O inbound marketing imobiliário é uma alternativa muito efetiva na busca de melhorias e novas estratégias digitais. Se você estiver começando agora e não tem ideia do que estamos falando, este artigo vai te ajudar a entender todos os conceitos de forma prática e objetiva.

Desta forma, o marketing da sua imobiliária poderá ir para um patamar superior, fechar mais negócios e, consequentemente, faturar mais. Acompanhe para entender.

Inbound marketing imobiliário

Quando falamos de marketing, muita gente logo associa o termo a um vendedor chato de call center. No entanto, com o passar dos anos e dos estudos do comportamento do consumidor, criaram-se novas formas de fazer marketing. Menos abusivas, menos agressivas e muito mais afetivas. O que é o caso do inbound marketing imobiliário.

Esta simples (porém complexa) estratégia, pode ser responsável pela criação e alcance de novos clientes em pouco tempo. No entanto, é preciso saber exatamente o que fazer, como fazer e quando fazer. Caso contrário, se você não tiver o norte correto, as chances de os resultados não aparecerem são grandes. Por mais que possa parecer complexo, é muito simples de entender e, com um bom plano, colocar em prática não vai ser segredo. Continue lendo.

O que é marketing?

Para começar o que é o inbound marketing imobiliário, precisamos entender o que de fato é o marketing como um todo. Como mencionamos no início deste texto, talvez você já tenha ouvido falar ou ser apresentado ao marketing como uma ferramenta chata. Seja o vendedor de call center que liga a todo instante ou o folheto que você recebe na rua de alguém anunciando alguma empresa. Isto não só está errado, como é uma forma antiga e defasada de buscar vendas.

Inbound Marketing Imobiliário

O marketing, por outras vezes, é confundido também com um simples setor dentro de uma empresa. Outro ponto de vista equivocado, pois acaba tirando o respeito e o crédito que um bom marketing pode proporcionar. Assim sendo, podemos entender o marketing como uma veia estratégica fundamental de uma empresa. Como estamos falando de imobiliárias, o marketing deve estar 100% alinhado com as demais áreas. Afinal, ele é quem desenvolverá ações baseadas em todo o resto.

Para entender melhor, vamos imaginar que um imóvel precisa ser vendido com um prazo máximo de 3 meses. Qual o primeiro passo que você deve dar? Encontrar um cliente. Mas como fazer isso sem nenhum tipo de ferramenta? Neste caso, o marketing entra para ajudar. Porém, ele não poderá fazer nada se não tiver um alinhamento completo entre todos os setores da imobiliária. Desde a recepção até o gerente principal. Todos precisam estar apontando para o mesmo lado e remando para o mesmo destino.

Isto parece simples de entender. Porém, colocar em prática não é tão fácil. Pois para desenvolver uma ação que seja baseada em um imóvel, muitos outros processos precisaram estar prontos antes. Se a ideia é vender um imóvel, este imóvel precisa estar devidamente pronto, registrado, documentado, etc. E este é um trabalho que não parece, mas está ligado ao marketing. Ou seja, marketing feito da forma certa não é tudo, mas é uma porção muito grande do sucesso da sua empresa.

O que é inbound marketing?

Agora que já entendemos o que é o marketing de forma geral, é hora de entender o que é inbound marketing. O primeiro passo para entender esta ferramenta é justamente não pensar nela de forma separada do marketing. Ou seja, tudo é marketing e tudo está sob o mesmo espectro. No entanto, há ramificações e estratégias diferentes dentro de qualquer área, não é mesmo? E no marketing não é diferente.

Assim sendo, o inbound marketing nada mais é do que uma forma de atrair clientes e gerar vendas. No entanto, esta forma é muito menos invasiva e agressiva, se comparado com os modelos tradicionais que conhecemos hoje em dia. Uma das funções do marketing é criar ações que também podem ser campanhas de anúncios. O objetivo sempre será vender. No entanto, o inbound marketing tem o mesmo objetivo. Porém, é feito de uma forma mais humana. Ao invés de você dizer que seu produto é melhor, você dará algo para o potencial cliente antes mesmo de pedir o dinheiro dele (no caso, vender um produto).

Se pudermos resumir o inbound marketing em poucas palavras, seria: uma forma de gerar lucros e fazer amigos. Como assim fazer amigos? Explicaremos no decorrer do texto! Antes disso, precisaremos entender como a invasão do marketing tradicional fez autores e pensadores criarem outras formas de atrair o público certo. Acompanhe.

Inbound Marketing Imobiliário

O problema das propagandas de televisão

Propaganda de televisão. Está aí uma forma extremamente clássica de anunciar um produto ou uma empresa. Todo departamento de marketing de grandes empresas sonham em ter um comercial veiculado em emissoras de televisão, pois ainda acreditam que esta é a melhor maneira de atrair o público. Não que ela não funcione e que seja ruim. O problema é que ela é invasiva. As pessoas não gostam. Elas são atrapalhadas.

Há públicos que são fiéis da televisão. E tudo que for anunciado por lá, tomarão como verdade e algo positivo. No entanto, a grande maioria das pessoas não gosta de ser interrompida enquanto assiste a um dos seus programas favoritos (e não é a toa que hoje em dia já existem alternativas, como Netflix, por exemplo). Entretanto, esta interrupção (anúncios) é necessária para a televisão sobreviver.

A forma invasiva como uma marca se posiciona dentro da casa das pessoas que estão na frente da TV, pode ser boa ou ruim. Tudo dependerá da linha criativa que o departamento de marketing alinhará com os publicitários que criarem o comercial. No entanto, não deixa de ser uma forma de interrupção, o que acaba com a experiência do usuário que não está lá para ver anúncios, mas sim para assistir a um programa.

A poluição causada por materiais gráficos impressos

Além da televisão ser invasiva e causadora de interrupções, os anúncios gráficos não ficam para trás neste quesito. Quem nunca recebeu um panfleto na rua que não deu a mínima? Esta é uma situação desagradável que pode não só acabar com a reputação da empresa, jogar dinheiro fora e também deixar o ambiente extremamente poluído (sim, há pessoas que ainda jogam lixo no chão!).

Este é só mais um exemplo de como o marketing é encarado pela grande maioria das pessoas: fazer um anúncio, imprimir e distribuir! Seria uma grande ideia, se não fosse um pequeno porém: as pessoas não querem receber materiais impressos e muito menos de um produto que elas não tenham nenhum interesse. É como se fosse tiro ao alvo: vai distribuindo até acertar alguém que tenha interesse.

Inbound Marketing Imobiliário

Intervenções e interrupções na internet

O mesmo vale para a internet. Interrupções na navegação não só são invasivas, como tornam a experiência do usuário muito ruim. O público que está navegando em uma página não quer receber um pop-up ou um banner oferecendo algo que não tem nada a ver com o que ele está procurando ou pesquisando. Ele quer consumir o conteúdo que ele tem interesse.

No entanto, o velho (ou clássico) marketing, ainda preza por este tipo de alternativa, na esperança de encontrar uma pessoa entre dez mil que entrarem em contato com algum material publicitário. Seja um comercial na TV, um panfleto impresso ou um banner na internet.

O que estamos querendo dizer não é o que é certo e o que é errado. Mas sim, entender um pouco da perspectiva de quem é o público. Entender o que realmente ele precisa, onde ele precisa e como ele precisa. Entender as necessidades para que possamos supri-las. Esta é a essência de um bom marketing!

Atraia seu público de forma menos agressiva

Pois bem, agora que estamos afunilando o nosso pensamento, já conseguimos entender o que é marketing e como ele atua de forma invasiva no espectro global. As pessoas são bombardeadas de anúncios que elas não querem ver e precisam filtrar (desviar) estas informações o máximo possível para que continuem fazendo o que é importante.

Assim sendo, o inbound marketing imobiliário vem justamente para que esta demanda de mais carinho com o público e menos agressividade nas vendas seja atendida. A ideia é que você seja menos agressivo e mais prestativo para o seu potencial cliente (lead). Desse modo, é fundamental que você construa relacionamentos de forma mais ampla para que, num futuro de médio e longo prazo, consiga vender.

Você poderá fazer isso através de uma série de processos. Inclusive, com inbound marketing, que é, antes de mais nada, ajudar uma pessoa com o que ela está precisando para, somente depois, pedir algo em troca. Esta é uma foram de conseguir gerar resultados e ainda fazer amigos, como mencionamos no início do texto. Pois você estará sendo útil para alguém e isto é um dos pontos mais importantes no momento da abertura que um possível cliente dará a uma empresa.

Entretanto, quais são as boas práticas para que o inbound marketing imobiliário funcione da forma correta? Acompanhe o texto para entender como você pode aproveitar esta estratégia.

Inbound Marketing Imobiliário

Aposte no marketing de conteúdo para sua imobiliária

Para ter uma noção mais clara de como os novos modelos de marketing podem ajudar a sua imobiliária a crescer, vamos explorar um tema muito útil no auxílio a captura de novos clientes. O marketing de conteúdo é uma forma muito interessante de construir relacionamento, fazer amizades e vender um produto.

Esta ferramenta, que não tem nada a ver com anúncios em televisão ou panfletos impressos, pode ajudar a construir um público extremamente segmentado e útil para sua empresa. Veja a seguir algumas formas de interagir atrair potenciais clientes usando o marketing de conteúdo a seu favor.

Criação de um blog

A criação de um blog imobiliário é o primeiro passo para que você possa construir relacionamento e fazer um bom marketing de conteúdo. Através dele, você poderá criar materiais e conteúdos que ajudem o seu leitor de alguma forma. Funciona assim: se alguém estiver procurando sobre algum assunto imobiliário no Google, você poderá criar conteúdo para ajudar estas pessoas e, consequentemente, elas encontrarão seu blog.

A partir deste momento, você automaticamente estará atingindo pessoas que tenham o mínimo de afinidade com o seu produto, o que já é um passo enorme se comparado a distribuição de panfletos, onde você teria que entregar para dezenas de pessoas que não tem interesse. Depois que estas pessoas começarem a encontrar seu blog e seus conteúdos, você estará na parte inicial do inbound marketing: ajudando antes de pedir algo em troca. E com isto, você já estará sendo amigo antes mesmo de ser vendedor.

Inbound Marketing Imobiliário

Redes sociais

As redes sociais também são excelentes formas de construir relacionamento. Você também poderá usar a mesma estratégia: busque ajudar as pessoas com postagens construtiva e que agreguem valor em algo. Quanto mais você for útil para as pessoas certas, mais elas considerarão você (a sua imobiliária) como referência e autoridade no assunto. O que é ótimo para gerar credibilidade e, futuramente, vendas.

Use o e-mail marketing a favor

Depois que você começar a gerar conteúdo e atrair pessoas interessadas no seu assunto, é hora de começar a trabalhar ainda mais ativamente. Assim sendo, você poderá usar o e-mail marketing a seu favor. A dica é tentar, de alguma forma, capturar o contato das pessoas que acessam seu blog ou suas redes sociais.

São os chamados leads (potenciais clientes). Com estes dados, você poderá construir um relacionamento de amizade no decorrer de meses através de e-mails também construtivos, mas sempre com alguma chamada para ação que faça o potencial lead dar um passo a mais no seu funil de vendas imobiliário. Através destas ações bem construídas, a venda se tornará muito mais fácil e praticamente automática!

No entanto, você precisará ter uma ferramenta de CRM imobiliário que ajude você em todos estes aspectos. Conte com a Ville Imob para te ajudar neste sentido, aproveite as dicas de inbound marketing imobiliário e comece a usar as boas práticas de um marketing inteligente ainda hoje. Boa sorte!

estrategias digitais para venda de imoveis