Em tempos de incertezas quanto à evolução das vendas no mercado imobiliário, o comprador que já está se programando para adquirir um imóvel novo, assim como o corretor de imóveis, deve ficar mais atento às oportunidades que podem surgir.

Com o objetivo de garantir as vendas, as construtoras começam a aumentar a flexibilidade na negociação dos valores, dando descontos agressivos. No entanto, é preciso conhecer os benefícios e malefícios de comprar um imóvel na planta.

Então, aproveite para se informar e descubra se intermediar um imóvel durante a sua construção é interessante para você.

Benefícios

Quando olhamos para as características físicas, o imóvel na planta apresenta boas vantagens. Algumas construtoras permitem certas mudanças na localização das paredes. Assim, a troca de acabamentos e dos materiais utilizados se torna uma possibilidade viável para um imóvel em construção.

Na comparação com as peças antigas, os prédios atuais possuem cômodos com menos espaço. No entanto, o número de cômodos é maior para atender às necessidades atuais.

Esse tipo de imóvel é bastante apropriado para famílias com filhos. Além da quantidade de cômodos, eles estão sendo construídos em regiões fora do centro das cidades e pouco desenvolvidas. Por isso, há uma preocupação maior com áreas de lazer, como academia, playground, churrasqueira e quadras, evitando grandes deslocamentos.

As instalações elétricas, bem mais modernas que as de um imóvel antigo, é outro ponto de destaque.

Valorização do imóvel

Do ponto de vista financeiro, um imóvel vendido na planta também possui algumas vantagens.

A primeira está relacionada a condição de pagamento que permite ao comprador parcelar 30% da entrada durante o período da construção até o dia da entrega das chaves – que dura, em geral, três anos. O restante pode ser quitado de acordo com a maneira de financiamento escolhida.

O imóvel da planta não é mais barato que um já construído. Por outro lado, ele se valoriza mais com o passar dos anos, superando a quantia investida. O número maior de vagas na garagem também é uma vantagem particular desse tipo de imóvel que reflete de forma positiva na valorização.

imob-v30-728x90-post

Malefícios

O cumprimento no prazo da entrega do imóvel é a principal preocupação de quem faz uma compra na planta. E não há como discordar que é bastante desagradável você se programar para a mudança no novo apartamento e ele não ficar pronto na data prometida.

Reclamações desse tipo são bastante frequentes. Pior que o atraso na entrega é o risco de nunca receber as chaves de sua nova casa. Isso pode acontecer caso a incorporadora entre em falência durante a construção. Há até situações em que o imóvel adquirido passa a ser utilizado pelo vendedor para quitar suas dívidas.

Foi buscando evitar situações como essa que foi editada a Medida Provisória 656 de 7 de novembro de 2014. Com a MP, os credores só poderão tomar unidades dos empreendimentos que ainda não foram vendidos, um passo importante para dar mais segurança à aquisição de unidades na planta e não deixar o mercado imobiliário esfriar.

Quanto aos atrasos, ainda não há medida que cause uma solução efetiva. Por isso,é bom se informar sobre a situação financeira da construtora com o corretor que está intermediando a negociação.

O corretor, por sua vez, precisa estar atento ao mercado imobiliário e as ferramentas que poderá lhe ajudar. Portanto, tenha um site imobiliário como da plataforma ville Imob, que permite você a cadastrar os seus imóveis na planta, lançamento, pré-lançamento e outros.

Garanta bons resultados em suas vendas!

Posts relacionados

Compartilhe: