar do cliente para enxergar a situação aos olhos de quem está contratando-o.

Por isso, busque profissionais que possam lhe agradar neste aspecto e consigam atingir seus objetivos sem nenhum tipo de robotização, receita ou outra forma de desumanizar o processo.

Faça uma pesquisa e busque referências

Depois de entender todas as possibilidades citadas anteriormente, é importante que você pesquise muito sobre o corretor de imóveis que você está contratando. Isto servirá de base para que você decida quem irá lhe atender. Para isso, leve em consideração as alternativas citadas até então e busque referências com clientes antigos do corretor em questão.

Esta é uma forma muito prática de ouvir as experiências de quem já foi atendido por este profissional. E a melhor maneira de enxergar a possibilidade de contratar alguém, é ouvindo a experiência de quem já contratou anteriormente. Será de muita valia ter a opinião de terceiros. Afinal, o boca a boca ainda é o que mais vende. Através da influência muitos negócios são fechados.

Entretanto, uma coisa que você não pode fazer nesta situação, é comparar o seu perfil com o perfil de quem já foi atendido pelo corretor. Vocês são pessoas diferentes e, o que foi bom para aquela pessoa, pode não ser bom para você. E o que não foi bom para aquela pessoa, pode sim ser bom para você.

Este critério de referências servirá de base apenas para você ter um parâmetro maior no seu radar de possibilidades. Nunca use este critério como determinante para a escolha. Pois, como falamos, cada cliente é único e a única forma de saber se o trabalho foi bem feito, é depois que ele for finalizado.

escolher um corretor de imóveis

Habilidade de negociação é fundamental

Não é desconhecimento de ninguém que ter habilidade em negociação é de suma importância para quem trabalha com imóveis. Principalmente para quem está comprando uma casa, sabemos que o preço inicial de venda não é necessariamente o mais atrativo e o melhor.

Por isso, contar com uma ajuda profissional e qualificada é de suma importância. É aí que o corretor de imóveis com habilidades em negociação faz um papel determinante no sentido de atrair os melhores negócios para o cliente. Assim sendo, depois de entender todos os outros quesitos abordados anteriormente, nunca deixe de questionar o corretor das suas habilidades para redução de preços, conquista de flexibilidade para pagamento e facilitação em aspectos aquisitivos.

Um profissional completo e qualificado terá todas estas habilidades facilmente identificadas nos momentos iniciais da negociação. Busque sempre ter esta visão mais analítica do profissional, para saber se o seu projeto imobiliário poderá ter um bom desfecho. Afinal, sabemos que quem está vendendo, sempre está querendo aumentar o preço. E quem está comprando, sempre está querendo abaixar o máximo possível.

Um meio termo neste sentido sempre será a melhor situação para ambas as partes. E para isso, o corretor de imóveis que tenha isto em mente terá muito mais sucesso nas negociações, do que aquele que quer buscar extremidades – tanto para redução quando para aumento de preços.

Um especialista na região escolhida

Outro ponto muito importante que você deve levar em consideração, é a necessidade de ter alguém ao seu lado que conheça a região do imóvel que você esteja pleiteando. Este muitas vezes é um dos pontos mais difíceis na hora de encontrar um profissional, visto que focar em uma região muitas vezes pode não ser vantajoso para o corretor.

Entretanto, se você colocar este critério como um dos principais para escolha de um corretor de imóveis, certamente terá muito mais vantagem na hora de negociar, pois o profissional terá todas as informações e entenderá tudo sobre a localização, bairro ou cidade. Se você quiser exclusividade, este critério deve ser determinando na escolha.

Agora, se você optar por um profissional que seja altamente qualificado mas não seja focado em uma região, não torne este critério como crucial para a decisão. Pois as chances de você acabar não encontrando o corretor ideal e deixar diversos outros profissionais competentes para trás, são enormes.

Um equilíbrio na escolha é sempre a melhor opção.

Verifique se o profissional atua com tecnologias

Um fator extremamente importante, é a verificação das tecnologias que o profissional utiliza para trabalhar. É claro que a melhor ferramenta de trabalho do correto de imóvel, são as habilidades, experiências e profissionalismo em si. Mas, entender o comprometimento de quem está prestes a lhe atender é crucial. E uma das formas de fazer isso, é entendendo o quanto ele utiliza tecnologias para melhorar o trabalho.

Corretores de imóveis são profissionais que hoje em dia possuem uma série de ferramentas para facilitar o trabalho. Entre elas, óculos de realidade virtual, sistemas de conversa inteligente com o cliente, qualidade de imagens e captação com drones, entre outras.

Este também é um critério extremamente importante e que deve ter um peso maior na escolha do corretor de imóveis. Lembre-se sempre que todas estas ferramentas não são apenas para mostrar que o corretor faz investimentos na carreira. Mas sim, para ajudar você a ter uma experiência mais completa na hora de realizar seu sonho ou fazer um investimento.

Como ser um corretor requisitado no mercado?

Para se tornar um corretor altamente requisitado no mercado, tudo que você precisa fazer é despertar a vontade dos sonhos nas pessoas. Além disso, é importante entender que você está nesta posição para, acima de tudo, resolver um problema da pessoa, que é encontrar uma casa para comprar ou alugar.

Assim sendo, para se tornar um corretor altamente requisitado, é crucial que você siga alguns dos critérios acima. As pessoas irão lhe contratar a partir do momento que elas sentirem confiança no seu trabalho. E isto é reflexo apenas do que você já fez e pretende fazer. Ou seja, quanto mais experiência você tiver ou buscar a ter, melhor sua reputação.

Mas é claro, de nada adianta apenas quantidade. A qualidade é fundamental e diríamos que muito mais importante. Afinal, é muito melhor ter 1 cliente satisfeito, do que 100 que pararam a operação no meio do caminho por falta de comprometimento ou profissionalismo. Desta forma, você precisa estar ciente que o cliente busca em você alguém que facilite o processo.

Não force a barra

Uma coisa é fato: comprar por pressão é uma das piores experiências possíveis. Muitas vezes o cliente compra o que ele não quer e você acaba atraindo muito mais problema do que satisfação. Ou seja, não force a barra. Agir naturalmente é a forma mais oportuna de fechar bons negócios.

O cliente perceberá de maneira instantânea o momento que você quiser vender algo a força e o momento que você está realmente querendo ajudar a encontrar as melhores soluções. Por isso, foque em ajudar e não em vender.

Tenha ferramentas para comunicação

Muitas vezes, uma venda não é fechada na hora. Por isso, ter um contato próximo com o seu cliente é absolutamente fundamental. Esta é uma forma de criar raízes e relacionamento consistente entre você e um possível comprador. É a sua chance de fazer ele entender que você está presente para ajudar.

Uma forma de manter uma comunicação ativa e dinâmica com o seu possível cliente, é ter uma tecnologia de CRM para tornar este processo mais inteligente e automatizado. Este software poderá ajudá-lo a criar laços com os contatos que você tiver. E assim, você poderá educar as pessoas que já lhe seguem (leads) com dicas e conversas amigáveis. E depois, o processo de venda acaba acontecendo naturalmente.