Assim como em qualquer profissão, uma das coisas que mais pode prejudicar a qualidade do trabalho de um corretor de imóveis é a falta de organização de seu tempo. Já imaginou que situação chata é chegar atrasado a uma visita com o cliente ou, pior, perdê-la porque esqueceu ou ficou muito tempo ao telefone?

Pois é, esses são só alguns exemplos do que pode acontecer quando você não tem controle sobre seus compromissos profissionais. Se essas e outras coisas parecidas acontecem com frequência, pode ter certeza: você precisa de uma gestão de tempo.

Como tempo é dinheiro, vamos dar três dicas fundamentais que vão ajudar você a gerenciar melhor o seu tempo e, assim, garantir o cumprimento de suas tarefas:

 

Estabeleça metas e prioridades

Estabelecer metas e as atividades mais importantes de serem cumpridas é o primeiro passo a ser dado na gestão de tempo. Assim, você fica sabendo onde quer chegar e como começar.

O corretor que trabalha em uma imobiliária certamente já deve ter metas preestabelecidas. Mas você também precisa estabelecer metas pessoais a serem perseguidas para garantir o alcance dos objetivos que a sua empresa exige.

Diante disso, o corretor deve decidir o que é prioridade para o seu dia a dia. O que precisa fazer primeiro, visitar o imóvel com o cliente ou responder os e-mails? E depois, precisa responder os e-mails ou fazer prospecções? E, apesar da importância, qual o melhor dia para fazer essas tarefas?

Percebeu? Não são só questões de estabelecer o que vem primeiro, mas também quando uma determinada demanda se faz presente com mais frequência. Sem esquecer que imprevistos acontecem. Logo, estabeleça horários flexíveis que lhe permitam algumas alterações sem perda de produtividade.

 

Faça um checklist e delimite bem os horários

Após os compromissos estarem organizados, o corretor de imóveis precisa se certificar de que pode cumprir todos. Inicialmente, manter tudo registrado em uma agenda única, de preferência online, é a melhor opção. Pois, se você perder o celular, sua programação pode ser acessada pelo computador.

Sua lista de compromissos também deve conter seu horário de descanso, alimentação e atividades pessoais, como visita ao médico. Afinal, um corretor que não se cuida, fica doente, perde compromissos, tempo e, finalmente, dinheiro.

Cada obrigação cumprida deve ser riscada da lista, mais um gesto simples de organização. E por falar em organização, seu espaço de trabalho também precisa estar organizado para garantir, por exemplo, que você não gaste tempo procurando um documento que não sabe ou não lembra onde está.

imob-v30-728x90-post

Não perca o foco

São muitas coisas com que se preocupar; a responsabilidade é grande. Por outro lado, o corretor que quer mesmo atingir suas metas precisa manter o foco. Para isso, é muito importante eliminar as distrações. Reserve um espaço para ler notícias, não se perca navegando nas redes sociais no horário errado e deixe os problemas pessoais longe das preocupações profissionais. Aliás, o inverso também deve ser feito, evite se preocupar com o trabalho no horário de lazer.

A possibilidade de ter um horário flexível deixa a tentadora ilusão de que você pode trabalhar quando quiser ou tiver vontade, mas não é bem assim. Nesse caso, a obrigação de cumprir sua rotina profissional é muito maior. Por isso, corretor, lembre-se sempre da palavra disciplina.

Quanto antes você se organizar, melhor. Não deixe de usar tudo que lhe ajudar a ganhar tempo – e a tecnologia vem contribuindo muito nesse sentido. Seja claro consigo e, em caso de necessidade, peça ajuda. Só não deixe de vender!

 

 

Posts relacionados