De acordo com o Conselho Federal de Corretores de Imóveis (Cofeci), já são mais de 320 mil corretores de imóveis registrados no Brasil. Desse universo, 280 mil são pessoa física e 40 mil, pessoas jurídicas (imobiliárias, escritórios e afins).

Em meio a tantos profissionais disputando os mesmos clientes, a melhor maneira para se destacar é sabendo trabalhar muito bem com o marketing imobiliário. E quando falamos em marketing, independente do setor de atuação, devemos lembrar da lição dos 4Ps (Praça, Preço, Produto e Promoção). Ela é indispensável, inclusive, no mercado imobiliário.

Produto

Em primeiro lugar, vamos estabelecer um conceito. Produto é tudo aquilo que é capaz de satisfazer um desejo ou de resolver um problema do cliente por meio de uma troca. No mercado imobiliário, o produto atende pelo nome de imóvel. E você só vai conseguir vendê-lo quando conhecer muito bem cada detalhe da unidade. Quanto mais informações você souber do produto, mais fácil para comercializá-lo.

Outro ponto é saber qual o tipo de produto que o mercado está procurando, ou seja, é fundamental entender quais são as tendências do mercado. Por exemplo, os apartamentos com varanda gourmet estão invadindo os grandes centros urbanos, uma vez que há uma demanda por eles. Nesse sentido, compensa concentrar seus esforços para captar esse tipo de produto.

Praça

O quesito Praça se refere à localização onde o produto vai ser comercializado ou, o ponto comercial. No caso dos imóveis, trata-se dos bairros. Aqui, para você, corretor de imóveis, se dar bem, vale a pena atuar em uma região em que você conhece na palma da mão. Isso porque você pode informar aos seus clientes os tipos de serviços que eles podem encontrar pelo bairro, além as condições de trânsito. Essas informações ajudam o cliente a decidir, ou não, pela compra de determinado imóvel.

Mas não só isso. Invista seus esforços em bairros que estejam em plena valorização ou que tenha pouca competição. Assim, quando você comercializar imóveis, suas comissões serão mais gordas.

imob-v30-728x90-post

Preço

Conhecendo muito bem seu produto e a praça em que ele será comercializado, fica mais fácil de definir e explicar o seu preço final. Você precisa deixar claro porque o valor do imóvel é aquele. Justifique falando que a varanda gourmet e a segurança do bairro, por exemplo, valorizam o produto. Sendo bem transparente quanto ao preço do produto, explicando tudo o que o valoriza e o desvaloriza, fica mais fácil iniciar uma negociação com os clientes.

Promoção

O último ponto é a promoção. Sem ele, todo seu trabalho será em vão, uma vez que a promoção é responsável por fazer com que o público-alvo conheça a existência do seu produto. De forma resumida, trabalhe na divulgação do imóvel em diversos canais, dos tradicionais aos mais recentes: placas, anúncios de jornais, blogs, portais imobiliários e redes sociais.

Aplique os 4Ps do marketing em seu trabalho no mercado imobiliário e veja os resultados melhorarem em curto prazo.

E para tornar a sua aplicação nos 4ps mais eficaz, convidamos você a conhecer a plataforma imobiliária ville Imob, são 7 soluções que poderão aumentar suas vendas e locações de imóveis.

Boas vendas!

Posts relacionados