Todo corretor de imóveis precisa estar atento às inovações do mercado imobiliários, por mais distante da realidade que elas pareçam estar. Um exemplo bastante interessante e cada vez mais atual do que muitos podem imaginar é o conceito de casa inteligente – ou smart home, termo em inglês.

Objetivamente, trata-se da possibilidade de controlar, desde a iluminação, climatização e segurança até a TV e o som de sua casa a partir de um tablet, celular ou por controle de voz. Todos os sistemas ficam conectados à internet, oferecendo maior praticidade e segurança aos moradores. Alguns dispositivos podem, inclusive, ser acionados remotamente. Incrível, não é mesmo?

Os parâmetros de uma casa inteligente

Nos Estados Unidos, foram criados alguns parâmetros oficiais para definir melhor o que é uma smart home. Para ser considerada uma casa inteligente de verdade, o imóvel deve ser equipado com tecnologia que permita o controle a distância e conexão de internet.

A residência precisaria ter ainda, no mínimo, dois dos seguintes itens:

  • Eletrodomésticos: como geladeiras, refrigeradores e secadoras inteligentes;
  • Entretenimento: como TVs inteligentes;
  • Temperatura: como sistema de climatização inteligentes;
  • Iluminação: como sistemas de iluminação inteligentes;
  • Ar livre: como sistemas de controle de plantas e irrigação inteligentes;
  • Segurança: como sistemas de controle de fogo, monóxido de carbono, fechaduras e sistemas de alarmes inteligentes.

O conceito de casa inteligente no Brasil

A automação residencial no Brasil ainda está um pouco distante da realidade da maioria da população. De acordo com Associação Brasileira de Automação Residencial e Predial (Aureside), um projeto básico desse tipo custa, hoje, a partir de 6 mil reais.

Não é por acaso que a automação residencial virou sinônimo de projeto para residências de padrão bem alto. Essa concepção ainda impede que haja um crescimento maior no interesse sobre o assunto.

Nesse sentido, só compensa o corretor de imóveis falar das vantagens de uma casa inteligente aos clientes de com alto poder aquisitivo. Por isso, é fundamental que o profissional reúna e consulte muitas informações dos clientes em seu CRM Imobiliário. Assim, ele não dá nenhuma bola fora durante a visita.

A casa inteligente no futuro

Por outro lado, as tecnologias criadas para se montar uma casa inteligente, ou casa conectada, estão evoluindo rapidamente. E tal modernização deve contribuir para que ela se torne mais acessível.

Sem contar que uma pessoa interessada não precisa conectar a casa inteira de uma vez. Tudo pode ser feito de forma gradual, considerando as prioridades e as principais necessidade do morador, além do poder aquisitivo, é claro!

Quando a automatização envolve coisas úteis para indivíduos de todas as classes, ela já tende a custar menos – não exatamente algo barato, mas que pode ser acessível por todos.

Plataforma ERP ville Imob

Algumas vantagens da casa inteligente

Em alguns países europeus, por exemplo, onde o inverno é bastante severo, as residências precisam de um sistema de calefação e a água quente precisa circular constantemente pelos canos, para não correr o risco de congelar. Em uma casa conectada, o controle das temperaturas podem ser feitos com maior facilidade.

Trazendo para nossa realidade, já pensou não precisar de se preocupar tanto com a segurança? Primeiro, porque, mais do que estar em suas mãos, a chave de sua casa pode ser a sua mão, ou melhor, a sua impressão digital.

E poder vigiar a casa a distância acaba sendo uma tranquilidade a mais, em meio a constante sensação de violência crescente. Claro que esses são só alguns dos vários benefícios que uma casa inteligente pode proporcionar.

O futuro já chegou

Lâmpadas que acendem ao detectar a presença de alguém, programação para desligar a TV em um determinado horário e, por que não dizer, até o controle remoto são exemplos de que o futuro já está aí. A diferença é que as funcionalidades devem ficar disponíveis em um mesmo dispositivo bem mais potente para tornar tudo bem mais fácil.

E com a agilidade das produções, é questão de tempo para termos essas inovações ao nosso alcance. Aliás, aproveitando a popularidade dos dispositivos móveis (smartphones e tablets), é fundamental que o corretor de imóveis tenha uma versão mobile de seu site.