Segundo levantamento da ComScore, vídeos online alcançam 36% da população brasileira. O relatório divulgado em 2015 ainda aponta que os brasileiros passam três horas a mais assistindo a vídeos online do que pessoas de outros países da América Latina. Isso significa que os usuários no Brasil gastam, em média, 702 minutos por mês assistindo a vídeos na internet.

Diante desses dados impressionantes, você não acha que já passou da hora de usar isso a seu favor? A partir do vídeo online, você consegue apresentar seus imóveis de maneira rápida e detalhada. Essa estratégia pode gerar ainda mais interesse por parte dos usuários que têm uma consciência melhor a respeito do imóvel.

Além de abrir mais um canal de divulgação, fazer vídeos de imóveis ajuda você a aparecer mais bem posicionado nos buscadores. Isso porque o Google, maior buscador do mundo, tem nos vídeos uma de suas prioridades em seus algoritmos. Isso quer dizer que, quando um usuário realizar uma pesquisa sobre um imóvel no site, os vídeos tendem a se destacar nos resultados.

Com esses dados, você já deve ter se convencido de que esse é o momento certo para colocar essa estratégia de marketing imobiliário em prática. Vamos, agora, listar algumas dicas para que você saiba como fazer vídeos de imóveis e obter sucesso nessa empreitada.

Dominando o YouTube

– Tenha um canal: esse é o primeiro passo para a divulgação dos seus vídeos na maior plataforma de vídeos online do mundo. Com um canal no YouTube, você pode postar um conteúdo de qualidade e criar um público cativo que assista aos seus conteúdos. Essa plataforma alcança mais pessoas entre 18 e 49 anos do que qualquer outra rede de televisão!

– Qualidade dos vídeos: um vídeo com boa qualidade só é possível com um equipamento adequado. Claro, você não precisa ter uma câmera profissional, mas é essencial possuir um equipamento como smartphones e tablets que produzam com boa qualidade de áudio e vídeo. Há modelos que filmam em 1080p e tem boa captura de áudio. Isso já é mais do que o suficiente.

– Estude: é importante estudar sobre técnicas de filmagem para aprimorar o enquadramento, áudio e luminosidade do ambiente. A internet tem uma porção de conteúdo sobre isso a custo zero. Aproveite!

Planejando os conteúdos

Não crie simplesmente um “slideshow” com fotos do imóvel e poste no YouTube. Com planejamento, dá pra fazer muito melhor. Aqui, é muito importante ter um roteiro para saber o que fazer antes de produzir um vídeo. Outro detalhe é que você apareça no vídeo, o que passa mais credibilidade para quem está assistindo.

Para isso, você precisa conhecer bem o imóvel que será divulgado. Saiba quais os pontos fracos e fortes do imóvel para apresentá-lo com segurança. O imprescindível, é fazer com que o expectador se imagine no espaço. Para isso, descreva os ambientes com detalhes, informe como é o bairro, quais são as principais vias de acesso, os pontos de interesse como praças e supermercados. A interação com o espectador aumenta a relevância do seu vídeo.

imob-v30-728x90-post

Duração e edição

Após criar o seu vídeo, o tom do conteúdo fica por conta da edição. Existem ferramentas que te auxiliaram nisso, como Adobe Premiere, Movie Maker e Final Cut.

Quanto à duração, comece a produção com vídeos curtos de, no máximo, cinco minutos. Em seguida, acompanhe as estatísticas que o próprio YouTube fornece. Elas mostram quantos minutos, em média, os usuários estão assistindo e em que momento eles perdem o interesse pelo seu conteúdo.

Divulgação e otimização das buscas

Aqui, é importante pensar igual ao seu cliente quando procura um imóvel na internet, como ele buscaria um imóvel. Depois é só definir quais são as melhores palavras-chaves para você inserir no título e na descrição do seu vídeo. Provavelmente, não deve fugir muito desta equação: nome do empreendimento, localização e tipo do imóvel. Essas palavras devem estar presentes no título, tags do vídeo e descrição para otimizar as buscas na rede.

Agora, vale reforçar sempre que as redes sociais são ferramentas importantes para a divulgação de conteúdo. Elas aumentam a exposição e, por consequência, as chances de vendas. Ah! Aproveite para inserir os vídeos dos seus imóveis em seu site imobiliário também, além das imagens dos imóveis o seu cliente poderá fazer um pequeno tour no imóvel sem sair do lugar.

Caso não possua um site imobiliário que ofereça esse recurso, convidamos você a conhecer a plataforma ville Imob.

Siga nossas dicas e boa sorte com as vendas!

Posts relacionados