Por lei, o responsável pela intermediação de uma venda de imóvel é obrigado a receber uma comissão. De acordo com a tabela do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de São Paulo (CRECI-SP), a comissão do corretor deve ser entre 6% e 10% sob o valor de cada propriedade. A porcentagem varia de acordo com o tipo de imóvel (urbano, rural e industrial).

No entanto, não é raro ver um monte de corretores e imobiliárias lamentando a perda de comissão. Em tempos que quase não existe mais exclusividade, o mesmo imóvel é divulgado por mais de uma imobiliária. Aí, o comprador pode ter feito a visita com você e fechar a negociação com um outro profissional ou até mesmo diretamente com proprietário do imóvel.

O resultado dessa história é: se não fizer a declaração de visita ao imóvel (ou ficha de visita), você corre um sério risco de ficar sem a sua comissão. Diante desse cenário cada vez mais comum, você não deve se esquecer desse importante documento. Confira mais a respeito da declaração de visita ao imóvel:

 

Afinal, por que fazer a declaração de visita ao imóvel?

A ficha de visita é um documento que tem validade jurídica para provar que o comprador conheceu o imóvel por meio do corretor. Dessa forma, você garante a sua merecida comissão, mesmo que a negociação tenha sido concluída diretamente com o proprietário do imóvel ou com uma outra imobiliária.

Pois de fato, o corretor de imóveis nesse momento já deve ter prestado toda a consultoria, esclarecido dúvidas, levou o cliente a visitar o imóvel, explicou sobre documentação do imóvel, dentre vários outros trabalhos que demandam tempo e dedicação.

Assista ao vídeo abaixo e veja como gerar uma declaração de visitas na plataforma ville Imob.

 

Ah, mas para que a declaração de visita ao imóvel tenha alguma validade jurídica, o seu cliente precisa assiná-la. E é aí que muitas vezes o corretor se atrapalha…

Esqueceu de levar o documento?

O corretor de imóveis está sempre em movimento, seja para realizar uma visita, para fazer a captação de imóveis ou para colocar placas nos imóveis. Com essa correria do dia a dia, o profissional muitas vezes se esquece de elaborar e levar a ficha de visita na hora de se encontrar com o cliente. Aqui, a dica é colocar em sua agenda um lembrete. No smartphone, você pode programar para notificar esse lembrete uma hora antes da visita.

Falta coragem para pedir a assinatura?

Alguns corretores têm receio de pedir ao cliente para assinar a declaração de visita ao imóvel. Isso pode parecer que o profissional está pressionando o interessado pelo imóvel a fechar a negociação com ele e, assim, afastá-lo de vez. No entanto, quando você for pedir a assinatura do cliente, seja transparente com ele: fale que o documento em questão faz parte do seu trabalho e é de extrema importância para que você possa exercer a profissão.

Lembre-se: o corretor de imóveis deve manter o diálogo da forma mais transparente com seus clientes. Há momentos em que você deve falar a verdade, por mais chata que ela seja. O corretor que só fala aquilo que os clientes querem escutar não tem vida longa na carreira.

imob-v30-728x90-post

Portanto, trabalhe de forma correta para evitar futuros transtornos para o corretor ou para o cliente.
Abraço da equipe ville Imob.

Posts relacionados