Você sabe como funciona o seguro residencial? Todo corretor de imóveis precisa estar preparado para oferecer esse serviço a seus clientes. Muitas vezes, o cliente está mais preocupado nas qualidades da casa ou apartamento que ele pretende adquirir. Nesses casos, depende do corretor fazer com que ele dê mais atenção à conservação da residência e a prevenção de possíveis incidentes.

A importância do seguro residencial pode se apresentar de diferentes formas, dependendo da negociação que está sendo feita. No caso de uma locação, o proprietário do local pode exigir que sua residência esteja devidamente protegida.

Para as situações de venda, a questão deve ser colocada ao comprador para que ele pense no futuro e diminua as chances de ser pego desprevenido de alguma forma. Quando se trata de um apartamento, a oferta do seguro da estrutura fica, obrigatoriamente, a cargo do condomínio.

Por isso, aproveite este texto para aprender como funciona o seguro residencial e, depois, explicar tudo pro seu cliente.

Para que serve e como funciona o seguro residencial?

Vale explicar que o seguro residencial é fornecido por empresas especializadas para proteger o imóvel contra incêndio, roubo, danos elétricos, raios, além de danos a terceiros e até fenômenos meteorológicos com alto poder de dano. No entanto, as seguradoras oferecem planos diferenciados para resguardar a casa ou apartamento.

Algumas oferecem serviços adicionais como chaveiro e manutenção do encanamento, entre outros. Cada um estabelece um tipo de cobertura e condições particulares. A contratação do tipo mais apropriado deve variar de acordo com a necessidade e a possibilidade do cliente.

Qual o valor de um seguro residencial?

Não dá para cravar com exatidão o valor de um seguro residencial. Uma das razões é a grande variedade de planos de cobertura. O valor de um seguro também é definido pela proporção de risco do imóvel. Por exemplo, a proteção de uma casa ou de um imóvel de veraneio custa mais caro que a de um apartamento.

como funciona o seguro residencial valor

Somente na hora do fechamento do contrato que é possível estabelecer com certeza o valor do seguro residencial. Para dar uma noção ao seu cliente, você pode informar que os valores podem variar entre 0,05% a 0,5% do valor da cobertura básica desejada.

Como escolher um seguro residencial?

Se o corretor tiver de ajudar seu cliente na escolha de um seguro residencial, a primeira sugestão a ser dada é ele conhecer suas necessidades antes da contratação. Aqui, portanto, é fundamental o corretor consultar seu CRM Imobiliário para ter acesso às principais informações dos clientes. Assim, fica mais fácil oferecer o melhor seguro residencial para cada situação.

É preciso considerar as diversas opções disponíveis para fazer a melhor combinação entre as coberturas básicas e adicionais. Na cobertura básica, a apólice inclui incêndio, queda de raio que danifique diretamente os bens segurados, explosão e implosão de qualquer natureza e origem.

Junto a ela, seu cliente pode adicionar cobertura de roubo/furto qualificado, Responsabilidade Civil Familiar, Responsabilidade Civil Empregados Domésticos, Fidelidade de Empregados Domésticos e Danos Elétricos/Eletrônicos – curto circuito.

Ofereça um corretor de confiança

Além de ajudar o cliente com as informações mais importantes, você pode indicar a ele um corretor de seguro de confiança. De preferência, um profissional que seja credenciado pela Superintendência de Seguros Privados (Susep). Esse gesto acaba sendo bastante significativo e proveitoso para o cliente e também para você.

como funciona o seguro residencial corretor de confiança

Se for o caso, sua imobiliária pode estabelecer parcerias com seguradoras de credibilidade para o fechamento de novos negócios. Você negocia os imóveis e depois oferece um serviço parceiro. Isso pode poupar tempo do comprador e de todos os envolvidos.

As vantagens do seguro residencial

Sempre aconselhe seu cliente a ler a apólice do seguro com cuidado – antes da contratação, é claro – para que ele saiba direitinho o que está contratando. Se tudo for esclarecido da melhor forma possível, seu cliente deve ficar com a certeza de que ter um seguro residencial é algo obrigatório para quem deseja viver com tranquilidade.

como funciona o seguro residencial vantagens

Ainda assim, outras dúvidas podem surgir. Mas agora você já sabe como funciona o seguro residencial. Então,fique a disposição em todos os canais, como WhatsApp, email, chat online, telefone, entre outros para atender a seus clientes o mais rápido possível.

Enfim, um corretor de imóveis que faz a diferença conquista a preferência de seus clientes e ganha boas referências. Seja um desses você também. Invista em uma plataforma imobiliária, como o ville Imob, e fique à frente da concorrência.

Posts relacionados