Estamos passando por um momento de instabilidade financeira no País onde para conseguir se mantiver vivo no mercado é preciso realizar algumas ações para economizar dinheiro na sua imobiliária. Muitos concentram esforços em algumas áreas cortando os custos, inclusive com pessoal. Outros preferem arriscar realizar diversos cortes no orçamento. Será que essas ações são válidas?
Existem 3 aspectos que precisam ser avaliados antes de tomar decisão para economia de dinheiro na sua imobiliária, qualquer ação impensada pode gerar grande impacto, onde será mais difícil de se recuperar, confira a seguir:

Não compre, alugue

Se sua imobiliária tiver opção de terceirizar serviços ou alugar o espaço do escritório, ao invés de manter uma sede própria, faça-o. Essas ações permitirá que você concentre seus esforços em ações que lhe dará retorno. Algumas imobiliárias estão utilizando os escritórios virtuais ou alugando espaços co-working, pense nessa alternativa.

Mantenha o foco no seu ativo econômico

O representante legal da imobiliária precisa focar nas atividades no qual é especialista, se você trabalha melhor com venda do que com aluguel, invista em ações voltadas para a venda de imóveis e deixe as ações para locação de imóveis um pouco de lado. Dessa forma você limita seu raio de ação e diminui os gastos com ações que não darão o retorno esperado.

O ativo econômico são os investimentos em ativos que movimentam o caixa da sua imobiliária. Por isso as ações precisam ser concentradas em investimentos no setor mais lucrativo da empresa, para que consigam obter bons resultados.

Controle com mãos de ferro os dados da sua imobiliária

Quando se fala em ações para economizar dinheiro na imobiliária, a primeira que normalmente sofre as consequências é a folha de pagamento, porém é preciso lembrar que esses cortes podem significar perda de vantagem competitiva, ou seja, você pode perder seus melhores corretores, logo sua margem de vendas poderá cair drasticamente e ainda fará com que os demais se sintam desvalorizados.

O que é necessário é que você controle todos os gastos e custos e tenha em mente quais são os custos que agregam valores para sua imobiliária, como custos com logística ou despesas com comunicação. A melhor de identificar quais os custos precisa ser reduzida e realizar um detalhamento do peso de cada item nas contas da imobiliária.

Conheça algumas dicas para enxugar seus custos ao final do mês

Home Office: O Home Office vem sendo adotado por diversas empresas e pode ser facilmente adaptado à rotina das imobiliárias, uma vez que os corretores não precisam, necessariamente, estar no escritório da imobiliária.

Escritórios virtuais: Como falamos anteriormente, é uma opção para cortar os custos com escritórios físicos e você não perde a credibilidade com seu comprador.

Pagamento à vista: Se precisar realizar qualquer pagamento, seja com fornecedor ou de serviços, faça-os à vista e não prolongue dívidas.

Aproveitem as dicas e tente utiliza-las máximo. Sucesso e Boas vendas!

Posts relacionados