Não é porque o cliente ficou uma semana sem responder suas mensagens que você já deve desistir dessa negociação e, logo depois, partir para uma próxima. Na verdade, ao fazer isso, você está agindo de maneira precipitada e pode até perder o que seria uma boa oportunidade de negócios. Aqui, é importante manter a calma e nunca fechar as portas apressadamente.

Lembre-se: vender um imóvel não é a mesma coisa que vender uma camiseta na loja, uma vez que uma peça de roupa pode ser trocada e tem um preço muito mais acessível. Isso não acontece com os imóveis. O que queremos dizer é que a compra de uma casa exige muita pesquisa e tempo para a pessoa pensar e fazer a decisão mais certa. Por isso, dê tempo aos seus clientes.

Então, vamos lá, nada de ficar desanimado. Veja, a seguir, quatro motivos para você não desistir de uma negociação de um imóvel:

1) Clientes atarefados

Muitas vezes, os clientes deixam de responder seus e-mails pelo simples motivo de que a vida deles esteja uma correria. Provavelmente, alguns dos seus clientes sejam médicos, advogados e jornalistas, profissões estas que sempre têm algum imprevisto em cima da hora para resolver.

Talvez, não é que ele esteja te ignorando, ele só ainda não teve tempo para sentar e pensar a respeito da negociação do imóvel. Por isso, não desista desse negócio! Você pode resolver isso sugerindo uma conversa aos fins de semana, em um sábado a tarde, por exemplo.

2) Relação estremecida entre proprietário e comprador

Há casos em que o problema não seja a falta de tempo do comprador. Quando o proprietário começa a mudar as formas de pagamento do imóvel e outras séries de exigências no contrato, o interessado no imóvel pode se irritar e chegar a desistir da negociação. Aqui, entra o papel do bom corretor de imóveis, aquele que precisa agir e intermediar a relação entre proprietário e comprador.

Para que seu cliente não desista da negociação, procure apontar boas alternativas tanto para o proprietário quanto para o interessado no imóvel. Se eles chegaram ao ponto de negociar as condições do contrato, significa que eles só precisam ajustar alguns detalhes. Portanto, não é hora de desistir!

imob-v30-728x90-post

3) Melhore a comunicação com o seu cliente

Faça uma autoanálise e veja se o problema não é você. Antes de desistir, experimente mudar a sua postura com esse cliente. O corretor de imóveis sempre deve ouvir mais do que falar. Procure escutar os desejos e dúvidas dele e, aí sim, passe a informações necessárias. A comunicação é uma parte essencial para que uma negociação de um imóvel seja concluída. Para facilitar os seus serviços e conhecer qual é o interesse do cliente, realize o cadastro de todos os seus clientes no CRM imobiliário, se possível deixe detalhado o que foi descrevido. Se você não possui um CRM imobiliário, confira que o softtware ville imob tem para você.

4) Falta de dinheiro

O cliente ainda não tem dinheiro suficiente para comprar aquele imóvel que ele já gostou. Como corretor de imóveis, você pode apontar algumas saídas para não perder um cliente que esteja disposto a comprar um imóvel. A primeira delas é sugerir ao proprietário parcelar a venda do imóvel, criando melhores condições de pagamento. Outra alternativa é avaliar qual é o melhor financiamento imobiliário para o seu cliente e avisá-lo. Por fim, você pode oferecer um imóvel um pouco mais e que tenha as mais características que o seu cliente já aprovou.

Desistir toda hora de uma negociação de um imóvel nunca vai te fazer um grande corretor! Aproveite as dicas e Boa Sorte!

Posts relacionados