Na última década, o Brasil passou por um boom imobiliário nunca antes visto. Para se ter uma ideia, de acordo com o levantamento do Banco de Compensações Internacionais (BIS, sigla no inglês), o país experimentou a maior valorização imobiliária do mundo entre 2008 e 2013. No período, o preço dos empreendimentos saltaram 121,6%.

Diante desse cenário favorável, muitas pessoas resolveram abandonar suas profissões para investir na carreira de corretor de imóveis. Por isso, podemos encontrar nesse meio, ex-jornalistas, ex-advogados, ex-médicos e até aposentados.

Não é por menos que, segundo o Sindicato da Habitação do Estado de São Paulo (Secovi-SP), já são mais de 300 mil corretores de imóveis atuando em todo o Brasil. Agora, não basta ter vontade e lábia para se tornar corretor. Você precisa passar por um processo de estudos e formação.

Confira, a seguir, como ser um corretor de imóveis e como se destacar nesse setor tão concorrido:

Formação profissional

Como em qualquer profissão regulamentada, o mercado imobiliário exige uma qualificação por parte dos corretores. Há diversos cursos que formam esse tipo de profissional. Algumas faculdades oferecem o curso de Ciência Imobiliária (4 anos de duração) ou de Gestão Imobiliária (dois anos de duração). Outro caminho, mais curto ainda, é fazer um curso de Técnico de Transição Imobiliária que vai de 4 a 18 meses.

Durante os estudos, o corretor em formação precisa encontrar um lugar para colocar em prática tudo o que está vendo na teoria. Aqui, entra um momento fundamental para qualquer profissional: o estágio.

Concluindo as duas etapas acima, cursos de formação e estágio, você precisa fazer seu registro no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) do seu estado. Com a carteira do Creci em mãos, você já está autorizado a prestar o serviço de intermediação imobiliária.

Continue aprimorando seu conhecimento

Tudo o que falamos no tópico anterior é só o início da carreira do corretor de imóveis. Todos passam pelo mesmo processo. Agora, se você quer se destacar em meio a tantos profissionais, é preciso fazer muito mais. Em outras palavras, continue estudando por meio de livros, cursos, eventos da área e siga acompanhando as notícias do mercado.

Sendo um corretor muito bem informado, você vai trazer muito mais credibilidade e segurança para os seus clientes. Nunca deixe de ficar atualizado da sua área.

Mantenha uma boa postura

O corretor de imóveis é constantemente “julgado” pelos clientes. Portanto, ser grosseiro no atendimento, não ouvir a palavra dos clientes, falar em um tom de voz fora do adequado e se vestir de qualquer jeito para uma visita são atitudes que afastam as pessoas de você.

Por isso, procure treinar bastante essas etapas de relacionamento com amigos e familiares. Assim, você vai conseguir deixar uma boa impressão logo de cara.

Utilize ferramentas para gerar vendas

Depois de se profissionalizar e obter todo um entendimento sobre a profissão que deseja seguir, utilize plataformas como o ERP ville Imob, com soluções completas como, Site Imobiliário, Software de Gestão, Versão Mobile, CRM Imobiliário, Chat Corretor Online, Integração Social, Integração com os portais imobiliários. Todas soluções em único sistema para gerar mais produtividade, aumentar a sua visibilidade e divulgando cada vez mais os seus imóveis.

Você já sabe o passo a passo básico para ser corretor de imóveis. Sabe, inclusive, por quais caminhos seguir para obter sucesso na carreira. Agora, é com você! Assine nosso Blog no final desse texto e receba periodicamente dicas e novidades do mercado imobiliário.

Posts relacionados