Neste artigo, descubra quais são as principais regras para locação de imóveis. Este é um assunto que deve ser tratado com cuidado, pois há muitos pontos que precisam ser levados em consideração.

Desta forma, separamos alguns dos tópicos mais importantes para considerar na hora de alugar um imóvel para seu cliente. Lembre-se que você está servindo de ponte entre alguém que quer alugar e outra pessoa que quer morar.

Acompanhe o texto e fique por dentro de tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Descubra quais são as principais regras para locação de imóveis

Mas, quais são as principais regras para locação de imóveis? Para começar a responder esta pergunta, é importante entender a base de qualquer locação: o contrato. Este é um instrumento fundamental para estabelecer a ligação jurídica entre ambas as partes.

E você será responsável por levar esta conexão de maneira clara e objetiva para que locatário e inquilino cheguem a um acordo viável. Entenda mais abaixo.

regras para locação de imóveis

Elabore um contrato completo

Elaborar um contrato completo pode parecer complicado no início. Mas acredite, não é um bicho de sete cabeças. Para elaborar um contrato completo, você precisará tomar alguns cuidados que somente um auxílio jurídico especializado poderá fornecer.

Visto que cada contrato será único e exclusivo, poderão haver cláusulas diferenciadas e com propósitos diferentes. No entanto, acompanhe abaixo algumas das principais abordagens que um contrato precisa ter.

  • Nome e qualificação do locador, do locatário: Informações básicas para estipular qualquer nominação contratual. Desta forma, o contrato terá validade.
  • Endereço do imóvel: Esta é uma das principais informações, visto que a descrição do endereço deve ser completa.
  • Valor do aluguel: Valor estipulado e acordado entre o inquilino e o dono.
  • Reajuste: período e índice: O reajuste anual do valor do aluguel deve estar atrelado ao que o Governo Federal estabelece como piso máximo. Todo ano as taxas precisam ser verificadas e corrigidas.
  • Formas de pagamento: Depois de estipular as formas de pagamentos, é de suma importância que ela apareça no contrato. Assim, o acordo ficará garantido.
  • Garantias apresentadas: Todo contrato de aluguel requer garantias por parte do inquilino. Seja elas via depósito, fiador ou seguro fiança. Desta forma, é importante estas informações aparecerem no contrato.
  • Encargos a serem pagos: Sempre que houverem encargos extras por parte do inquilino, deve estar descrito em contrato. Como por exemplo, água, luz, condomínio, etc.
  • Destinação do imóvel: Informe se o imóvel será para uso comercial ou residencial.
  • Duração do contrato: Uma das cláusulas mais importantes, visto que um contrato somente é válido no seu período de vigência.
  • Cláusula de vigência em caso de alienação do imóvel;
  • Termo de vistoria;
  • Multa rescisória;

Estas são as principais características de um contrato de aluguel que você precisa levar em consideração. Afinal, uma das principais regras para locação de imóveis é justamente ter os termos em dia e devidamente estipulados entre inquilino e dono.

regras para locação de imóveis

Explique tudo para o cliente

Por mais que você tenha elaborado um contrato completo, que é uma das partes mais importantes do processo, lembre-se também de que é preciso explicar tudo para seu cliente.

Para quem está familiarizado com termos e condições contratuais, quase não há dúvidas. Porém, para quem é leigo no assunto, é muito importante deixar claro todos os pontos do processo de locação.

Nunca deixe de abordar todos os pontos de um contrato de aluguel com o dono e o inquilino. Explique tudo de forma objetiva e que possa ficar claro para ambos. Esta é uma maneira não só de fazer o trabalho correto, mas também de criar um ambiente de segurança e estreitar os laços.

Afinal, sabemos que o atendimento é ponto chave e fundamental para ter sucesso no dia a dia. E pode ter certeza que o seu cliente irá notar a sua disposição de ajudá-lo, caso surjam dúvidas com relação ao contrato.

Uma das principais regras para locação de imóveis: As vistorias

Por mais que pareça óbvio, acredite: as vistorias precisam ser levadas a sério. Nunca deixe de fazê-las regularmente para estabelecer uma maior confiança entre dono e inquilino. As vistorias feitas da maneira correta garantem uma locação menos problemática.

Desta forma, as vistorias são parte fundamental e obrigatória em um contrato, conforme já falamos acima. E cabe aos responsáveis por ela, fazerem de forma exemplar para deixar tudo em dia.

regras para locação de imóveis

Deveres do locador

Quando você intermedeia uma transação de aluguel, deve deixar claro para o dono do imóvel tudo que ele precisa para ter um local regularizado e pronto para receber inquilinos. Desta forma, acompanhe alguns deveres do locador.

  • Entregar o imóvel pronto para usar;
  • Se responsabilizar por problemas anteriores de outras locações;
  • Informar todas as condições do imóvel para o inquilino;
  • Pagar todas as taxas necessárias de intermediação, como o contrato;
  • Pagar as taxas imobiliárias;
  • Fornecer recibos;
  • Pagar impostos e taxas, além de prêmio seguro complementar contra incêndio;
  • Pagar taxas extraordinárias de condomínio, como consertos e obras externas;
  • Contribuição para o fundo reserva.

Deveres do inquilino

  • Pagar o aluguel pontualmente, além dos encargos da locação;
  • Utilizar o imóvel apenas para o uso determinado no contrato;
  • Manter o imóvel em boas condições;
  • Devolver o imóvel no mesmo estado que recebeu;
  • Informar o dono de possíveis danos de responsabilidade dele;
  • Reparar os danos de sua responsabilidade;
  • Não modificar a forma interna ou externa do imóvel;
  • Pagar despesas de serviços públicos, como luz, água, telefone, gás, esgoto, etc.
  • Pagar despesas do condomínio;
  • Rateio de saldo devedor do condomínio;
  • Reposição de fundo reserva;

regras para locação de imóveis

Estas são algumas das obrigações do seu cliente enquanto inquilino. Ou seja, é importante deixar claro para ambos o que eles precisam fazer para manter o contrato em dia.

Entretanto, como já falamos, cada contrato é único e exclusivo, podendo ser necessário criar dispositivos e cláusulas próprias para cada caso.

Assim sendo, sempre procure entender a real situação do processo e, caso seja necessário, procure ajuda jurídica especializada para termos contratuais.

Mantenha um relacionamento próximo com seu cliente

Estas são algumas das principais regras para locação de imóveis. E como você percebeu, manter um bom relacionamento com o cliente é fundamental para que tudo isto ocorra da forma correta.

Uma dica, é conhecer a nossa plataforma de CRM, que ajudará a manter um contato estreito com seus clientes. Desta forma, a comunicação sempre poderá ser rápida e eficaz. Boas vendas!