A solicitação de um sinal para oficializar a compra é muito comum em diversas áreas, principalmente no mercado imobiliário onde é o vendedor que solicita o pagamento do sinal. Mesmo sendo algo muito comum é preciso ter cuidado e saber lidar corretamente com esse fato, pois o corretor precisa orientar seu cliente sobre alguns possíveis riscos antes dele pagar a quantia solicitada.

O sinal na hora de comprar um imóvel, tem como principal finalidade garantir a compra daquele imóvel, o cliente interessado repassa a quantia para o vendedor para que sua compra fique garantida até que ele finalize todos os trâmites para compra do imóvel.

Segundo artigo publicado no portal extra.globo.com (Extra), existem dois tipos de sinal que podem ser utilizados no momento da compra, sendo que eles possuem finalidades distintas, veja as dicas para compradores e vendedores:

Habilitação
Procure um corretor de imóveis ou uma imobiliária habilitados no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci).

Venda autorizada
Exija a apresentação da opção de venda, que é o termo que autoriza o intermediário a comercializar o imóvel em questão.

Tipos de sinal
Existem dois tipos de sinal: o confirmatório, que será ratificado na escritura e deve constar dessa maneira do recibo de pagamento do sinal; e o penitencial, que implica na perda ou na devolução em dobro do sinal caso haja descumprimento do contrato ou desistência. O segundo tipo de sinal deve ser excluído, tomando-se cuidado com cláusulas que preveem perda do sinal.

Valores
Dê o menor sinal possível, com cláusula de devolução em caso de haver problemas na documentação do vendedor.

Prazo
No recibo do sinal, estabeleça um prazo razoável para que você não tenha problemas com a demora na liberação do financiamento.

É fundamental que ambas as partes estejam cientes de qual será a finalidade do sinal que está sendo pago e quais serão os riscos que o cliente em questão estará assumindo caso desista da compra. É muito comum existir confusão entre o valor do sinal com o valor da entrada por esse motivo o corretor deverá deixar bem claro para o cliente interessado.

Portanto, é importante o corretor e a imobiliária ter um controle de todo esse processo financeiro sobre o sinal até o momento final da compra do imóvel, é valido possuir uma listagem desses clientes.

Nada mais apropriado é utilizar um sistema que oferece recursos de gerenciador financeiro imobiliário, como o ville Imob. Você poderá ter um controle completo como, contas a pagar e receber, os seus fornecedores, devedores, emitentes, produtos e serviços e além de tudo emitir recibos, documento importante para o cliente interessado, os corretores e as imobiliárias.

Então, não perca a oportunidade de gerenciar seus processos imobiliários com recursos completos!

Sucesso e Bons Negócios!

Fonte: http://extra.globo.com/casa/compra/cuidados-na-hora-de-dar-sinal-na-compra-do-imovel-364266.html

Posts relacionados

Compartilhe: