27 3262-0877 - WhatsApp: 27 99748-7465 [email protected]

O código de ética imobiliária é muito mais do que um documento burocrático que rege a profissão do corretor de imóveis. É, também, um guia básico de como a profissão pode se desenvolver de maneira honesta, profissional e lucrativa para todas as partes envolvidas em uma negociação imobiliária.

Ou seja, se você é corretor imobiliário ou mesmo está pensando em se tornar um, a ética imobiliária não deve ser encarada como algo negativo e engessado da profissão. Mas sim, deve ser enxergado como a solução para vários problemas e questões que você poderá ter durante a sua jornada.

Assim sendo, a Ville Imob vai te ajudar a entender melhor tudo isso e também listaremos alguns dos principais tópicos que regem o código de ética imobiliária. Continue lendo e entenda tudo!

O que é ética imobiliária e por que ela é importante?

ética imobiliária

A ética imobiliária é, acima de tudo, uma maneira prática e simples de reger uma profissão tão importante quanto a do corretor de imóveis.

Ou seja, é uma lista de itens feitos pelo COFECI – Conselho Federal de Corretores de Imóveis, que diz o que os corretores podem e não podem fazer. Direitos e deveres para o dia-a-dia da profissão.

Tudo isso vai ajudar você, corretor, a tomar as decisões corretas no seu trabalho para que não precise criar angústias e ansiedade para determinadas situações.

Afinal, muitas vezes a gente fica na dúvida se algo pode ou não pode – e compete a nossa moral decidir. E o código de ética é feito justamente para que haja uma diretriz única para aquelas tomadas de decisões mais difíceis.

Se você tiver alguma dúvida com relação ao exercício da sua profissão, basta consultar o código de ética e tudo (ou praticamente tudo) será resolvido.

Por exemplo, se você tiver dúvida sobre a negociação de um imóvel, poderá conferir o código de ética e ver se negociar este imóvel (dentro das características dele) é realmente a melhor decisão para a sua carreira.

Além disso, o código de ética imobiliária vai te ajudar a ter um melhor relacionamento com o mercado, clientes e com seus colegas de profissão. Afinal, a concorrência existe.

Só que você precisa lidar com ela de maneira saudável, sem conflitos e sem decisões eticamente questionáveis. E para não ter dúvidas quanto a isso, basta acessar o código de ética imobiliária.

Principalmente hoje em dia, com tantas ferramentas digitais e informações disponíveis, novos corretores podem ter dúvidas sobre como agir em determinadas situações. E o código ética estará lá para tirar estas dúvidas.

Mesmo que você faça uma boa gestão do seu negócio, utilizando as ferramentas da Ville Imob e boas práticas de mercado, conhecer as regras básicas da profissão é fundamental. E para te ajudar, listamos algumas das principais logo abaixo. Continue lendo.

código de conduta imobiliária

Principais práticas de ética imobiliária segundo o documento do COFECI

Quem elabora o código de ética imobiliária é o COFECI – Conselho Federal de Corretores de Imóveis. Por isso, sempre que você precisar consultar alguma regrinha, basta acessar o site deles.

No entanto, para te ajudar, separamos alguns dos principais itens do código de ética dos corretores imobiliários, para que você tenha uma boa ideia de como a profissão deve funcionar.

Importante: esta lista está baseada apenas no resumo das cláusulas oficiais. Ou seja, para consultar o código de ética na íntegra, você deve, necessariamente, acessar o documento oficial no site do COFECI, ok?

Veja um resumo da ética imobiliária:

  • Não permitir ou praticar atos que comprometam a dignidade da profissão;
  • Prestigiar as entidades da classe;
  • Manter constante contato com o Conselho Regional;
  • Zelar pela existência dos Conselhos Federal e Regional;
  • Exercer a profissão com zelo, discrição e lealdade;
  • Defender os direitos e a reputação da classe;
  • Zelar pela própria reputação;
  • Auxiliar na fiscalização do exercício profissional;
  • Manter o respeito com os colegas;
  • Colocar-se a par da legislação vigente;
  • Sempre apresentar dados rigorosamente corretos ao cliente;
  • Recusar transações ilegais ou imorais;
  • Comunicar imediatamente ao cliente os eventuais valores recebidos;
  • Prestar contas ao cliente;
  • Zelar apenas pela orientação técnica do negócio e deixar o cliente tomar uma decisão;
  • Restituir ao cliente documentos não mais necessários;
  • Oferecer recibos;
  • Contratar por escrito e previamente a prestação dos serviços;
  • Receber comissões somente de uma parte – salvo se houver consentimento de todos;
  • Responder civil e penalmente por atos danosos ao cliente;
banner ville Imob

O que o corretor de imóveis não pode fazer?

  • Aceitar tarefas que não esteja preparado tecnicamente para aceitar;
  • Manter sociedade profissional fora das normas estabelecidas;
  • Promover a intermediação com cobrança de “over-price”;
  • Ter qualquer tipo de ganhos as custas do cliente;
  • Receber honorários que não correspondem aos serviços prestados;
  • Gerar prejuízos financeiros ou morais para outros colegas da classe;
  • Desviar clientes de outros corretores de imóveis;
  • Deixar de atender notificações para fiscalizações;
  • Acumpliciar-se com quem trabalha ilegalmente na profissão;
  • Praticar qualquer ato de concorrência desleal aos colegas;
  • Promover transações imobiliárias fora da legislação;
  • Abandonar os negócios sem aviso prévio e justo aos clientes;
  • Solicitar ou receber favores de clientes para concessões ilícitas;
  • Deixar de cumprir prazos;
  • Aceitar transações que estejam sob responsabilidade de outros corretores;
  • Anunciar capciosamente;
  • Reter em suas mãos o negócio que não pode realizar;
  • Utilizar sua posição para obter vantagens pessoais;
  • Receber sinal nos negócios caso não esteja expressamente autorizado;

A ética imobiliária é pautada, principalmente, a partir destes itens acima. A lista não está na sua íntegra e, portanto, voltamos a mencionar: acesse o site oficial do COFECI para ler o documento em sua íntegra. É de responsabilidade do corretor imobiliário acessar o documento e ficar a par de tudo.

Qual é a importância do CRECI para a carreira do corretor de imóveis?

Se você quer aprender como ser corretor de imóveis, o primeiro passo é justamente se adequar ao que o mercado pede. Ou seja, você precisa, necessariamente, se associar ao Conselho Regional dos Corretores de Imóveis – CRECI – para, finalmente, se adequar a ética imobiliária.

Mas por que é tão importante ter a certificação do CRECI para exercer a profissão?

Basicamente, sem o CRECI você não poderá negociar imóveis. E toda prática que for feita sem a vinculação ao órgão, será considerada ilegal. Por isso, não vale a pena você arriscar seu nome e sua reputação pelo fato de não estar associado ao CRECI.

O CRECI – Conselho Regional dos Corretores de Imóveis, trabalha exclusivamente para regular o mercado e fazer com que as negociações sejam saudáveis e respeitosas para ambos os lados.

Ele vai fiscalizar irregularidades, práticas indevidas e vai tornar o ambiente de trabalho mais justo para todos os corretores.

O CRECI impede concorrência desleal e práticas que, de alguma forma, agridem o código de ética imobiliária. Por isso, tornar o órgão cada vez mais forte é, também, função do corretor de imóveis, previsto no código de ética elaborado pelo COFECI.

Leia mais sobre o assunto: Descubra como tirar o CRECI jurídico e montar sua empresa imobiliária.

ética imobiliária

O que fazer para ter acesso ao código de ética imobiliária?

Conforme mencionamos durante o artigo até aqui, o código de ética imobiliária pode e deve ser conferido diretamente no site do próprio COFECI, que é o Conselho Federal dos Corretores de Imóveis.

A lista de itens mencionada neste artigo é apenas uma maneira de ilustrar, de forma resumida, quais são os principais itens que regem o regulamento. Mas é seu dever como corretor profissional, estudar e entender cada item do código de ética. Assim, você tornará o mercado muito mais forte e justo.

Como ser um corretor de imóveis ético no exercício de sua função?

Somente seguir a ética imobiliária vai te fazer um corretor melhor? A resposta é sim. Só que, em paralelo a isso, você precisará desenvolver várias outras práticas relacionadas ao bom desenvolvimento da sua carreira e mercado.

Com as ferramentas da Ville Imob você terá uma melhora significativa frente a concorrência, de modo a organizar sua profissão e otimizá-la. Só que, mesmo que você tenha as melhores ferramentas, algumas coisas intrínsecas ao trabalho também precisam acontecer.

Nós listamos alguns itens que vão te ajudar a ser um melhor corretor de imóveis, veja:

  1. É muito importante ser sincero e sensato com seu cliente;
  2. Haja sempre com respeito a outros corretores;
  3. Não precisa decorar, mas estude cada parágrafo do código de ética do COFECI;
  4. Pense sempre no resultado de longo prazo de suas ações;
  5. Estruture sua profissão com um plano de negócios e de marketing;

Vamos entender detalhes de cada passo listado acima. Veja abaixo.

É muito importante ser sincero e sensato com seu cliente

ética imobiliária

Antes de mais nada, precisamos ter uma coisa muito clara em evidência: honestidade não pode ser um diferencial competitivo ou uma virtude no negócio. Precisa ser uma obrigação ética.

Por isso, ao realizar aproximações, captura de leads imobiliários e outras atividades para gerar vendas, não use de argumentos como este. As pessoas esperam que o corretor seja honesto e você não precise explorar algo que deve ser uma obrigação.

Ou seja, busque sempre seguir os princípios éticos da profissão. Não desvirtue para um lado ou para o outro em troca de alguma bonificação ou em troca de algum favor pessoal. Isto será totalmente prejudicial para sua carreira e para o mercado como um todo.

Veja o que diz o código de ética do COFECI no Art. 3˚ VI:

Exercer a profissão com zelo, discrição, lealdade e probidade, observando as prescrições legais e regulamentares.

Haja sempre com respeito a outros corretores

Sim, a concorrência existe. E você terá, sim, que concorrer com outros corretores de imóveis.

Muitas vezes, você terá concorrência com o mesmo imóvel. E é aqui que a ética imobiliária deverá falar mais alto do que qualquer ganho que você possa ter com o negócio.

Portanto, não tente “roubar” clientes de outros corretores somente pelo fato de você achar que você é um melhor profissional. Pelo contrário. Haja com respeito e construa campanhas e ativações para atrair clientes organicamente para o seu negócio.

A decisão de mudar de corretor precisa ser exclusivamente do cliente. Tentar obter os clientes do seu concorrente de maneira indevida gera punições perante o código de ética imobiliária. Atente-se para isso!

Veja o que diz o COFECI no Art. 6˚ VI e VII, consecutivamente:

Angariar, direta ou indiretamente, serviços de qualquer natureza, com prejuízo moral ou material, ou desprestígio para outro profissional ou para a classe.

Desviar, por qualquer modo, cliente de Outro Corretor de Imóveis.

Não precisa decorar, mas estude cada parágrafo do código de ética do COFECI

código de conduta imobiliária

Esta é uma dica fundamental para quem quer ser um bom corretor de imóveis: estude o código de ética fornecido pelo COFECI. Sem entender cada parágrafo, você será um corretor menos completo.

Isto significa que você precisa decorar cada linha do texto ou levar o código de ética impresso para as negociações que você participa? Não!

No entanto, o entendimento do documento vai fazer você pensar de uma maneira muito mais profissional e adequada para a saúde do mercado. E isto faz toda a diferença na hora de ter sucesso na carreira.

Inclusive, temos um artigo sobre sucesso. Veja: Como ser um corretor de imóveis de sucesso.

Pense sempre no resultado de longo prazo de suas ações

Se você está ingressando agora na carreira de corretor de imóveis, tenha calma. No início, pode ser difícil conseguir seu primeiro cliente. Por isso, é muito importante que você foque sempre no longo prazo e busque os resultados de forma adequada.

Quando você olha demais para o curto prazo, as chances de tomar decisões equivocadas são bem grandes. Determinadas decisões devem ser pautadas sempre na ética e no respeito. E estas decisões geralmente estão ligadas ao longo prazo.

Por exemplo, tomar uma decisão compulsiva só para ganhar alguma bonificação pode até gerar dinheiro no caixa hoje. Mas lá na frente, sua carreira poderá estar em risco e com uma fama negativa – o dinheiro vai parar de entrar.

Estruture sua profissão com um plano de negócios e de marketing

E por fim, não não podemos deixar de mencionar a importância de ter uma carreira bem planejada do ponto de vista do negócio e do marketing. Tenha um plano de como agir para tomar decisões mais concisas.

A Ville Imob oferece diversas ferramentas para o corretor ter uma carreira mais otimizada e organizada, como o CRM Imobiliário. Mas além disso, você precisa desenvolver um plano que faça sentido para seus objetivos e também para a ética imobiliária.

Não haja na aleatoriedade. Trace estratégias e faça um plano de como atingi-las.

Leia estes dois artigos, que vão te ajudar: