Desde 2011, a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), em parceira com o portal imobiliário Zap, divulga o Índice FipeZap que acompanha os valores de apartamentos à venda anunciados na internet em 20 cidades brasileiras.

A partir dessa análise, é possível saber qual é o preço médio do metro quadrado das principais regiões do Brasil. Esse estudo é divulgado mensalmente. As informações abaixo, se referem a dados disponibilizadas pela instituição em 03 de Agosto de 2016, que correspondem ao preço de imóveis anunciados em julho/2016.

Como reflexo da crise econômica que o país vive há mais de um ano, percebemos que o preço dos imóveis nas principais cidades se manteve praticamente estável. Em julho de 2015, a média do metro quadrado nas 20 cidades acompanhadas pelo Índice FipeZap era de 7.614 reais. Um ano depois, o valor médio do metro quadrado está em 7.637 reais.

imob-v30-728x90-post

O termômetro quanto a valorização dos imóveis

Segundo levantamento do Banco Central, a inflação avançou 8,62% no mesmo período. Isso quer dizer que o preço médio dos imóveis nas principais cidades do país apresentou uma queda real em torno de 8,0% ao longo de um ano, é o que divulga também o site da revista exame. Por mais que algumas cidades tenham experimentado uma valorização no valor dos imóveis, como é o caso de Vitória (+ 8%), outras cidades viram o metro quadrado se desvalorizar, como é o caso de Niterói.

Agora, confira, abaixo e com mais detalhes, qual é o preço médio dos imóveis nas principais cidades do país:

Rio de Janeiro

Com o metro quadrado mais caro do país, o Rio de Janeiro atravessa um momento de queda no mercado imobiliário. De julho de 2015 até julho de 2016, a capital fluminense viu o valor do metro quadrado despencar de 10.631 reais para 10.241 reais, ou seja, uma queda de 3,67% no último ano. Mesmo assim, o Rio de Janeiro se mantém com o título de mercado imobiliário mais caro do Brasil.

São Paulo

Ao contrário do Rio de Janeiro, São Paulo experimentou uma valorização pequena no último ano, parecida com a média nacional. No último ano, a capital paulista assistiu o preço médio do metro quadrado subir de 8.602 reais para 8.625 reais. Isso significa um avanço tímido que deixa São Paulo com o segundo metro quadrado mais caro do país.

Distrito Federal

Na terceira colocação do Índice FipeZap, o Distrito Federal assistiu a uma valorização impressionante. Em um ano, o valor médio do metro quadrado pulou de 7.987 reais para 8.572 reais.

Florianópolis

Mercado imobiliário mais caro do Sul, Florianópolis viu seu metro quadrado valorizar nos últimos 12 meses. Nesse período, o preço variou de 6.327 reais para 6.494 reais.

Recife

Recife é a cidade mais cara para se morar no Nordeste. No entanto, o valor médio do metro quadrado na capital de Pernambuco apresentou uma queda tímida. De julho de 2015 para julho de 2016, o preço do metro quadrado caiu de 6.023 reais para 6.002 reais.

Se você quer conferir o preço médio do metro quadrado de outras cidades, bem como outras estatísticas e gráficos, não deixe de acessar os estudos do FipeZap.

Forte abraço e sucesso a todos.

 

 

Posts relacionados

Compartilhe: